sábado, 16 de junho de 2012

TOC

Imagem by Patsy Melendi - Flickr

E eu com essa mania insistente, quase um transtorno obsessivo compulsivo, de achar que o amor é um filme, um clip musical, ou uma história de amor de Casimiro de Abreu ou José de Alencar...Serei eu a partitura,  a personagem ou só páginas de um livro impresso?





"Eu te amei desde o momento em que te vi! Eu te amei por séculos nestes poucos dias que passamos juntos na terra. Agora que a minha vida se conta por instantes, amo-te em cada momento por uma existência inteira. Amo-te ao mesmo tempo com todas as afeições que se pode ter neste mundo..."
José de Alencar


4 comentários:

  1. Oi Bia,

    Sei bem como é isso.
    As vezes penso ser um personagem dos filmes de Almodovar....rsrs

    bjo procê

    ResponderExcluir
  2. Que lindo te ler..Sempre faz pensar...beijos,ótimo domingo!chica

    ResponderExcluir
  3. .



    Bia, querida.
    Eu tenho um selo referente aos
    1000 seguidores da minha pági-
    na e como você faz parte desse
    sucesso, ele é seu de direito e
    de fato.

    Um beijo do,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.