sexta-feira, 1 de junho de 2012

Começou: Blogagem coletiva "Amantes do Verão"

Primeiro quero agradecer as inúmeras manifestações de parabéns, algumas me emocionaram bastante e  estarei respondendo cada mensagem no final de semana.
Bem, como ando um tanto incrédula e fragilizada, qualquer postagem pode conter um traço melancólico ou desolado. Então, amei ter entrado nesse desafio, porque trata de um tema que eu adoro: Verão. Durante esse mês estarei dedicada a fazer as postagens sugeridas (quem quiser saber mais é só clicar no link ao lado) promovidas pelos blogs da Turista e da Scarlet. Elas são de Portugal e por lá o verão começa agora em junho. Os temas são bem variados e interessantes e eu aproveito para esfriar um pouco a cabeça dos pensamentos sentimentais e filosóficos. Algumas coisas nesse sentido serão salpicadas no Putz
Só mais uma ressalva, como o tempo é curto para postar, responder e visitar os outros espaços, estarei fazendo as postagens de duas em duas, em dias alternados, e não uma por dia. Haverá espaço para pequenas histórias, poemas ou só uma foto representativa. Está valendo, não é?

1) O Verão da minha infância...

Imagem by Bruno Caimi - Flickr

Eu já falei algo sobre isso aqui...Eu acho que nasci meio peixe, adoro praia desde criança. Esperava ansiosa as temporadas para passar uma semana de férias, com meus pais, viajando de Brasília ou de Fusca para alguma casa alugada em conjunto com minhas tias para sair mais barato. Moramos a cerca de 30 km do litoral, bem pertinho...Então eu, que sou bem branca, "torrava" ao sol logo nos primeiros dias porque me recusava a sair da água ou da areia, construindo castelinhos e imaginando que uma dia moraria neles. Naquele tempo não existia muito filtro solar e eu passava os outros dias com uma camiseta para proteger do sol, com a pele vermelha e ardida :( . Aquilo me irritava porque pesava quando molhava e eu queria mesmo era ficar de maiô, mais confortável que biquíni. Houveram também algumas ocasiões em que fomos só passar o dia, algo conhecido como "farofeiros", hahaha, levando sanduíches e bolos e armando umas tendas à beira-mar...nem é preciso dizer que o dia todo no "mormaço" não fazia muito bem para a pele. Mas sem dúvida, momentos inesquecíveis que fizeram muito bem para a memória. Deu saudades de quem já se foi.

2) O verão numa cor...

Imagem by Dario Sanches - Flickr

Azul, todos os seus tons, lógico, para representar as nuances mais lindas: do céu e do mar. 





42 comentários:

  1. Concordo minha querida, o azul é mesmo uma linda cor! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Margarida, adoro, em todos os seus tons! Um abraço!

      Excluir
  2. Bia, eu também tenho recordações da infância, muitas!
    Escrevi no meu último post sobre isso.
    O Verão começa aí, e nós estamos no Outono, já já é Inverno.
    Aqui no Rio de Janeiro o Verão é muito quente e o Inverno nem é tão frio "é bem amena a temperatura.
    Um fim de semana bem azul da cor do mar*
    Beijinhos da Mery*
    Tô te seguindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mery, seja bem vinda. Moro no Brasil como você, então também estou chegando no inverno. Essa blogagem foi sugerida por um blog de Portugal e por lá o verão está chegando...Mas gostei da ideia de falar sobre o tema mesmo sendo em outra estação, lembra férias e leveza. Um abraço!

      Excluir
  3. Bia, as recordações da infância, são as mais doces que temos na vida e praia é tudo de bom mesmo... abraços e lindo final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Barbie, você entende bem do que estou falando, pois pelo que diz no seu blog, também passou boa parte da infância perto do mar. Um abraço!

      Excluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkk Sabe que os farofeiros são os mais felizes, eu fico com inveja deles quando estou numa barraca comendo umas porcarias e vendo eles comendo uma comidinha da hora, ou assando uma carne que faz nosso estômago querer flutuar (bem pra perto da churrasqueira, montada em plena praia).
    Nossas memórias da infância tem sabores especias, nada é como no nosso tempo de criança.
    Belo texto Bia.
    Beijokas doces e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marly, e não é? Eu lembro que levávamos uns isopores para conservar os alimentos, e minhas tias faziam sanduíches, tortas salgadas e frango assado. Ficávamos naquele trajeto barraca, mar, areia, comida, o dia todo, e no final da tarde voltávamos para casa com aquele cansaço gostoso! Engraçado que só me dei conta do quanto foi boa a infância quando ela se foi...Um abraço!

      Excluir
  5. Estou me sentindo mal! Não consegui entrar no dia do seu aniversário! Mil desculpas, mesmo atrasada: MEUS PARABÉNS, você merece tudo de melhor na sua vida! Muito sucesso, saúde e tudo de melhor. Gosto muito de você!

    Sobre a postagem coletiva, muito legal isso! Gostei. Adorei as fotos, verão, praia.... é tudibaum , não é? Beijão Bia. spiderwebs.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sabrina, que é isso, não se sinta mal! Sua presença por aqui é constante e é o que me importa. Mesmo assim, obrigada, também gosto muito de você! Por aqui vai ter verão o mês inteiro, quando quiser escapar das postagens "frias" do inverno dá um pulinho por aqui! Um abraço!

      Excluir
  6. Amo o azul e todos os seus tons. Mas já prefiro o inverno ao verão, inclusive na minha infância, cuja época também me remete boas lembranças. bjs, Bia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio, eu também adoro o inverno porque no geral me sinto muito bem nessa época. Mas o verão me lembra um tempo em que as responsabilidades eram mínimas, talvez por isso o sentimento saudosista, sem falar que adoro praia. Um abraço!

      Excluir
  7. Relembrando meus Verões de pele branca ao sol, vermelha que nem tomate, enquanto minhas primas morenas ficavam com um bronze fazer inveja rsrsr.
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, Ai, Luar, eu não passei por esse constrangimento, era uma situação coletiva porque todos os primos eram brancos, kkkk. Mas isso eu conto mais para frente...Já minha filha é morena, não passou por esse problema. Um abraço!

      Excluir
  8. Bia, primeiro quero agradecer vc pelo post. Fez-me lembrar um verão que eu e os meus amigos dos trabalhos numa sexta tomando campari e comendo linguiça assada com maionese, cheio de álcool, resolvemos ir para rodoviária Tietê e de lá para Ubatuba, chegando lá nem durmirmos, caímos na farra regados de caipirosca de maracujá. Foi um dos meu melhores verões, durante um ano eu ñ podia nem sentir o cheiro do maracujá q dava ansia. Como eu era o caçula da turma, alguns estã no plano espiritual, mas permanecem em minha memória. Obg de novo. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eder, fico feliz por ter despertado em você boas memórias...Quando olhamos para trás e encontramos lembranças muito loucas como a que citou, pensamos ao mesmo tempo:"que loucura" e "que bom que me permiti essa loucura". Depois da "misturança" não é de se estranhar que ficou tanto tempo sem poder sentir o cheiro de maracujá, hahaha. Um abraço!

      Excluir
  9. Oi Bia,
    Aqui no Sul já está fazendo um frio danado e você me vem com essa postagem de sol, mar, céu azul... Me deu vontade de fazer as malas e ir pro Nordeste. Sei que o inverno é preciso, mas não gosto muito do frio.

    Abraços e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alcará, eu também sou do Sul e entendo bem o que quis dizer. Como comentei acima, a ideia da postagem é de Portugal, onde o verão está perto, mas eu gostei da ideia de trazer um pouco de calor para a estação fria que se aproxima. Gosto de frio, mas concordo que conhecer o Nordeste deve ser tudo de bom! Um abraço!

      Excluir
  10. Acompanhando ansioso. O verão é com certeza a melhor época do ano, e o seu texto desarquiva antigos sentimentos e emoções, sempre é muito bom dar uma parada neste teu oásis.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Antonio, adorei, a ideia é realmente trazer um oásis para o blog. Boas lembranças dão significado à vida e nos impulsiona para o futuro. Um abraço!

      Excluir
  11. Que a alegria desse sábado traga a
    você o melhor de tudo que tem feito
    Adorei a postagem como sempre deixo um abraço carinhoso
    Para mim é um prazer visitar seu espaço cheio de maravilhas.
    Amigos verdadeiros são aqueles que
    estão junto de nós toda vez que precisamos
    Bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita, amigos verdadeiros são raros, mas existem. Um abraço!

      Excluir
  12. Olá, Bia!
    Vai ser um prazer te conhecer mais!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rike, se há algo que tenho, por conta de uma vida sempre vivida intensamente, são histórias para contar. Um abraço!

      Excluir
  13. Sentir é comigo mesma, então estarei por aqui, até porque é visível como as palavras se sentem em casa nesse seu espaço bacana.

    Como boa libriana, hoje prefiro o verão, se está muito calor, clamo pela chegada do inverno, enfim.

    Ah, o mar, meu amor eterno, amor platônico. Saberá ele o quanto o amo?

    Encontrei a porta aberta, fui chegando.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milene, seja muito bem vinda, a porta sempre está aberta e a mesa sempre está posta para quem por aqui chega. Falou algo interessante, o ser humano é assim mesmo, se está calor demais reclama, se está frio demais pede calor, hahaha. Mais do que nos prender ao clima, devemos nos prender a viver bem a vida. Um abraço!

      Excluir
  14. Oi, Bia!
    É tão bom recordar a infância!!! E o verão, em especial, sempre guarda as lembranças mais deliciosas! Principalmente para quem ama o mar, o céu e o sol :)
    Um beijinho!
    PS: Estou indo lá conhecer o Putz...super curiosa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isa, mesmo já sendo ultra responsável na infância nunca deixei de vivê-la. Vi que já passou pelo Putz, :), um abraço!

      Excluir
  15. CONVITE

    Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
    Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. Palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
    Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
    Abraços do
    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, José, conhecerei seu espaço em seguida. Seja sempre bem vindo. Um abraço!

      Excluir
  16. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    gosto destas ideias criativas da blogosfera!
    ...é tão bom recordar da infância...lembro me que quando viemos morar em Sampa, fomos todos, família, para a praia, uns verdadeiros "farofeiros. Ficamos dias nos preparando, até que chegou O DIA!...choveu tanto que nem me lembro se vi se a água era azul,( minha cor favorita) ou salgada,rsrs
    Bom domingo!
    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis, por que não participa? Ainda dá tempo...hahaha, Essas histórias são mesmo um barato...é triste quando esperamos ansiosos para ir à praia e amanhece aquela chuva, hahaha. Acho que para você deve ter marcado mais o gosto salgado da água, já o mar deveria estar meio cinza! Eu adoro a cor azul, mas hoje minha cor favorita é o verde. Talvez porque seja o símbolo da esperança. Um abraço!

      Excluir
  17. Que chato ir para a praia e ficar com a pele ardida, tb não tinha mt pós sol né?? kkkkkkk
    Adoro praia tb :D
    Bjos!
    amonailart.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Valquíria, bota chato nisso! Uma vez já contei aqui, meu pai passava maisena nas minhas costas para refrescar o ardor. Sabe que funcionava? Mas hoje sei me cuidar direitinho, não fico mais nesse estado. Um abraço!

      Excluir
  18. Oi Bia,

    Estas recordações da infancia nos fazem sentir um pouco saudosistas.Uma praia ensolarada, vivendo o aqui e o agora, sem preocupações nem com o filtro solar......e viva a farofa!....rsrs

    bjo procê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lufe! Saudades resumem bem o que senti escrevendo esse texto. E muito regada a farofa! Um abraço!

      Excluir
  19. Oi Bia...
    Linda participação na blogagem coletiva...Amo os tons de azul...lembra céu e mar..É tão bom recordar o verão de nossa infância...lindo post! Amei!
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina, deve ser triste não ter o que recordar, ainda bem que não é o meu caso. Um abraço!

      Excluir
  20. OiBia! É você na foto de criança?? AMei as fotos! Amo ver o mar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Não, a foto não é minha, minhas fotos de infância ficaram na casa da minha mãe...Mas a menina é um pouco parecida comigo! Você me parece ser apreciadora do mar, quem é sensível se sente bem perto dele. Um abraço!

      Excluir
  21. Oi Bia, não conheço essa blogagem coletiva mas me pareceu bem legal, sabe que já me queimei muito em praia, na minha época tbém não era comum usar protetor, e se era acho que mamys não comprava rsrr adorei amiga, gosto rasuavelmente de praia, não tanto qto vc! Bjooooos

    ResponderExcluir
  22. Olá Bia, se te dá mais jeito postares de dois em dois dias, estás à vontade! :)
    Gostei de saber da tua infância feliz à beira mar! Aliás a tua fotografia, espelha exatamente essa felicidade!
    Como já deves saber neste momento, a cor favorita das Amantes foi o azul! O azul, nas suas diversas tonalidades! :)

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.