sábado, 21 de abril de 2012

Book Croosing - Estou dentro!

Então, vi a campanha do Book Crossing percorrendo o mundo da blogosfera e resolvi participar. Achei muito interessante a ideia do movimento, treinar o desapego e o incentivo à leitura, hábito tão ausente em nosso país. Desenvolvi o hábito para aprender a falar e escrever melhor o português, após sucessivas piadinhas de um irmão mais velho super culto, e hoje sou apaixonada por leitura, embora ande com pouco tempo para exercitá-la.
Gostei muito da ideia, mas fiquei em dúvida sobre qual livro libertar. E ontem, fazendo estágio, no início de uma reunião pedagógica, foi passado um vídeo com o desenho animado do livro, que é:


Junto deixarei o bilhete para justificar que o livro não está perdido, mas foi deixado propositalmente para estimular o gosto pela leitura
Escolhi esse livro por vários motivos: por ser fino e ter letras grandes, o que facilita bastante o incentivo para quem ainda não tomou gosto pela coisa; tem alguns desenhos, o que torna a história mais divertida; conta uma história muito interessante sobre as mudanças que acontecem na vida de cada um, e mostra a importância de enfrentar tais mudanças. Fala ainda sobre o medo, pois quanto antes for superado, mais fácil será a busca por um novo rumo. Tudo isso contado de uma maneira muito divertida e leve.
O livro está novinho, ficou a dúvida de onde iria libertá-lo. Resolvi então ir à missa na igreja matriz da cidade e daqui a pouco "esquecerei" no suporte do banco, com o desejo de que sirva para quem encontrá-lo a encarar as mudanças que talvez sua vida esteja pedindo. 
Na verdade, é doído quando mexem no nosso "queijo". O ser humano tem uma tendência natural à acomodação, e a primeira reação ao novo é o medo e a insegurança. A questão do livro é:  ficar sem o queijo, ficar com o queijo velho ou ir em busca deu um queijo novo, fresco e muito mais gostoso?
Como sempre, a escolha é nossa!

Aqui está o link do desenho animado, mas eu recomendo a leitura do livros, são só 100 páginas com letras grandes que mudarão seu ponto de vista sobre mudanças:
Quem Mexeu no Meu Queijo? por WiseLevel no Videolog.tv.

21 comentários:

  1. Realmente é bem interessante esse movimento. Confesso que não conhecia. E você disse uma coisa sensata: realmente para quem não está habiatuado ao hábito da leitura, é mais estimulante começar por um livro com letras maiores e mais fino. Beijos, Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Sérgio, foi no que pensei, já que o objetivo é que alguém realmente leia, não jogue fora ou abandone num canto. Um abraço!

      Excluir
  2. Oiê!!
    Que ideia legal essa. O difícil vai ser eu escolher um para passar a diante, hehehe.
    Ótimo domingo para vc!!

    Bejus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty, para mim também foi difícil. Daí a importância de treinar o desapego. Um abraço!

      Excluir
  3. Nossa, que ideia legal a desse movimento, gostei. Já li esse livro há algum tempo, acho que estou precisando reler, mudança é o que não tem faltado na minha vida. Mas enquanto não leio, vou ver o desenho animado que você indica.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Lua, eu também li há algum tempo, conheci o livro em uma reunião sobre atendimento em uma empresa que eu trabalhava, há uns 10 ou 15 anos atrás. Se não nos obrigamos e ir atrás de um novo queijo, a vida tira ele do lugar para nós. Mudanças são inevitáveis. Espero que tenha gostado do desenho, um abraço!

      Excluir
  4. Eu participo pela primeira vez e achei maravilhoso...
    Paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bel, também gostei, pretendo continuar participando. Um abraço!

      Excluir
  5. É sem dúvida uma ideia muito enriquecedora! Espero que todas as pessoas que entrem nesse movimento, saibam dar continuidade! Beijinho e boas leituras, minha querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Margarida, a doação deveria fazer parte do cotidiano, não sou de livros, mas de tudo o que temos e não nos é mais útil, ou ainda, pode nos ser útil mas poder servir melhor à outra pessoa. Um abraço!

      Excluir
  6. Olá ,

    Livros sempre foram meus companheiros de viagem.
    Não consigo dormir em vôos longos, assim em cada trajeto busco um livro novo nas lojas.
    Na volta costumo deixá-los no avião, ou os entrego a quem comigo papear na espera pela chegada, com o pedido para que seja passado a frente.
    Espero um dia ter a surpresa de encontrar um destes companheiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ely, seja bem vindo! Ainda não tive a oportunidade de voar, mas sem dúvida é uma boa dica de lugar para "esquecer" um livro, e um ótimo gesto compartilhar a leitura com o próximo e ter isso como um hábito. Gostei muito de sua história, um abraço!

      Excluir
  7. Olá, querida Bia
    Esse livro foi liberto por duas pessoas que participaram da blogagem pelo que já li... muito bom tê-lo feito pois é um auxílio valoroso na área ada liderança...
    Bjm de paz e ótima Tarde de Domingo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, seja bem vinda! Talvez a escolha desse livro seja por falar de um assunto comum a todos. As mudanças são realidade em nossas vidas e muitas vezes temos dificuldades para lidar com elas, ou reconhecê-las quando estão acontecendo. No campo da liderança, é útil para quem comanda uma equipe, pois ajuda a pessoa a "farejar" as melhores oportunidades e se adequar no mercado de trabalho. Um abraço!

      Excluir
  8. Olá Bia que iniciativa legal, esse livro é muito bem conceituado,eu ainda não li, mas meu marido já leu! Bjooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kellen, talvez seja uma boa oportunidade para ler, nos faz querer ir atrás do "queijo fresco". Um abraço!

      Excluir
  9. Já li esse livro e o libertei há muito tempo.
    Hoje libertei mais um...
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yoyo, seja bem vinda! Também pretendo tornar um hábito de livros, serão mais úteis passando para outras mãos. Um abraço!

      Excluir
  10. Não é a primeira vez que sou convidada, o negocio é que nao tenho mais livros guardados... kkkkk... eu sempre pego emprestado! Mas estou fazendo a cabeça de minha filha de 11 anos! kkkkkk ela tem um monte!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym, eu também empresto livros. Mas fiquei pensando sobre você fazer a cabeça da sua filha, hahaha, não sei se isso é bom ou se é maldade, hahaha. Um abraço!

      Excluir
  11. Bia, já estive outras vezes no seu blogue e comentar só agora tive um tempinho. Obrigada por participar do BookCrossing Blogueiro!! Estamos lançando sementes, assim como outras pessoas com seus projetos de leitura. No final, queremos um país melhor, um mundo mais humano e a leitura é um caminho para a abertura das mentalidades. Beijus,

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.