quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Desperdícios e "desperdícios"

Imagem by Freepik

Desperdício quer dizer "perda ou despesa inútil". Li uns textos que me fizeram pensar sobre o tema, e cheguei a algumas conclusões.
Passamos a vida desperdiçando, e nem nos damos conta disso. Desperdiçamos água, mesmo sabendo que ela está escassa, comida, mesmo que tenham tantas pessoas sem ter o que comer no mundo, embalagens, mesmo sabendo que poluem o meio ambiente. A lista vai longe: dinheiro, com supérfluos que muitas vezes nem utilizamos; saúde, quando não fazemos o mínimo esforço para conservá-la, sentimentos, quando damos solo fértil para que cresçam os maus como a raiva, o ódio, a mágoa, a culpa, o ressentimento, o desamor, a desesperança. Desperdiçamos oportunidades de fazer o bem e depois nos lamentamos, para aliviar a culpa.
Os maiores desperdícios são os de tempo e de vida.Perdemos tempo tentando consertar o que não tem conserto, insistindo no que não dá certo, fazendo coisas que não nos acrescentam nada quando poderíamos "desperdiçar" energia no que nos torna pessoas melhores. Perdemos tempo com tv, internet, cuidando da vida do outro mas não "desperdiçamos" tempo parando cinco minutos para ouvir atentamente o que um filho tem a dizer. Perdemos tempo em relacionamentos desgastados pela vida e pela falta de empenho mútua em refrescar constantemente os sentimentos em vez de "desperdiçar" nosso tempo amando muito e plenamente quem aceite fazer parte dessa troca. Perdemos tempo, em casa, vendo pela janela a vida passar em vez de "desperdiçá-la" viajando, nem que seja por perto, ficando numa praça ou visitando os amigos. A vida tem mais graça quando saímos do horizonte limitante da janela de casa. Perdemos palavras, geralmente quando são faladas, porque não pensamos muito no que estamos dizendo e depois não há como voltar atrás, mas poucos "desperdiçam" tempo escrevendo o que sentem, porque as palavras escritas são mais bem pensadas, e portanto, correm menos riscos de ferir alguém. Falamos demais mas não "desperdiçamos" tempo escutando o que o outro tem a dizer. Também nunca é um "desperdício" dar ao outro o que temos de melhor, como li uma vez, quem perde talvez seja o outro se não quiser receber.
Enfim, as aspas usadas no texto não são em vão: servem para mostrar o quanto os conceitos estão contrários. O que muitas vezes julgamos ser um "desperdício", na verdade, são os conceitos que nos tornam melhores, mais fortes, mais vivos. Porque desperdiçar tempo sem pensar no que fazemos, é, na verdade, dseperdiçar nosso bem maior que se acaba em um segundo: a vida. Muitas vezes o que tratamos como "desperdício" são aquelas pequenas coisas que fazem a vida valer a pena.

7 comentários:

  1. Biaaa linda a mensagem!! e sobre o meu post: aposte nos bichos fica elegante e bem despojado além de sexy né eheh!! Bjs LI

    ResponderExcluir
  2. Cada linha de seu post é a mais absoluta verdade, Bia. Obrigado não somente pelo brilhante texto como também para o alerta. Forte Abraço.

    Paulo Néry

    ResponderExcluir
  3. Oi Bia

    passadinha rápida para te agradecer todo o carinho comigo e com meu blog.

    Você não precisa me dar presente, você já é um presente, ter te encontrado e a seus textos, foi um grande presente, obrigada.

    Volto com mais tempo para ler o texto.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. olá Bia. Lutar por nós mesmos é uma tarefa dificil. Quando vemos tudo que teremos que enfrentar para mudar o cenário da nossa vida, talvez seja desanimador, afinal, já estamos acostumados com tal coisa. Mas isso não é motivo pra desistir e sim pra mudar, se pensarmos bem, a vida é curta, então vamos faze-la valer a pena, com momentos simplesmentes inesqueciveis.

    ah Bia, te linkei no meu blog, ok?

    ResponderExcluir
  5. Bia
    muito bom o seu texto!
    Por que será que é tão difícil não desperdiçar as coisas. Talvez seja por que fazer o certo sempre dá mais trabalho!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. O texto já resume o que muitas vezes desperdiçamos, além de bens proprios e comuns, como a precisoa água, o sagrado tempo e as palavras. Só que as palavras, quando vindas de boa fé, nunca são em vão. Para uns, que deveriam ouvir, podem não ter valor, contudo sempre tem alguem para prestar atenção. Eu sou uma pessoa que ouvi anos e anos o pai de 4 amigos os aconselhar. Nenhum prestou atenção, mas eu sim e sempre agradeço a ele, mesmo depois de falecido, o que me ensinou.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Bia,

    esta reflexão está belíssima. sabe o que acho destes tipos de desperdícios da vida que você cita? Acho que o fazemos e quando, para nos esquivar da responsabilidade que não desperdício nos implica. Não desperdiçar tempo é mover-nos a construir algo, talvez nos seja mais cômodo sentar e esperar que alguém o construa.

    Beijos

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.