quinta-feira, 17 de maio de 2012

Chocolate, amor, sonhos

Imagem by Lindsey B. - Flickr

Eu seria capaz de viver bem por anos e anos, feliz, só com chocolates e palavras de amor.
Mas a ausência de sonhos compartilhados traz neblina aos sentimentos, porque indiretas abrem margem para deduções, e as deduções podem dar origem a equívocos, e os equívocos podem se transformar em decepções quando as coisas estiverem à luz da realidade. Continuo com os chocolates, esperando que as deduções estejam corretas. Talvez, ingênua.   

(Adoro essa música!!!)


45 comentários:

  1. Chocolate é doce, palavras de amor é ternura, ausência de sonhos e atitudes é confortável, porém, igual a vida sem graça.
    Abraço, Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, Nestor. Não adianta o doce do chocolate sem a graça dos sonhos e atitudes. Para sonhar é preciso ter asas, para ter atitudes é preciso não ter medo da dor ou do erro. É preciso abraçar o risco. Um abraço!

      Excluir
  2. Amiga Bia, chocolate e muito bom quem não gosta de chocolate... e faz muito bem a saúde... Ha fases na vida que nem sempre podemos compartilhar sonhos, mas sonhamos na mesma com a esperança de poder compartilhar... e assim um dia quando você menos esperar a neblina desaparecer sem desilusão ou deduções...
    O amor sugue quando a gente menos espera...
    Pensamentos positivos e animo para cima minha querida.
    Bjs fofos e felicidades.
    Deixa a vida rolar que tudo vai acontecer... mas ame a você própria acima de tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leafar, estou deixando a vida rolar, mesmo sem ser muito a minha cara...Mas as neblinas andam bem insistentes. Por enquanto,só me restam os chocolates! Um abraço!

      Excluir
  3. Bia, reserve alguns chocolates para mim!
    Olha, vamos assistir um filme, comer todinhos, lamber os dedos, esquecer que talvez engorderemos um pouquinho... quem sabe no final do filme apareça um protagonista para cada estoria pessoal e passem a ser historias reais!!!!
    Quanto a neblina... nossa, todo dia, neste friozinho, ao sair de casa eu a vejo, mas está na cabeça dos outros. Felizmente. rsss

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym, poderia compartilhar muitos chocolates com você! E fala sério, o chocolate não tem o mesmo gosto se não for a lambidinha nos dedos no final, hahaha. Ando um pouquinho cansada do filme da minha vida, mas tem filmes que são assim, parecem meio confusos no meio para ter aquele final triunfal! Olha aí novamente a ingenuidade! Um abraço!

      Excluir
  4. Muito bom Bia, não conhecia essa musica gostei. Chocolate e amor tudo haver, rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia, essa música foi tema da novela Aquele Beijo. Acho que a letra faz muito sentido. Um abraço!

      Excluir
  5. talvez ingênua, talvez cautelosa, com o tempo a gente aprende a se proteger dos equivocos da vida e das pessoas, falíveis, pensa nisto. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeanne, sim, acho que estou querendo me proteger, embora nunca tenha concordado muito com isso. Todos somos falíveis em alguns momentos, isso eu já aprendi. O que me dói um pouquinho é olhar para os lados e ver que o que prevalece é a vontade dos egoístas, não dos generosos. Minhas ilusões estão caindo por terra, e me fazem pensar que há justificativas para o caos que está esse mundo. Um abraço!

      Excluir
  6. O chocolate é muito bom,até dá uma amenizada na ansiedade. Mais o amor, ah isso não podemos viver sem... mais sem esperar o que supomos seria melhor pra gente. Acho muito desgastante ficar esperando acões e palavras de alguém, por mais que ache que mereço muito. Ficar decifrando enigma, também acho muito chato, tipo: o que pensa ou sente e por aí vai... Temos que valorizar nossos sentimentos e guarda-los pra aqueles que estão dispostos à recebe-los. Enfim ,saber o que é melhor e o que nos deixa mais feliz, temos que usar a balança e pesar qual lado nos cabe mais. Uma vez li e gostei muito: "Há muitas coisas no seu coração que você nunca pode dizer a outra pessoa. Elas são você, suas alegrias particulares e suas tristezas, e nunca podem ser contadas, se as contar, você estará barateando-as, barateando a si mesmo. ( Greta Garbo)abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane, seu comentário faz muito sentido. Eu não conhecia a frase que citou, isso é algo que sempre tentei fazer, guardar as coisas mais para mim, mas não é mesmo da minha natureza. Mas ando questionando até que ponto devo dividir, e com quem. Sobre os enigmas, são bons para serem decifrados, mas cansativos quando um se sobrepõe ao outro. Me pego pensando que estou cansada de decifrar, de me explicar, cansada de querer entender os outros sem que ninguém se preocupe em me entender...Ando precisando de facilidades na minha vida, e já que ninguém parece disposto a facilitar pra mim, estou tentando por minhas próprias pernas. Um abraço!

      Excluir
  7. Hum...Bia, se as palavras de amor vieram junto com o chocolate e forem tão doces quanto ele...talvez não seja uma indireta, nem exista um equívoco! Talvez seja pra valer!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, Oi, Isa, estou precisando resgatar meu otimismo, uma característica sempre tão minha que está meio perdida...Seu comentário foi um doce, e eu realmente ficarei feliz se descobrir que não há equívocos, já que me enganei muitas vezes na minha vida. Um abraço!

      Excluir
  8. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    ..desfaço destas deduções
    devagar como os ponteiros do relógio
    que teimam em contrariar e seguir...
    ...quero um chocolate
    para trocar por este sentimento...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa sexta!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis! Gosto quando escrevem algo que me faz reler algumas vezes e pensar. Suas palavras produziram esse efeito. O tempo anda me contrariando por demais! Que bom se tudo se resolvesse com um chocolate, não é? Adorei, um abraço!

      Excluir
  9. Olá, Bia!
    Tem razão, chocolate fazem as vezes e melhores amigos mesmo.
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rike, e não é? Ontem comprei algumas trufas e vou me esbaldar durante a semana! hahaha Um abraço!

      Excluir
  10. Singelo e muito belo. Amo essa combinação.
    Seu blog é muito bom. Visita-me?
    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Heitor, seja bem vindo. Chocolate e amor, para mim, são duas perfeições no meio desse mundo louco. Visitarei em seguida, um abraço!

      Excluir
  11. Excelente combinação como sempre me surpreende :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lih, Suas combinações são outras mas também adoro! :D

      Excluir
  12. Nada melhor do que chocolates e palavras de amor, ambos traduzem o que é bom... Desejo que seus sonhos sejam iluminados pelo sol.
    abraços e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Barbie, obrigada por seus desejos, ando que nem aqueles desenhos animados, onde uma nuvenzinha acompanha a cabeça do personagem, sabe? hahaha Fiquei feliz, talvez se já o que ando precisando, ser sol para mim, não só para os outros. Um abraço!

      Excluir
  13. Ain, essa música é linda!
    Cada vez que ouço lembro das cenas repletas de amor dos personagens Cláudia e Vicente,da novela Aquele Beijo. Assitia só por causa deles.
    Bejus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty! Então, eu não sou muito noveleira, mas dessa eu gostava, especialmente do citado casal, que passaram por uma série de dificuldades e acabaram juntos e felizes, como um belo conto de fadas...E eu amava os dois temas, esse e I don't wanna miss a thing, são duas músicas com letras substanciais sobre o amor. Um abraço!

      Excluir
  14. Há docilidade em palavras, no chocolate, nos sonhos, no amor.
    Termina, mas deixa um gostinho que se chama saudade. Os sonhos têm um lado bem pessoal, diante da diversidade de aspirações dos seres humanos. Daí, a dificuldade de compartilhamento, na forma ansiada pelo coração.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene, admiro sua capacidade de traduzir sentimentos com clareza e beleza, ao mesmo tempo. Não há muito o que completar, mas uma relação sem troca de sonhos acaba se desgastando com o tempo. Os sonhos podem não ser iguais, mas pelo menos tem que caminhar juntos. Um abraço!

      Excluir
  15. Bia querida! Adoro doces em geral, chocolates então... Mas concordo com a tua linha de raciocínio, ir ficando alheio não faz com que as coisas mudem tampouco se resolva... Mas o chocolate é bom, rsrsrs! Tu acertou, adoro escrever e jogos de PC também.... Dá uma olhadinha lá nas respostinhas, estão no post de ontem! Abraço carinhoso! Uma sexta-feira abençoada!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elaine, vi suas respostas e adorei. Me chamou a atenção o uso do termo "ficar alheio"...Me fez sentir que ano ficando alheia. Até que ponto isso pode ser bom? Mas do chocolate não abro mão, companheiro fiel! Um abraço!

      Excluir
  16. É, infelizmente os equívocos não são doces como o chocolate. Tudo isso provocado por coisas mal explicadas e resolvidas. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gilberto! Ando farta de coisas mal explicadas, mal resolvidas. Eu sempre achei que o problema estava na falta de explicações que eu dava, quando na verdade muitas vezes é o outro lado que não quer ouvir. Agora eu gostaria de receber mais informações, em vez de fornecê-las ou tentar adivinhar o que os outros pensam e querem da vida. Um abraço!

      Excluir
  17. Bia,
    fique com a ingenuidade alerta, sempre alerta...
    o doce em demasia adormece.
    beijo grande
    adoro essa musica também
    fui no seu outro blog ,adoro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yasmine, minha ingenuidade está indo embora de vez e isso não é bom, porque traz dureza nas atitudes e eu não gosto disso, sabe?! Mas concordo que doce em demasia adormece, e enjoa. Um abraço, que bom gostar do outro blog!

      Excluir
  18. Chocolates, neblina e equívocos !
    Me surpreendes moça ! agradavelmente surpreendido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vindo de você é um grande elogio, já que seus textos também me surpreendem muito. Um abraço!

      Excluir
  19. Oi Bia, não tem nada melhor do que o amar, sonhar e apreciar um bom chocolate...

    Suas palavras couberam perfeitamente dentro de uma caixa de bombons.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo comentário, está faltando alguém abrir essa caixa, e saboreá-la! O problema é que, quanto mais se magoa, mais alto na prateleira a caixa fica, e mais difícil será de alcançá-la. Um abraço!

      Excluir
  20. Oi Bia adorei os chocolates e a precaução sobre as deduções, de fato confusões muitas vezes podem acontecer, muito bacana a forma como escreve! bjooooss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kellen, deduções são perigosas porque podem levar ao erro. Seria bom a vida facilitar um pouco as informações. Um abraço!

      Excluir
  21. Oi Bia,

    Acho que cautela é bom, mas nunca a ponto de nos fechar.

    Se você chegou a falar nisto, já está sentindo o doce, não o do chocolate... o outro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Van, concordo totalmente. Tenho sempre lutado para não me fechar, mas sinto que estou caminhando para isso. E quando isso está prestes a acontecer lembro de suas palavras e vou simplesmente fazendo o que precisa ser feito. Pelo menos assim o caminhar fica um pouco mais suave. Sim, minha cara, já senti o doce gosto do amor várias vezes, mas também já tive várias vezes "o doce tirado da boca da criança"! Um abraço!

      Excluir
  22. Bom dia!!
    Que o domingo traga muita paz
    Leio e gosto, desse Blog que
    traz maravilhas alegrando o
    nosso coração
    Abraços com carinho
    Rita!!!

    Bom gosto pelo chocolate,e boa
    comparação cuide-se !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita, tenha um ótimo domingo. Um abraço!

      Excluir
  23. Nossa,me vi nesse post!
    Muitas vezes vemos as chamadas indiretas e tentamos interpretá-las a nossa maneira,erramos,nos decepcionamos e desmoronamos um pouco,é chato porque tudo seria bem mais fácil se as frases fossem ditas de modo a não deixar nenhuma dúvida e nem segundas intenções por trás,mas tem gente que não sabe fazer,uma pena!
    Uma ótima semana pra vc Bia,abraço,=)

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.