sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Uma princesa e seu conto de fadas



Era uma vez uma princesa de pele branquinha, olhos azuis e cabelos castanhos. Adorava ler histórias e brincar de bonecas. Imaginava como seria seu príncipe encantado, seu palácio, seu casamento e como viveriam felizes para sempre.
A princesa se mudou para um "palácio", mas a vida ficou difícil e passou a trabalhar tanto que mais parecia a gata borralheira do que a Cinderela. Conheceu seu príncipe encantado, um moreno bem abrasileirado...Mas maldições desconhecidas os afastaram. Casou-se com o bobo da corte e teve uma linda princesinha, mas a vida continuou dura. Se separou, encontrou de novo o príncipe, que mostrou seu lado sapo, que virou príncipe de novo, e de novo sapo. Um mago disfarçado de amigo o levou para longe, e então um bruxo muito, muito das trevas, disfarçado de bom moço, a enfeitiçou, e fez sua vida mais amarga do que chá de losna.
Encontrou uma fada que lhe devolveu o caminho da vida, e assim seguiu, ganhando e perdendo, mais perdendo do que ganhando, até hoje, e sempre tentando sorrir.
Mas ela ainda sonha, acredita em fadas disfarçadas de boas pessoas, em príncipes, que sempre terão um lado sapo, mas espera que o lado príncipe prevaleça, em bruxas do bem que gostam de ajudar os outros...Acredita porque, se deixasse que os maus feitiços da vida tomassem conta de si, já teria virado pedra há muito tempo.
Ela entendeu que ser feliz para sempre não existe, mas luta, mesmo na dor, para acreditar que existe ser feliz um pouquinho todo dia.
Bia Hain

8 comentários:

  1. Bia
    Excelente crônica.
    Acreditar na felicidade, apesar de sempre fantasiarmos de algum modo a vida!
    Tudo faz parte do nosso amadurecimento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bia ,
    parece historia do cotidiano ...
    Bem real e bem parecida com muitas historias de mocinhas sonhadoras que encontram uma realidade bem dura .
    Umas aprendem a ver a vida de forma prática , se tornam duras outras continuam acreditando na felicidade , mesmo que não seja aquela do principe encantado , mas uma felicidade ...

    abs
    Francisco

    ResponderExcluir
  3. Oi Bia

    O pra sempre acontece todos os dias e acaba todos os dias, ser feliz entres este movimentos, de encolhe/estica é a alternativa.

    Toda a força que é preciso se fazer para viver, bem expressas, de um jeito suave você fantasiou a realidade e sem varinha de condão encantou a mim, encantará a muitos.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Acho que essa é a verdadeira felicidade lutar todos os dias pelos seus sonhos, outra coias só daria tédio

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?
    Bem legal teu blog. Layout bem clean, textos/fotos bem objetivos. Gostei. E vou recomendar pras minhas amigas de Cercadinho, ok? Pra que elas venham aqui visitar teu blog.
    Não sabe o que é O Cercadinho?
    Nos visita lá então. Acho que pode rolar uma interação bem legal.
    www.o-cercadinho.blogspot.com
    Beijos,
    Wanderlei

    ResponderExcluir
  6. Grato por sua visita ao De tudo um pouco minha opinião. Parabéns pelo leve e suave conto que publicaste. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  7. O que acabam com nossos sonhos não são as decepções, e sim a nossa desistência em acreditar que tudo pode acontecer de uma forma diferente, que a esperança é o alimento para escrevermos uma nova história....

    Amei sua crônica...

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Excelente crônica... O que faz com que a vida seja bela ou sofrida somos nós... são nossos pensamentos... Acreditar e lutar pelos nossos sonhos de forma positiva, faz com que as chances de dar certo, aumentem em pelo menos 95%.

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.