domingo, 14 de outubro de 2012

Inteligência, perseverança ou teimosia?

Imagem by Freepik

No ano passado, minha filha trouxe da escola um folheto com esse teste abaixo. Seria um teste formulado por Einstein e, segundo ele, somente 2% da população teria capacidade para resolvê-lo. Classificou como um teste de QI (quociente de inteligência). Você conhece?

Clique para ampliar
Desafio retirado daqui

Sabe como é, existe uma palavra chamada desafio que me aguça os neurônios. Eu sempre gostei de fazer passatempos como esse nas revistas da Coquetel e decidi que conseguiria resolver as questões. Tentei por uma semana. Algumas vezes, quando faltava encaixar só o último item, percebia que estava errado. Pensava: "isso é impossível de resolver", largava a folha meio irritada...e era só ter um tempinho livre para tentar de novo. Depois de uma semana, finalmente consegui. Foi uma sensação muito boa. Acreditem, tem solução!
Desafio feito, cheguei à conclusão de que Einstein estava um pouco equivocado. Não se trata de um teste de inteligência, trata-se de um teste de persistência. Acredito que grande parte das pessoas que tentaram resolver o teste desistiram na 3ª ou 4ª tentativa, e isso, na minha opinião, não é sinal de inteligência baixa. Impaciência, talvez.
Após a realização desse teste, percebi o quanto a perseverança é um traço presente da minha personalidade. Quando decido chegar a algum lugar, por mais difícil que possa parecer o caminho, por mais que às vezes a vontade seja de desistir de tudo, é como se brotasse um último suspiro lá de dentro que me impulsiona a seguir em frente. E eu tento de novo, de um outro jeito.
Por isso mesmo raramente convivo com o sentimento de arrependimento. Sei o quanto preciso buscar e me auto-incentivar para continuar firme em meus propósitos, e as realizações são consequências desse esforço, portanto, ainda que não dê certo, não cabe o arrependimento, porque o próprio caminho já foi um processo enriquecedor. O caminhar acaba sendo muito rico em sentimentos e vivências. Vejam bem, esse é um traço pessoal. Prefiro olhar para trás e ver que fiz tudo o que pude para proporcionar uma realização minha e dos que estão à minha volta do que desistir de tentar nas primeiras dificuldades. Já escrevi uma frase sobre o assunto que está aqui. A perseverança também é parente da fé. Onde falta perseverança, falta fé. E ambas caminham de mãos dadas com a paciência. Minha super-tia católica sempre dizia: "é preciso perseverar no Senhor". Lindo, não é? 
Por outro lado, a linha que divide a persistência da teimosia é tênue. Penso que teimosia é permanecer insistindo em uma situação quando não há mais solução, quando todos os argumentos e atitudes foram vencidos pela própria força das circunstâncias. Portanto, persistir não é "dar murro em ponta de faca". Esse tipo de comportamento, na minha opinião, é sinal de comodismo e inércia. Não se pode encarar as perdas como um fracasso, muitas vezes só nos abraçando à elas temos condições de em seguida subir mais alto, evoluir, ser mais feliz. O avesso acontece quando as pessoas se prevalecem da sua capacidade de resiliência e persistência e tornam-se elas mesmas acomodadas, exigindo que você sempre busque por soluções. 
Acho que é mais ou menos assim: quando estamos estagnados em uma situação e sabemos que a vida pode nos oferecer mais, é sinal de que a perseverança virou teimosia. É preciso constantemente tirar a venda que a acomodação nos traz para ver onde estamos teimando e onde deveríamos persistir. Só persisti no teste de Einstein porque sabia que havia uma solução. Assim como as vezes, a solução é seguir em frente, de um jeito diferente. Precisamos aprender a sentir o cheiro do que nos traz felicidade...e percorrer seu rastro.
Ah, se fizer o teste me conta depois, tá? (não vale colar a resposta da internet, hahaha)

"Os grandes feitos são conseguidos não pela força, mas pela perseverança."
Samuel Johnson

"O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis."
José de Alencar

"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha."
Confúcio

****

O blog homenageado de hoje é uma doçura, literalmente...É o 

Alguém já imaginou como seria um Jardim desses? Eu adoraria...Esse blog é tão leve quanto seu nome. Tem  pequenas reflexões mundanas, receitas bem diferentes, sugestões de delicadezas decorativas e imagens clicadas pela autora simplesmente divinas. Vale a pena colher um algodão desse jardim!


91 comentários:

  1. Bia,
    Que texto incrível, minha amiga!
    Excelente para começar bem a semana, estava precisando dele, sabia?
    Nem sei bem o que comentar, acho que é um texto/lição...
    Adorei o que você escreveu sobre a perseverança ser parente da fé e ambas andarem de mãos dadas com a paciência. E também da dica que você deu para diferenciarmos a teimosia da perseverança.
    Bia, eu gosto muito de tudo que você escreve, mas esse texto de hoje...Vou levar embora comigo, pode? Gostei muito e agradeço a partilha.
    Um bom domingo e um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, essas são lições que fui colhendo com o tempo e quando arrogantemente achei que já havia aprendido tudo, a vida me mostrou que eu estava errada. Já fui muito impaciente e com isso, perdi mais do que ganhei.
      Um abraço, pode levar contigo o texto sem dúvidas!

      Excluir
  2. Bom dia!
    Acho que o que falta é a perseverança. E para vencer qualquer desafio é preciso persistência e muita perseverança. Assim também é nossa vida né?
    Um ótimo domingo pra você. Aproveite para ficar juntinho de quem você ama. Meu carinho e meu afeto.
    Beijinhos de algodão doce
    Gracita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracita, obrigada pelo carinho. Perseverança tem força e beleza até no nome. Um abraço!

      Excluir
  3. Falta mesmo perseverança.Lindo! E o blog homenageado,lindo!beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Bia mais um excelente postagem e reflexão, como disse é bem tênue a persistência da teimosia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso muita atenção para diferenciar ambos...Um abraço, Patrícia!

      Excluir
  5. Bia,
    vir aqui é sempre assim,
    uma lição que traz um aprendizado vasto !
    Um excelente texto para reflexão e como sempre muito bem escrito.
    Ultimamente os resultados que tenho tido em minha vida me mostram todos que a perseverança tem mesmo que ser presente no dia a dia, mas com o cuidado de não se tornar teimosia.

    Um beijo,
    Uma excelente semana dese já.
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jhosy, acho que no geral a vida nos pede muito mais momentos de perseverança, por isso é tão importante aproveitar os instantes de calmaria. Um abraço!

      Excluir
  6. .



    Emagrecer o corpo e
    não a estima. Ser fe-
    liz do jeito que so-
    mos e deixar nos ou-
    tros a certeza des-
    sa felicidade.

    Pelo menos deveria
    ser assim...

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, é preciso prestar atenção nisso, Sílvio. Um abraço!

      Excluir
  7. Hummm... prefiro nao realizar o teste,
    talvez eu tenha medo do resultado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentando talvez pudesse se surpreender...Um abraço!

      Excluir
  8. Hahaha... Acho que vou me encaixar no rol dos impacientes (gostei de saber que não é questão de falta de inteligência).

    Bacana essa tua persistência, Bia. Às vezes sinto falta disso em mim, de ao menos tentar. Mas estou viva, é sempre tempo de mudar, né?

    Beijo, menina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milene, em alguns casos a impaciência pode ser sinal de inteligência, isso sim, hahaha. O duro de discernir um momento do outro. A persistência é algo que não brota, tem que ser cultivada.
      Um abraço!

      Excluir
  9. Bia que texto menina!Eu confesso que sou ansiosa nata,não teria a sua perseverança,aliás acho isso um dom.Quanto ao teste eu não tenho coragem de encara a verdade kkkkk beijo um ótimo domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yasmine, eu também fico ansiosa em alguns momentos, mas gosto de substituir a sensação sufocante da ansiedade para a de força da perseverança. Um abraço!

      Excluir
  10. Olá Bia,
    boa tarde,
    esta é uma frase excelente:
    "Onde falta perseverança, falta fé. E ambas caminham de mãos dadas com a paciência".

    Infelizmente eu não tenho paciência,
    Você pode imaginar como eu sento com os desafios? =(

    A frase de Confúcio... maravilhosa.

    O blog de hoje, muito belo,
    reflexões muito boas e fotografias invejáveis
    excelente qualidade!

    desejo-lhe um maravilhoso domingo
    uma bela semana
    e uma excelente noite
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ariel. A paciência foi algo que desenvolvi com o tempo a duras penas, mas não me arrependo de ter investido meus esforços nesse dom. Obrigada por seus elogios. Um abraço!

      Excluir
  11. professores educadores em sala de aula ou não:, Pais, Artistas, Artesãs, poetas, Escritores(as), Culinaristas,Evangelizadores, Blogueiros( as), em fim, todos que ensinam e educam merecem no dia 15 de outubro ser homenageados(as).
    Um autor desconhecido escreveu assim:
    " Educador, como ninguém, você exerce com maestria essa função. Você professora.,já foi criança e... ontem você não entendia muitas coisas, hoje precisa se fazer entender, criar soluções. No seu dia-a-dia a sua capacidade de amar é colocada à disposição de todos. Quando você volta para casa, a tarefa ainda não está terminada, mas a sua consciência está em paz. Você corre em paralelo com o tempo para não ficar ultrapassado. Aceita-se todo por dentro para mostrar a seriedade que é exigida e ainda sorrir para aqueles que precisam de afeto. Na sua angústia existencial ainda se propõe a ajudar a quem procura. Você avalia. Que coisa difícil é avaliar. Aprova , reprova e finalmente recupera. Pelos caminhos da sua vida você vai encontrando tantas portas.....umas quase se fecham, quando deveriam se abrir. Tantas que se abrem, quando deveriam fechar-se, Portas sombrias, enferrujadas, à espera de alguém ansioso por um toque, outras escancaradas pela falta de responsabilidade e amor. E você, passo a passo, vai contribuindo para cada uma delas. Você transforma, ilumina, esclarece, compreende e vence o desafio. É o suave mistério da sua vocação. Como você é importante!!!"
    Ser professor não é um dom é uma escolha e se escolhemos exercer esta profissão devemos cumprir com amor, dedicação e preparo, está sempre disposto a aprender.
    Como diz Paulo Freire: “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”.
    Feliz dia do professor e muito sucesso cada dia da tua vida! Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lourdes, muito obrigada por sua carinhosa homenagem. Um abraço!

      Excluir
  12. Oi Bia! Nunca havia pensado em teimosia com comodismo, mas fez mt sentido. O difícil mts vezes é perceber que não há mais solução e seguir em frente, nem sempre é possível identificar essa situação.
    Bjos e boa semana!
    http://amonailart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Val, o problema é que deixar uma situação onde estamos parados por teimosia traz a ilusória sensação de fracasso, por isso muitos persistem e se acomodam. Fracasso, para mim, é não perceber que a vida pode nos dar mais e não abraçar as oportunidades que se apresentam.
      Um abraço!

      Excluir
  13. Bia, sou excessivamente impaciente e para o nervossismo é um passo, por isso não me atrevo a fazer o teste. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eder, não esperava essa resposta de você, hahaha. Cada um, cada um. Um abraço!

      Excluir
  14. Oi Bia,

    Gosto muito dos seus textos, sao sempre reflexivos!

    Persistir quando se é capaz acho necessário, do contrário torna-se uma teimosia que nao leva a lugar nenhum...

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa, definiu muito bem. É preciso ter essa visão de até onde somos capazes, e nos armar de coragem para ir em frente. Um abraço!

      Excluir
  15. Many thanks for visiting and commenting on my post. :)

    ResponderExcluir
  16. Olá!Boa tarde!
    Bia...Belo texto! Reflexivo e inteligente!
    Inteligência, perseverança ou teimosia?...eu penso que sem o hábito de perseverar, torna-se humanamente impossível atingirmos qualquer objetivo, principalmente porque em nosso caminho na busca da felicidade, sempre encontraremos momentos difíceis ou adversidades,lutas,desafios, e temos que ter fé na medida da razão, para eu continuar fazendo, e não teimar,"dar murro em ponta de faca", quando não há resposta, certos de que no devido tempo tudo será esclarecido, elucidado e concluído......e o ideal é que tenhamos paciência para pensar antes de fazer/buscar...( eu não muita paciência)...
    Sim!Vou tentar levar. Inclusive, compro uma revista Sudoku ( em papel mesmo),e lá tem vários desafios desses...
    ( comecei a fazer quando namorava um menina que gostava de novela, e eu só tinha um PCTV...#brincs...)
    Obrigado!
    Bom início de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felis, eu gosto demais de safios, já fiz muitas revistinhas com testes como esses e outros. Quando estamos dando "murro em ponta de faca" geralmente é quando estamos sob efeito da emoção, do orgulho, não dá razão. Queremos estar certos a qualquer preço.
      Sábio colocar essa questão...é justamente a razão que divide a perseverança da teimosia. UM abraço!

      Excluir

  17. Olá Bia,

    Suas conclusões são sábias. Também achei as colocações perfeitas. Refletindo um pouco, percebe-se a procedência de seus argumentos.
    Eu não faria o teste, pois sou inquieta e impaciente. Ainda bem que para a vida real costumo adotar posturas diferentes. Luto por tudo enquanto posso e desde que exista possibilidade de realização. Caso contrário, não estaciono e escolho outro caminho.
    A perseverança é a chave para o sucesso de qualquer empreitada ou sonho. Aliada à fé, fica imbatível, desde que se busque o que é viável e ao alcance do ser humano.

    Beijo e ótima noite de domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera, muitos cometem o erro de estacionar porque como sabemos, o que é bom não costuma ser fácil...
      tomo cuidado para não ter perseverança e fé no que é impossível, porque aí sim uma hora bate a sensação de impotência e de que não somos capazes.
      É preciso traçar metas e objetivos viáveis e possíveis.
      Um abraço!

      Excluir
  18. Oi Bia, eu já fiz esse teste uma certa vez e também cheguei ao resultado por persistência. Tenho essa visão de desafio. Não consigo descansar se alguma situação me desafia. Quanto a persistência e teimosia, considero perfeita tua abordagem. Quando depende apenas de nós para chegar onde se quer, cabe a persistência sempre, mas algumas vezes estamos mesmo dando murro em ponta de faca e até sabemos que não tem saída, mas insistimos por agir normalmente movidos pela emoção, sem usar a razão como bússola. Um texto bom para refletir. Fiquei com a palavra persistência gravada para hoje. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, gostei de saber que já fez o teste e entende o que estou falando. Fomentar a persistência por quem passou por aqui, para mim, é um grande ganho.
      Um abraço!

      Excluir
  19. Oi Bia

    Te li até onde você postou o teste, assim que cheguei nele não pude fazer outra coisa senão ampliá-lo e tentar resolver o enigma, uma hora e alguns minutos depois volto com a descoberta da resposta para terminar de te ler e, não é que você falou tudo de mais verdadeiro? Persistência... é isto que move todas as minhas ações, o acreditar que posso, que consigo por mais difícil que seja, é o que torna tudo fácil, nunca acho muito difícil alguma coisa na primeira tentativa, o acreditar é sempre maior do que a dificuldade, mas como você disse, isso tem uma enorme diferença de teimosia, persistir é tornar possível, teimar é não admitir que nossos desejos nem sempre podem ser realizados, há uma diferença clara dentre aquilo que depende somente do nosso empenho e aquilo que não está ao nosso alcance, cuja insistência será maléfica.

    Mas, que deu uma vontade assim que descobri, de contar pra todo mundo que, o dinamarquês mora na casa cor... o inglês fuma..., o norueguês bebe..., o alemão mora..., o sueco fuma... e quem cria peixes é o.... Há dá!

    Hahahaha fico me coçando!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, você fez em uma hora? Nossa, me senti até mal agora, hahaha. Na verdade acho que você foi mais paciente do que eu...e sua reflexão na sequência do comentário mostra que você tem consciência de onde vem a sua força e sabedoria.
      Danadinha, queria contar as respostas, hahaha. Um abraço!

      Excluir
  20. eu li este teste em um livro de filosofia, não recordo se era do Einsten, mas nunca consegui resolver. não recordo se é uma parte da lógica ou algo assim, mas é um exercício de filosofia.
    eu era muito jovem nas aulas de filosofia, tinha uns 16,17 anos e acho que não tinha maturidade.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeanne, também acho que se fosse fazer o teste jovem teria desistido. A vida nos ensina a ser paciente na marra...Um abraço!

      Excluir
  21. Passando para desejar uma boa semana, e convidar você a participar de uma promoção que esta rolando no blog.
    Beijo, Ângela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ângela, obrigada por sua visita, já passei por lá e trouxe comigo o selinho, um abraço!

      Excluir
  22. Ai Bia... vê uma sementinha de perseverança para mim ai, por favor. E um saco de adubo bem grande também. Como isso me falta...
    Quanto ao Jardim, sempre passo por lá para colher alguns algodões ;)

    Bejus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naty, você pode fazer a sua própria plantação de perseverança, acredite. É o que faço comigo quando vejo minhas forças se esvaindo. UM abraço!

      Excluir
  23. Muitos vêem a desistência como fracasso, o que os leva a insistir, insistir, esgotando, inutilmente, suas energias. Perseverança, como bem ponderou, é outra coisa. Trata-se de não se abater com eventual resultado insatisfatório das primeiras tentativas. É preciso sabedoria para distinguir o que vale a pena abraçarmos. Há outros caminhos para os quais somos impulsionados e onde vamos nos sentir mais felizes. Precisamos é reconhecê-los. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene. Traduziu brilhantemente a diferença entre fracasso e perseverança. Seremos mais felizes onde podemos crescer como ser humano e ser exatamente quem somos. UM abraço!

      Excluir
  24. Oi Bia, nunca tinha ouvido falar nesse teste. Mas interessante sua colocação, muitas vezes com persistência se consegue muita coisa, inclusive resolver problemas! Vou tentar fazer! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, não voltou para me contar...será que conseguiu? Um abraço!

      Excluir
  25. Legal sua persistência, Bia... e acho que esse teste é um pouco de tudo, pois teimosia e perseverança são característica de pessoas inteligentes, parabéns pela resolução, vou tentar fazer depois. abraços e linda semana.

    ResponderExcluir
  26. Ps.: Visitei o blog homenageado e deixei minha marquinha lá... de fato o blog é um doce. =^.^=

    ResponderExcluir
  27. Ps.2: Ah! e antes que eu me esqueça... Você é professora, não é verdade? Então, parabéns pelo seu dia hoje! =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Barbie, fiquei curiosa para saber se conseguiu fazer o teste, obrigada pelo carinho da lembrança! Um abraço!

      Excluir
  28. Post interessante, Bia! e um bom blog também! Obrigado por seu comentário gentil no meu blog.
    Eu sou o seu mais recente seguidor agora :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja sempre bem vindo, AmitAag, as imagens do seu espaço são lindas! Um abraço!

      Excluir
  29. Oi Bia,
    Parabéns por sua coragem, sua dedicação e escolha em ser professora. Ninguém mais do que você sabe o quanto é difícil ser agente de transformação, em uma sociedade que vive as custas da miséria e da ignorância de tanta gente.

    Neste dia dedicado ao professor, receba meus aplausos e carinho.

    Quanto ao seus texto, perseverança e uma dose de paciência, são ingredientes certos para se abrirem portas e horizontes.

    Ótima semana pela frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nestor, obrigada por seus elogios. Os professores realmente merecem ser mais valorizados pela importância do seu papel na sociedade. Pena que muitos ainda não se deram conta disso!
      Um abraço!

      Excluir
  30. Bia!! Belo texto. Quando quero me surpreender já sei o endereço. Passo aqui e encontro novos e velhos conceitos vestidos de roupa nova, prontos para ir à festa. Suas palavras tem sabor de festa, de novidade e de descoberta. Parabéns. Um Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laércio, seus escritos são sempre carregados de bons conteúdos, então seu comentário elogioso é muito importante para mim. UM abraço!

      Excluir
  31. Olá Bia,bom dia!
    Venho mais uma vez agradecer sua honrosa participação no 1º Prosas Poéticas; foi pra mim um fato que só causou satisfação e deu muito orgulho. Muito obrigado!
    Aproveito para lhe desejar uma ótima semana, assim como, lhe dar meus parabéns pela postagem; achei fenomenal....
    Abraço e até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, J.R. sua gentileza é encantadora. Acho um dom pessoas que agradecem, mesmo quando elas é que merecem agradecimento.
      Obrigada por tudo, um abraço!

      Excluir
  32. Gostei. E concordo plenamente: é uma questão de perseverança. Mas também é uma questão de método, de como proceder por eliminação. E se a "teimosia" vem do sangue, o método vem do estudo e do raciocínio.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei disso, R.R., é preciso estar atenta ao método e utilizá-lo com sabedoria. UM abraço!

      Excluir
  33. Bia,
    Perfeita suas considerações, e creio que as três palavras estão entrelaçadas. E suas reflexões nos mostra a lógica em perseverar, as vezes teimar contra as circunstâncias e somente quem é sábio consegue esse façanha.
    Conheço esse teste, mas nunca fiz, sou meio desanimada pra isso.
    Beijokas doces e boa semana.
    Feliz dia dos professores :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Marly. Às vezes parece que estamos remando contra a maré quando na verdade estamos certos...é preciso muita segurança para abraçar nossas escolhas e lutar por elas. UM abraço!

      Excluir
  34. muito bom seu texto. gostoso de se ler. abraços e boa semana lamarque

    ResponderExcluir
  35. Tão bom saber que não existem rótulos mas
    sim maneiras de se ver.

    Texto reconfortante. Obrigada.

    Beijao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Margoh, não gosto de rótulos. Diminuem as pessoas, não é? Um abraço!

      Excluir
  36. Oi Bia,não conhecia, mas concordo contigo persistencia é tudo, amo essa frase de Confúcio !
    Vou procurar esse teste pra fazer, se der conta te conto,alias se não der também te conto, rsss

    TENHA UM ÓTIMA SEMANA ,CHEIA DE PAZ E LUZ !
    LÍLIA-BLOG DUAS MOÇAS PRENDADAS !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu aqui curiosa para saber quem conseguiu fazer o tal teste, hahaha. Um abraço!

      Excluir
  37. Eu já tinha feito este teste ano passado e, realmente, ele tem mais a ver com perseverança. Contanto, perseverança É significado de inteligência. Somente quem persevera consegue atingir seus objetivos. E por vezes é necessário um pouco de teimosia também, principalmente diante de alguns fracassos, frustrações, obviamente, quando a situação depende exclusivamente de nós.
    Teimar em algo que dependa de terceiros e que visivelmente não tem chance de dar certo, é o momento de usar a inteligência, principalmente a emocional, para mudar de rota.
    Muito bom seu texto e aproveito para desejar um Feliz Dia do Professor com atraso.

    => CLIQUE => Escritos Lisérgicos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chris, legal saber que já fez o teste. Embora nossa vida esteja inevitavelmente entrelaçada à vida dos outros, não podemos responder pela perseverança alheia, somente pela nossa. O máximo que podemos fazer pelo outro é depositar nossa confiança nele para auxiliar sua estima (quando confiamos realmente), mas a escolha de ir em busca da realização de seus sonhos depende de cada um. Um abraço!

      Excluir
  38. Bom dia, Bia. A diferença que você coloca para a teimosia e perseverança são impressionantes!
    Estagnar não faz bem para a saúde mental e nem física.
    Saber que poderia ter mudado o curso de sua vida pelo menos tentando, já é um fio de esperança.
    Se não acontecer o que queremos, pelo menos não foi por falta de tentativa e sim porque não era para fazer parte da nossa história.
    O bom de você ter feito esse teste, foi que descobriu características em você, que não sabia existir.
    O mesmo pode acontecer com qualquer pessoa.
    A força brota da alma se dermos o primeiro passo e não desistirmos.
    Confesso não ser fácil, mas é necessário prosseguir.
    Que eu tenha um pouco mais da sua determinação em alguns aspectos!
    Tenha um bom dia e beijos na alma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia. Se prestarmos atenção sempre estamos aprendendo, seja com testes ou com os fatos que nos cercam, só é preciso peneirar para saber o que queremos utilizar daquilo que colhemos. Um abraço!

      Excluir
  39. Oii Bia, gostei muito do seu texto e da reflexão, eu não conheço o teste, imagino que seja como o cubo mágico que tento encaixar as cores rsrsr talvez em outra proporção de dificuldade, mas como vc falou é uma questão de persistir, tentar tentar até conseguir, a desistência pode mesmo ter sido a causa das pessoas não conseguirem realizar o teste ou mesmo encaixar as cores do cubo mágico, somos ansiosos impacientes, e por isso muitas vezes não alcançamos nossos objetivos, desistimos antes! Bom estar novamente com vc! Bjooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kellen, ri bastante com seu comentário, hahaha, eu não acho que esse teste parece o cubo mágico, o cubo mágico é muito pior, hahaha. Mas que dá raiva quando você está chegando ao final e precisa apagar e recomeçar, a isso dá! hahaha. Um abraço!

      Excluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  41. Bia, ser persistente e decidido a realização de um propósito é uma qualidade que precisa ser presente em todo aquele que busca de alguma forma evoluir, seja em que sentido for. Contudo, é sempre bom saber que a persistência sem o conhecimento de nossas capacidades, se resumirá numa teimosia apenas e nada mais. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paulo. tem razão, com perseverança crescemos, com teimosia ficamos empacados. Transcendendo nossas capacidades, nos tornamos cada vez mais capacitados. UM abraço!

      Excluir
  42. Texto maravilhoso Bia! Tenacidade é uma característica fundamental para quem busca realização. As lutas na nossa vida são constantes e o nosso maior inimigo muitas vezes mora ao lado. Adorei ler tua reflexão. Gr. Bj. e uma linda semana pra ti minha querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou pior, Cris, muitas vezes o inimigo da baixa estima mora dentro da gente, sussurrando: "você não é capaz". É preciso combatê-lo. Um abraço!

      Excluir
  43. Acho a persistência uma qualidade essencial para conquistar qualquer objetivo. De que adianta ser inteligente, se for preguiçoso? rs Vencer um desafio pela própria motivação, dá uma sensação esplêndida, né?! Legal, Bia.

    Vou visitar o blog sugerido. /beijos/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosa, conquistas não combinam com preguiça, ambas moram em cômodos distantes. Maravilhosa a sensação de chegar lá...UM abraço!

      Excluir
  44. Texto brilhante Bia! Fiquei pensando aqui por onde anda minha perseverança e minha vontade de vencer. As vezes ela se ausenta de mim!
    Amei! bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcia, procura ela e traz de volta para você, menina. É só querer (muito) encontrá-la de volta. Um abraço!

      Excluir
  45. Oi Bia.,
    Concordo como que falou.Eu por muitas vezes já desisti de algumas coisas,mas há um campo em que não desisto facilmente,o amoroso,não sei se por conta do meu romantismo ou alguma outra coisa,mas quando gosto costumo gostar por uma eternidade,isso às vezes é um problema,rsrs.
    Mas quando vejo que não dá mais,que já tentei,que já sofri,que já deu o que tinha que dar pronto,acabou,tchau e vamos seguir em frente,rs.
    Abraço,=)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Su, definitivamente somos bem parecidas. E geralmente as pessoas não compreendem que algumas pessoas (como nós) fazem de tudo para viver o amor. Um brinde, minha amiga! Um abraço!

      Excluir
  46. Olá Bia!

    Vou aceitar o desafio e fazer o teste. Sou determinada e persistente, mas também paciente. Tenho Fé! Vamos ver se perderei a paciência.

    Depois digo-te algo.

    Um beijo e uma tarde linda.

    ResponderExcluir
  47. Olá Bia!

    Estou aqui novamente e desta vez para te dizer que fiz o teste e, já encontrei a resposta. Posso escrever aqui?

    Levei meia hora, mais ou menos. Tentei com calma e tentei uma estratégia, que resultou, embora tentado várias vezes mas consegui.

    Eu sou muito persistente e não desisto de nada nesta vida. Nada mesmo. Tenho Fé para concretizar os meus sonhos e para superar desafios. Claro que nem sempre é fácil, mas nesta vida nada é, não é?

    Então vamos lutar. Vamos persistir, se tivermos que mudar de estratégia, mudemos mas o lema é nunca desistir.

    Parabéns pelo texto, como vez parece que pensamos parecido.

    Um beijo e aguardo uma resposta tua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, ganhou da Van, fez o teste muito rápido! :O Mais uma a comprovar que mais do que inteligência, persistência e fé são atributos que podem fazer a diferença nas nossas vidas. Um abraço!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.