quinta-feira, 22 de março de 2012

Que se faça, num banco de praça


Que o amor se faça num banco de praça,
com os pés descalços, as almas limpas de mágoas, as mãos entrelaçadas em um nó frouxo e firme, que nem o tempo desata, nem a vontade. Que a simplicidade da companhia seja alicerce para que os olhos amanheçam e anoiteçam ardentes. Que o ar que um respira seja alimento para manter o coração do outro, pulsante. Que o amor se faça, e se viva. E basta.

Imagem daqui.

33 comentários:

  1. Esse amor, distraído e despretensioso, às vezes nem se dá conta de que é um dos mais verdadeiros...apenas existe e pronto!
    Lindo texto, Bia!
    Um beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem tem um amor assim ao lado, não precisa de mais nada na vida. Se acha que precisa, é porque não é amor de verdade. Como disse, existe e pronto! Um abraço, bom domingo!

      Excluir
  2. Lindo, o amor é unico, um sentimento de entrega ... lindo, em quase todo contexto. Beijão! www.spiderwebs.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina, usou uma palavra curiosa, entrega. Me questiono por quê, para algumas pessoas, é tão difícil se entregar ao amor? Bem, não é o meu caso. Chego a ser imprudente! Um abraço!

      Excluir
  3. Acho que nunca mais vou acreditar no amor... Mas não deixa de ser lindo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lua, entendo o que deve estar sentindo, embora não saiba exatamente o que aconteceu. Espere o tempo passar, e não se permita viver desacreditada, corre o risco de permitir que a amargura tome conta de ti. Desejo que essa fase passe logo, um abraço!

      Excluir
  4. Que o amor vigore e se instale sempre!beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Chica, o amor revigora com certeza. Um abraço!

      Excluir
  5. Bastar-se no amor é o suficiente para se achar preenchido. Bjos e bom finde.

    ResponderExcluir
  6. Então...que se faça e que se viva e que se baste!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Lindo demais, fui remetida a uma época de glamour onde flertar era maravilhoso....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia, e quem disse que não pode voltar a flertar? Convide seu marido para passar uma tarde assim, num banco de praça, descalça e lembrando qual foi a essência do sentimento que os aproximou. Se redescobrir é sempre necessário. Um abraço!

      Excluir
  8. Sim!... Que o amor se faça porque quem não ama não vive. Apenas existe!!!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, o amor ressignifica a vida. Um abraço!

      Excluir
  9. Lindo, o amor de verdade é algo puro e perfeito, da mesma forma que foi descrita no texto.

    shakespearementiu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cecíí, seja bem vinda! Cabem muitas coisas no amor, mas encontrá-lo na simplicidade é uma de suas marcas. Um abraço!

      Excluir
  10. Verdadeiro e puro amor...(Lindo)

    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Olá!Bom dia!
    Sim! Velhos tempos do amor simples e puro...que o amor se faç...
    Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velhos tempos que podem ser novos, pois os atos de amor transcendem as barreiras do tempo. Um abraço, volte sempre que quiser!

      Excluir
  12. Que coisa mais linda, Bia.

    Que o amor se faça, e principalmente que a mágoa não bloqueie e ocupe o espaço por onde o amor deve transitar leve.

    Gostei demais deste seu texto.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo comentário Van, me abriu um novo ponto de vista. Tem razão, um coração tomada por mágoas estreita o espaço que poderia ser levemente preenchido pelo amor puro e simples. Adorei o que disse, um abraço!

      Excluir
  13. Oi Bia...
    Lindo ! Viva o Amor!
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir
  14. Que se faça em qualquer lugar.....desde que se faça...e muito sentido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, Reviravolta, desde que se faça. Por vezes os desejos tão simples não se realizam por motivos que não conhecemos bem quais são, quando poderia ser vivido com simplicidade. Talvez sejam as próprias pessoas que o tornam tão complicado. Um abraço!

      Excluir
  15. Que bonito Bia!! Suas palavras arrumadas de maneira simples, aparentemente sem maiores pretensões, me levaram numa viagem muito profunda. Amor sem fórmula pra existir, que habita nas necessidades básicas da natureza humana, muitas vezes esquecidas. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laércio também usou um termo interessante, o básico da natureza humana é amar. Tão mais fácil se entregar a tal sentimento do que querer "enfeitar o pavão", como diria minha mãe. Para mim, viver o amor seria a melhor herança que eu levaria para a morte. Um abraço!

      Excluir
  16. lindo demais Bia!!!!

    o importante é que o AMOR se faça!!!!


    amei seu escrito...

    bjo e meu carinho...

    bom final de semana....

    Zil

    ResponderExcluir
  17. oie tudo bem gostei muito do seu cantinho
    sera que pode fazer uma visitinha no meu blog se gostar segui..sigo de volta
    e fique a vontade..pois esse blog e novo tenho outro mais resolvi fazer esse pra mudar um pouco de foco...xauzinho
    http://segredosdeumamulherapaixonada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Wanessinha, obrigada por visitar meu espaço, sinta-se sempre à vontade para retornar. Estarei visitando o seu na sequência. Um abraço!

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...