sexta-feira, 22 de junho de 2012

Boliche,amigos e um cheiro

21) Uma coisa que vi neste dia de verão
Imagem by Tony Moyoy - Flickr

Neste verão eu tive dias muito, muito difíceis. Dias de querer seguir em frente e não conseguir sair do lugar. Desses dias não tenho saudades e já prometi pra mim mesma que a história do próximo verão será diferente. E não sou mulher de duas palavras.
Houveram dois dias perfeitos e preciosos que eu nunca mais vou esquecer e que eu espero que se repitam em muitos verões, outonos, invernos...
Algumas tardes foram alegradas pela presença dos amigos da minha filha que me tratam como uma mistura de mãe, tia e amiga. Com eles joguei conversa fora e muitos jogos de tabuleiro, que eu adoro. Foram dias de muita alegria regados a pipoca e bolo.
Mas o que eu vi que eu nunca tinha visto era um boliche! Abriu um há pouco tempo em minha cidade e fui convidada a comemorar o aniversário de uma grande amiga por lá. Adorei, fui um fiasco hahahaha, mas foi mais uma dia inesquecível que eu gostaria de repetir sempre. Ter amigos simples, que sabem rir do erro sem se sentir inferior, que sabem ser feliz com pouco, é algo que não se compra. Só faltou alguém especial para rir comigo.

22) Um cheiro de verão
Imagem by Jabo - Flickr

Fácil e na ponta da língua (ou do nariz): cheiro de mar! Se misturado com o cheiro de quem se ama, torna-se o cheiro mais perfeito do verão. Ou de qualquer estação.

46 comentários:

  1. Eu também faria fiasco no boliche.Mas é bom!! E o cheio do mar, ma-ra-vi-lho-so!! beijos,chica e lindo fds!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica, se não foi ainda no boliche, recomendo. Parece que tudo o que é ruim rola junto com a bola. Um abraço!

      Excluir
  2. Eu nunca fui em um boliche mas to com vontade desde que era pequena e via o Fred e o Barnie jogarem kkk e bota tempo nisso, amei a postagem Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, É mesmo, Patrícia, eu achava um barato o jeito como o Fred jogava, na ponta dos pés! hahaha, Boa lembrança, um abraço!

      Excluir
  3. kkkkkkkkkkkkk eu sempre perco no boliche :/
    Pois é,não sei de onde, mas conseguimos forças para seguir em frente nos dias difíceis. Quem sabe na esperança de chegar alguém especial para rir junto...
    Bjos!
    http://amonailart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bingo! Ótima resposta, não tem nem problema se sempre perde no boliche, hahaha. Eu Nunca fiz um strike! hahaha Um abraço!

      Excluir
  4. Bia...

    ..o pior do boliche é abrir as asas
    no dia seguinte!


    (mas é empolgante e poder jogar conversa fora
    com os amigos nao tem preço, né?)


    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Margoh, o que mais me dói é o quadril, hahaha, acho que concentro minhas forças nas pernas. Mas tem razão, tudo por uma conversa empolgante. Um abraço!

      Excluir
  5. Olá!Boa noite!
    21- ah...boliche e amigos...tenho, também, ótimas recordações...adorava jogar...
    22- "bateu"!Não tem coisa melhor do que o "cheiro" do mar, do lado
    de alguém especial...
    Obrigado pelo carinho de sempre!
    Bom final de semana!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis, boliche e cheiros preferidos, unanimidades. Um abraço!

      Excluir
  6. aff..eu escrevi DO lado,é AO lado, rsrs fui.....

    ResponderExcluir
  7. Bia! *-* Obrigada por ter lido o "Biblioteca" todinho! É, eu fico meio insegura quando escrevo coisas muito grandes, apesar de amar leeeer textões e grande histórias, mas enfim, vou tentar deixar essa preocupação mais de lado. E espero continuar essa história, REALMENTE espero. Bom, quanto ao seu verão... Ah que doce verão! Eu tenho algumas boas lembranças dos meus também, apesar de me sentir tão indisposta na maioria deles hahaha Calor, não gosto. E boliche é uma delícia, né? hahahah É tão bom que, ah, nem importa se você joga bem ou não, é divertidíssimo. Beijo! Bom final de semana pra você *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laís, acho que deve escrever sem se preocupar muito com o tamanho da escrita. O blog é um espaço nosso, onde podemos ser livres. O calor também me deixa indisposta, mas gosto do clima relax. Sobre o boliche, o importante é a diversão, sem dúvida. Um abraço!

      Excluir
  8. Oi Bia. Só fui a uma vez num boliche no Barra Shopping, aqui no RJ. É muito divertido mesmo. E o que menos importa é se vc é bom ou não. Também fui muito mal! rsrs bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Sérgio, quem sabe se voltar mais vezes e treinar, pode acabar virando um craque! Um abraço!

      Excluir
  9. Bia

    Verão com cheiro a maresia e amor é perfeito!
    Mas ainda virão muitos Verões lembra sempre disso e a esperança não morre nunca!
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luar, a esperança às vezes adormece aqui dentro, mas não tardo em acordá-la. Um abraço!

      Excluir
  10. Olá Bia, como vai?
    É de nossa natureza humana, termos dias difíceis.
    Nesses dias em que quer seguir adiante e não consegue sair do lugar, não há nada de errado, permanecer onde está, mas libere sua imaginação, isso ninguém consegue prender e ela vai minando futuras oportunidades.

    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nestor, tem razão, dias difíceis são fatos da vida, e até necessários para aprendermos a dar valor para os dias de alegria. Um abraço!

      Excluir
  11. Ei Bia,

    Amiga,

    No boliche quase me transformo em bola e vou junto com a que atiro na pista, rsrsr, nunca consigo nada, mas é muito divertido, distrai e com amigos ainda torna se mais adorável..Tenho esperança de ser ótima nisto, mas enquanto não sou me divirto abessa..rsrsrs

    Abraços e lindo sábado de verão pra ti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cecília, iiiih, eu também quase vou junto com a bola, hahaha. Acabo escolhendo as mais leves, mas percebi que as mais pesadas tem uma direção mais precisa. Vai ver que é por isso que quem é mais fortinho tem mais facilidade para acertar (ó a desculpa, hahaha). Um dia chegamos lá! UM abraço!

      Excluir
  12. Olá Bia,

    Você me remeteu a um verão passado, em Itanhém. Por falta de opção de lazer na localidade, íamos a uma cidade próxima todas as tardes jogar boliche(amigos, irmãos, namorados). Era uma farra. Bom demais!
    O cheiro do mar é delicioso e relaxante, e com o amor do lado é perfeito. Um dia você estará postando sua felicidade ao lado de
    (seu) de um amor que a faça feliz e espero estar aqui para celebrar com você.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera, o boliche abriu em minha cidade no final do ano passado, e espero que permaneça aberto por muito tempo. Depois de tantas postagens sobre pensamentos, tristezas e saudades, com certeza farei questão de dividir cada centelha de felicidade que acredito, ainda viverei. Um abraço!

      Excluir
  13. é de momentos assim que fazem os dias prosseguirem com leveza, mais a vida nem sempre é assim e aproveitar esses momentos é td...
    quanto a um amor , que ele venha e seja pra fazer feliz , pois do contrário não vale à pena. tem que se priorizar o que for sempre o melhor e que traga paz.
    sou casada a 24 anos , tenho dois filhos uma de 21 e outro de 23 , já sou vovó de uma princesinha que se chama Isadora, no momento tem sido minha paixão. não digo que tudo foi sempre flores e nem é... mais viver é mágico e sentir a vida na sua plenitude é fundamental. Abraços Bia e um feliz fim de semana pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane, achei muito coerente seu comentário. Por mais romântica que eu seja, tenho lições da vida o suficiente para saber que nem tudo é perfeito, que sempre haverão problemas a serem solucionados. Num relacionamento a dois, além do respeito, acho importante a tolerância e o crescimento a dois, não é legal quando um caminha e o outro fica parado, ou quando caminham em direções contrárias, porque acaba criando uma distância enorme entre os dois. Concordo que um amor deve somar e acalentar, jamais tirar a paz. Imagino que deve curtir muito sua neta, é a evolução natural da vida. Um abraço!

      Excluir
  14. Bacana Bia eu gosto muito de boliche, já comemoramos alguns aniversários tbém nesse clima de diversão, muito bom mesmo! bjooooss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kellen, talvez eu resolva comemorar o próximo aniversário por lá...mas vai demorar, só no ano que vem! hahaha Um abraço!

      Excluir
  15. Engraçado o nome que vocês dão a esse desporto, se não visse a imagem nem sabia o que era, aqui chamamos de Bowling .
    Nem vai acreditar, mas aqui tem 4 salas dessas em tôrno de 1 klm e là em Portugal 2 e nunca joguei, acredita ? :)
    Mas adoro ver a competir .

    Esse alguém não estava presente, estava sim, você é que nem notou ;)

    Abraços e muitos dias assim .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Live, não joga por quê/ Aí está o barato da coisa, só observar não adianta. Já sei, não quer perder, hahaha...Um abraço!

      Excluir
  16. Você me fez relembrar umas férias na praia. Jogávamos boliche, frequentemente. Claro que eu fazia fiasco, mas demos boas risadas.
    Mar!!!! Que delícia!
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marilene, por que não volta a fazê-lo? É uma diversão que não tem época para acontecer, melhor ainda quando regada à refrigerante e batata frita! Um abraço!

      Excluir
  17. Oi Bia
    Eu já te disse que gosto do seu jeito espontâneo de escrever. No último aniversário do meu filho mais velho fomos comemorar no boliche, foi muito legal, até meu filhinho de 5 anos fez um strike. Nossa uma hora passa rapidinho, a gente se divertiu muito. E o mar é tudo de bom, eu sou suspeita, moro na praia, e mesmo que eu não vá, ela está ali, eu sei que posso ir a hora que eu quiser (kkkkkkk), é uma sensação de liberdade.
    Bjos e um ótimo domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana, obrigada. Nem me fale, a hora passa rápido e no finalzinho todo mundo quer jogar correndo para aproveitar, hahaha. Por muitos anos cultivei a vontade morar na praia, hoje ainda moraria, mas já ficaria feliz se de vez em quando pudesse dar uma voltinha, com mais frequência do que o faço. Um abraço!

      Excluir
  18. Dá pra acreditar que eu nunca fui num boliche dizem que é muito legal.
    Quem sabe nessas férias? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathália, vai sim! Depois nos conta! :) Um abraço!

      Excluir
  19. Verdade,Bia.O que seria de nós sem os amigos para nos ajudar a esquecer as turbulências do cotidiano...O melhor é aproveitar cada minuto.Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcello. Cultivar amizades foi algo que aprendi ao longo da vida. Um abraço!

      Excluir
  20. Bom dia!
    Esse post está um arraso, parabéns
    Que seu domingo tenha o melhor pra
    deixar vc feliz.. Já joguei e quase cai kkkkk
    Deixo minha frase com carinho pra vc
    Bjuss
    Rita!!!

    Lutar pelo meu direito, é o que tenho feito sempre
    Mas a minha liberdade é unica!
    (Rita Sperchi)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita, eu também quase caí! Aprendi que o bom é ir com um calçado antiderrapante ou jogar descalça. Experimente! Um abraço!

      Excluir
  21. Boliche com amigos é sempre receita de bons momentos - e de muuuuita gargalhada, rs.

    Um beijo !
    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/2012/06/elos-tons.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jhosy, Acho legal jogar e observar os outros, tem uns que fazem pose, outros biquinhos quando erram, hahaha, é muito legal. Um abraço!

      Excluir
  22. Boliche, Bia, só para assistir... rsssss. Um cheiro de verão, o de chão molhado, inesquecível. Bjos.

    ResponderExcluir
  23. Sobre seu comentario no Masquerade: Voce, Bia, não está meio burra não. É que quando estamos no olho do furacão e temos poucas (ou nenhuma) pessoas ao redor interessadas em dar a mão, sozinhos, é dificil, mas vencerá se quiser.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Voltando, agora para comentar seu post: Bia, adoro jogar boliche, não faço isso tem tempo, me deu tanta vontade... bons tempos que eu tinha um grupinho e fazia essas bagunças deliciosas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Boliche. Não me dei muito bem com ele, não. A única vez que tentei jogar quase rolei junto com a bola, hehehe. Mas rendeu também boas risadas!
    Bejuuuuuuus

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.