terça-feira, 17 de abril de 2012

A bússola de um sentimento

06/12/15 - revendo as postagens antigas encontrei essa doçura e me espantei com minha própria capacidade de inspiração... lindo! :3

Imagem by Freepik

Régua, compasso, lápis e transferidor. A bússola aponta o rumo de quem tem longo conhecimento sobre a rota.
Carta náutica delineada, perigos avaliados, tempestades ou céu aberto, vento em popa, de barlavento a sotavento, rumando em mar tão conhecido. Belo navegar, embora inquieto e dolente...Num navio chamado saudade, há destino traçado e certo para atracação: seu porto. Chegando, sorriso aberto e plena alma. Não haverá mais necessidade de partidas.


22 comentários:

  1. O prazer do reencontro, espelhado no sorriso e na alma. Não existe mais saudade, só a felicidade da chegada ao porto de abrigo dos afectos.
    Recompensas da vida! Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recompensas da vida...Não poderia finalizar melhor seu comentário. O comandante do "navio" tem que estar consciente e inteirado de sua rota, mas o avistar da terra (e dos desejos) deve ser reconfortante. Um abraço!

      Excluir
  2. Nada melhor que um porto seguro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é que não precisa de um porto seguro? Ser e estar num é a plenitude. Um abraço!

      Excluir
  3. Nos mares da vida, a alma navega incansavelmente procurando respostas para suas inquietudes e saudades. O tempo, senhor do tempo trará todas as respostas.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Alcara, já tomei o comando do meu navio e já estou me rendendo aos dissabores do tempo para enfim, conquistar meu porto. Tentando navegar feliz e confiante. Um abraço!

      Excluir
  4. Podem não haver mais desejos, mas poderão haver as partidas. Certamente haveráo... O que é uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo o que quer dizer, Christian, o desejo da partida pode cessar, mas o ato não poderá ser cessado. Se isso acontecer, basta tomar um novo navio e refazer a rota. Um abraço!

      Excluir
  5. Lindo Bia, eu não sei fazer nada curto, simples e profundo, é um dom mesmo. E estes tipos de textos nos tocam muito.

    Flor não entendi esse recado no blog: colei pra tu ver


    Oi, Laércio, muito bem bolada sua frase! O problema é que conviver com o que já apodreceu, cheira mal...Um abraço!
    Por Bia Hain em Seu blog demora para carregar? Faça o teste. às 18:23

    kkkk num entendi nadica de pitibiriba..rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, São mal entendidos da blogosfera. Por falar nisso a frase do Laércio é muito boa (blog A Ostra e a Pérola), por isso respondi dessa forma. Foi algo do tipo "linha cruzada"...De qualquer forma obrigada ao elogio ao meu texto. Um abraço!

      Excluir
  6. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    Tão belo,suave, pequeno e completo,que não tenho nada que comentar!
    "Descobri novos mares, inventei outro começo, esqueci o coração, só usei a razão,segui meu destino, de bússola na mão, e hoje aqui voltei...morrendo de saudades...de você!"
    Boa quarta!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Feliz, muito linda também a frase que deixou aqui. Dessa bússola eu entendo. Um abraço!

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhh, Bia... eu tenho é uma frota de navios chamados Saudade!.... amei!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym, então cuide para que cada rota seja traçada, atraque com segurança e então, seja só felicidade. Um abraço!

      Excluir
  9. Lindo, Bia. "Num navio chamado saudade, há destino traçado e certo para atracação: seu porto. " Uma frase aparetentemente simples, mas tocante. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Sérgio, só quem tem uma saudade do tamanho de um oceano é capaz de entender essa frase. Um abraço!

      Excluir
  10. Eu não tenho um "porto seguro", mas tenho uma boa bússola e alguns navios de saudades. Quando navego, tenho bons destinos, afinal tudo o que acontece, serve de aprendizado sendo bom ou ruim.
    abraços e tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Barbie, gostei muito do seu ponto de vista. Me faz pensar que o que acontece de ruim são os percalços da viagem, mas não há como negar que uma viagem difícil torna a chegada ainda mais esperada. Um abraço!

      Excluir
  11. Alguém no porto a nos esperar ...perfeito...

    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida Bia
    Sinto que não há necessidade de partidas quando o coração é 'nosso'... ele sempre está presente em nós independente de onde esteja geograficamente falando... muito lindo seu post!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.