domingo, 24 de março de 2013

Exercício da democracia

(clique na imagem para ampliar)

Eu nunca fui afeita à política, quando não a atendia e muito menos quando passei a atendê-la. Compreendo e aceito que ela se faz necessária para organizar a sociedade, porém me enoja saber que ela é usada como meio de manipular, da força que prevalece sobre os direitos.
Há algumas semanas, houve uma manifestação "democrática" em minha cidade por parte da classe dos professores, que pleiteavam alguns tópicos como receber integralmente as férias, que não foram pagas em janeiro como de costume por falta de verba e seria paga em parcelas, equiparar o salário ao piso nacional e receber elevação automática por graduação, ato que só acontece a cada dois anos. Os professores saíram mais cedo da escola e se reuniram na praça em frente à Prefeitura. Vamos analisar...
Com a atual troca de prefeito, por Lei ele tem respaldo de três meses de mora para organizar as contas do município para então analisar os pagamentos pendentes. O valor das férias seria responsabilidade do governo anterior, portanto era necessária paciência para a resolução da situação, pois em nenhum momento ele disse que não iria pagar. Equiparar o piso salarial e elevação por graduação seriam assuntos que poderiam ser discutidos posteriormente após esse período, visto que o novo prefeito entrou agora e não havia sido conversado sobre esses assuntos. Para ajudar, o Sindicato que organizou a manifestação ainda não está respaldado para fazê-lo legalmente.
Em nenhum momento da minha vida gostei de me envolver nesse tipo de evento, não por covardia, simplesmente por não me sentir bem. Nesse caso, racionalmente pensando, ainda não havia amparo jurídico para as reivindicações. Ainda assim penso que, quem deseja se manifestar tem esse direito democrático e deve fazê-lo. Portanto, dei a maior força para quem foi e estava disposta a abrir mão do benefício adquirido se fosse o caso, seria justo eu não receber se eu não me manifestei. Afinal, não somos mais crianças como no caso da tirinha do Calvin...
A questão é que minha recusa (e de mais duas professoras) em participar gerou uma série de bochichos e comentários de duplo sentido que me deixaram chateada. Sou adulta, madura e responsável por minhas escolhas. Não me vejo mais na idade de participar de algo na qual não acredito simplesmente para agradar aos outros, isso seria falta de personalidade e verdade consigo mesmo. Eu não estava quebrando regras ou prejudicando outrem. Precisamos ficar até mais tarde na escola (seria injusto sair cedo) e ainda assim sofremos com comentários maldosos (a famosa retaliação). A pergunta é: onde houve a democracia nesse caso?
No meu ponto de vista, democracia é a liberdade que eu tenho de me manifestar, igual ou contrária à massa, sempre respeitando as decisões e posições do outro, ainda que contrárias às minhas. Não houve respeito sobre nossa escolha em não participar, mesmo sendo fundamentada. O que me espanta ainda mais é saber que essa posição foi oriunda de professoras, formadoras de futuros cidadãos...então fica óbvio perceber porque ainda nos dias de hoje é tão difícil modificar o triste cenário político na qual estamos inseridos.
Entre os grupos há aqueles que pensam X, outros que pensam Y e ainda os que não pensam nada e que vão com a maioria com medo de serem julgados ou excluídos. Um grande número de pessoas age dessa forma por medo de assumir sua opinião e ser motivo de agressão ou chacota, e isso é lamentável.
O respeito é condição primordial para que a democracia se faça plena e a empatia, a capacidade de compreender o ponto de vista do outro, idem. Num mundo com tanta tecnologia, as pessoas se mostram carentes de maturidade e generosidade para exercer a cidadania de forma plena e justa, onde as picuinhas ficam em segundo plano e o respeito é qualidade imperativa. Caso contrário, vira ditadura. Ou como diria ironicamente Millôr Fernandes: "Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim".

*****

Está na porta no novo Book Crossing Blogueiros, que tal libertar um livro que está preso em sua estante? Quem quiser saber como participar, é só visitar a querida Luma, o link é www.luzdeluma.blogspot.com.

 

45 comentários:

  1. Oi amada Bia
    Perfeitas as suas colocações. Então não temos direito de escolha? Temos que seguir a massa e fingir ser algo que não somos ou não acreditamos. É minha amiga é triste conviver com a hipocrisia e mediocridade do ser. Meus aplausos pra você que não teve medo e se manteve firme nas tuas convicções. Que você sinta em seu coração a certeza de que a vida lhe espera de braços abertos, para receber suas expectativas e realizá-las uma a uma. Hoje certamente tudo dará certo. O seu caminho será suavizado pela brisa do ar que chegará até você de mansinho, trazendo com ela o aroma das flores que darão colorido ao seu dia. Que este domingo seja abençoado, salpicado de intensos momentos de felicidade.
    Beijinhos meus com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  2. Pois é, democracia não é a obrigação de ir, é o direito de ir ou não, quando é da nossa vontade e necessidade. Estranho essa vigilância acerca do comportamento e pensamento dos outros, principalmente aos que não comungam do pensar comum.

    Beijo, Bia.

    ResponderExcluir
  3. Ei Bia...
    Bom dia minha amiga,
    Tudo bem?
    Entendo perfeitamente sua indignação e concordo plenamente com você. Vivemos em uma país democrático, e a verdadeira democracia começa dentro da gente em fazer aquilo que a gente aceita e acredita sem ter que dar satisfações a outros ou nos tornarmos alvos de disse me disse. Infelizmente convivemos com pessoas e pessoas, de diferente condutas umas aprendemos com com elas , outras repudiamos pela mediocridade que carregam em seus lombos...A verdade é : faça aquilo que achas correto de maneira a se sentir bem, e ignore tal situação. Temos a liberdade de ir e vir e não admita que te furtem isto.....

    Abraços e tenha uma excelente semana...

    ResponderExcluir
  4. Olá Bia.

    A política é um “mal” necessário. Mas, é absolutamente desnecessária a inconsciência do cidadão que elege e reelege em alguns casos, notórios bandidos. Em especial, no caso dos Professores, é por demais importante estarmos atentos para não servirmos de joguete para as manobras politiqueiras de muitos sindicalistas e de alguns colegas que reduzem a educação ao perímetro do próprio umbigo. Triste farsa democrática.

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde minha querida Bia, desculpe esta fazendo a visita com um recadinho pronto, estava muito prejudicada com a tendinite e estou evitando digitar, mesmo estando bem melhor, graças a Deus.
    É preciso ter força e coragem para seguir em frente e este tem sido o meu lema. Como diz Renato Russo: “Quando tudo nos parece dar errado, acontecem coisas boas, que não teriam acontecido, se tudo tivesse dado certo”. Por isso mesmo estou aqui, com o recadinho colado, mas o importante é que lembrei de você e passei para te desejar muita luz no teu caminho nesta semana Santa, que inicia.
    Que o amor de Jesus encha os nossos corações de paz e amor ao próximo.
    Abraços, uma linda tarde.

    ResponderExcluir
  6. Eu não trabalho, mas sei como essas coisas revoltam. Na ultima eleição eu ía votar nulo, mas foi um chateação aki em casa que acabei votando em alguém que nem sei mas quem era rssss.

    ResponderExcluir
  7. É isso Bia. Em parte temos que fazer parte dela, mas os meandros deixam-nos a pisar brasas...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. A política é polêmica, mas precisamos saber lutar pelos nossos direitos. Gostei de seus pontos de vista, Bia. Democracia é necessária! Abraços e lindo domingo.

    ResponderExcluir
  9. Oi, querida
    Nós temos que gritar e fazer valer nossos direitos. Já entrei com 2 processos contra o meu empregador e ganhei os dois. Nossa ninguém passa a perna em mim. Corro atrás do que é meu.Isso é democracia. Só que a maioria tem medo?. Eu não tenho medo de nada, Sempre confiei na minha capacidade.
    Quando se fala em política, fico nervosa quando veja tanta discrepância social imperando no mundo.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  10. Bia, gostei muito da sua reflexão. Passei por algo semelhante recentemente. No meu caso, a Secretaria de Educação comprou um programa de ensino e empurrou goela abaixo dos professores. Nos mobilizamos contra a imposição e conseguimos reverter a situação. Mas não satisfeitos, sindicato e parte da categoria promoveram um mobilização para devolver as sacolas de livros que nos foi enviada.
    Eu me recusei a ir à Secretaria devolver e fui muito criticada.
    Mas sobrevivi, pq impus minha opinião, sou contra enfrentamentos desse tipo.

    Um beijo e força aí.

    ResponderExcluir
  11. Precisamos é ter melhores políticos, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  12. É isso aí Bia, perfeita e fundamentada visão, o respeito às opiniões individuais é princípio básico da democracia.Passei muitas vezes por situações semelhantes nas muitas greves das quais participei, porém nunca permiti que difamassem as colegas que optaram por não aderir; só há diálogo e reivindicação de direitos numa vivência democrática.
    Uma bela semana pra ti.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  13. É isso aí Bia, perfeita e fundamentada visão sobre a democracia, que tem por princípio o respeito as opiniões individuais.Passei por situações semelhantes ao participar de muitas greves, e não permitindo que difamassem colegas que não aderiram.Só é possível haver diálogo e reivindicações de classe em um estado democrático.
    Bela semana. Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  14. Pois é Bia, acredito que na maioria das categorias de trabalhadores há esse falatório todo se alguém não entra nas manifestações. É triste, mas estamos longe ainda democracia como ela deve ser.

    Bejus

    ResponderExcluir
  15. Bia, boa noite. A operação está marcada para o dia 25/04.Bjos.

    ResponderExcluir
  16. Compartilho da sua visao e opiniao. Sonho mto com uma sociedade com mais visao e mais interessada tbm!
    bjo
    http://opinandoemtudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Absolutamente de acordo amiga.
    Um abraço e uma boa e santa semana

    ResponderExcluir
  18. Oi Bia
    Concordo plenamente contigo, esse papo de democracia no Brasil é só no papel, na verdade a "massa" é levada por alguns manipuladores, em todos os segmentos, principalmente a mídia, se vc se volta contra a maré, vc é do contra e te olham de olho torto. Tô orgulhosa de ti! Quanto a sua pergunta no blog, eu não sou tão romântica, só escrevo finais felizes. Tem em selinho para vc lá no meu blog.
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. É tudo confuso se formos analisar pregam uma coisa mas fazem outra, concordo com vc amiga essa frase resumiu tudo:
    "Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim".

    ResponderExcluir
  20. Bia gostei muito desse texto
    é perfeita a colocação pelo princípios básico
    dessa democracia, temos que yer sim nossos
    direito
    Abraços com carinho
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  21. Oi, Bia!
    Vim agradecer o carinho da sua visita
    Uma linda noite!
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  22. Oi Bia,

    É isso aí, concordo com seu pensamento!

    Democracia é respeitar os direitos do outro...

    Abçs

    ResponderExcluir
  23. Olá
    Bia
    Muito bem fundamentado.
    ... lembrado o desconhecimento que muitos tem, do ciclo das contas ,que toda passagem de Governo tem...
    Pena que no meio de todos, existam aqueles que não entendem que o direito de escolha existe e deve ser respeitado.Vivemos em um país democrático, pelos menos é isso que nos diz a Constituição. A lei te outorga o direito de optar ou não por uma greve, e isso basta. Respeito o direito à greve assim como entendo que deve ser respeitado o direito de quem não quer entrar em greve. Numa situação de crise , o respeito deve prevalecer acima de tudo.
    Infelizmente, muitos educadores e formadores de opiniões, abusam do sectarismo , e querem que todos tenham o mesmo modo de pensar, pessoas sem argumentos, sem poder de persuasão, sem usar a sabedoria das palavras gostam de questionar, intimidar, ou mesmo denegrir a imagem , porque, sejam quais forem as razões, não puderam participar de um movimento. Só não podemos querer os benefícios integrais se assim for convencionado...como vc o fez, abrindo mão ...se fosse a questão!
    Meu carinho
    Obrigado!
    Boa Semana Santa
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. OI BIA,

    concordo em gênero,número e grau e a parabenizo por este competente texto.

    Muito bom!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  25. Ser algo no Brasil é por puro idealismo, por saber que o imperialismo castra seus pés, e dizem que os livros não vendem nem a televisão podem ter qualidades! abraços

    ResponderExcluir
  26. Bia nossa eu adorei o seu post, cada palavra e citação final resume tudo isso mesmo, esses dias tenho pensado muito em liberdade e achando que a cada dia ela cresce nas aparências, e diminui na essência. Isoooo mesmo amiga, não faça nd coagida.
    Um abraço carinhoso

    Paty Alves
    Ágape Amor Verdadeiro
    Patyiva
    Vou Conseguir

    ResponderExcluir
  27. Gostei bastante dos seus argumentos. É exatamente o que acontece!

    ResponderExcluir
  28. Bhia Quero te dar meus parabéns primeiro pela coragem de discordar pois convenhamos toda unanimidade é burra !!! Depois por dar o exemplo a estes que desconhecem o exercício da cidadania num regime democrático ... !!! Belo , perfeito e pertinente !!! Parabéns Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  29. Obrigada pela sua visita Bia!

    Uma Feliz Páscoa à você.

    Bjs

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Oi Bia,
    Para início de conversa, o real significado de democracia, desconfigurou-se.
    Você está certíssima quando afirma que democracia é a liberdade de participar, expressar opiniões, sejam prós ou contras, desde que de maneira respeitosa.

    Citando somente um exemplos: Aqui em minha região, um líder sindical, usando a massa assalariada como manobra, conseguiu se eleger deputado federal.

    Algumas lideranças acreditam que democracia é fazer sempre a vontade deles, ou ainda que democracia compete somente a eles, portanto todos os subordinados devem estar de acordo com suas ideias.

    Parabéns por sua posição.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  31. Bia, nem todas as manifestações têm respaldo legal. Muitas são feitas com esse conhecimento e objetivos outros. Sou a favor da tentativa de diálogo como medida preliminar de toda e qualquer reivindicação.
    E você está certa, permanecendo fiel aos seus princípios. Houve um tempo que convivi de perto com essas manifestações e percebia, claramente, por contato com os representantes, que a razão primeira delas era provocar tumulto. Não digo que a referida por você o buscasse. Mas onde se almeja atendimento de direitos, existem dois lados, sempre. E cada indivíduo pode e deve exercer o seu, no sentido de anuir ou não ao aparente interesse geral. Digo aparente porque, como mencionou, alguns estão ali por não terem coragem de assumir um "não". bjs.

    ResponderExcluir
  32. Oii Bia eu não sabia que estava chegando o "desapego" por coincidência hj despachei 4 livros p uma tia avó que mora em Minas e que ama leitura, a danadinha está firme com seus 82 anos, não conheço ninguém que tenha lido tanto qto ela rsrsr

    Bia vc está no seu direito de não aderir ao que não acredita, não ligue p as criticas, democracia é isso mesmo! Bjooossss

    ResponderExcluir
  33. Olá Bia.
    Penso da mesma forma e também agiria assim, nunca fui adepta a manifestos e sempre impus o meu direito de escolha, já fui muito tachada em vários tipos de comentários. Afinal o poder de decisão do que você vai fazer é seu e de mais ninguém. isso é atitude.
    Boa quarta feira. Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Também não gosto de político. Fiquei decepcionado depois de tantos podres que os políticos provocam (principalmente em Brasília). Gostei da frase do Millor: "Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim". É a pura verdade.

    ResponderExcluir

  35. Olá Bia,

    Respeito é fundamental em qualquer seara, principalmente para que a democracia seja exercida com sucesso.
    Eu tomaria a mesma decisão. Se você não gosta de se envolver neste tipo de movimento e ainda o achava inoportuno, por que deveria ser 'obrigada' a participar dele? Seria incoerente. Mas esta reação é comum, infelizmente. Fala-se em democracia, mas não se tem maturidade para exercê-la.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  36. Oi Bia, sou uma pessoa totalmente desequilibrada quando falo em politica.
    Detesto, sob todos os aspectos. mas não perco uma noticia, não deixo de ler tudo o que vejo pela frente realacionado ao assunto.
    Portanto, por estar sempre bem informada, sou uma inconformada, tenho nojo de politicos e queria uma reforma radical, tipo passar o facão por baixo, mas sei que isso é um sonho apenas.
    Bom, eu ia passar por aqui apenas para deixar um grande abraço e votos de uma Feliz Páscoa.
    E é assim que vai ser, fique com um beijo bem estalado e que sua Páscoa tenha chocolate, mas tenha também esperança e muito amor.
    beijos querida, um dia falaremos sobre politica, essa nojeira...

    ResponderExcluir
  37. Desejo a você e sua família uma feliz Páscoa que Deus esteja sempre presente em seu lar!

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir

  38. Que, na Páscoa, nossa fé seja revigorada pela
    certeza de que Cristo ressuscitou e está entre nós.
    O sentimento de Páscoa não termina,
    ele sinaliza um novo começo da primavera
    e a vida marca nossa amizade.
    Feliz Páscoa Deus abençoe
    tremendamente sua vida.
    Beijos na alma carinhos no coração.
    Evanir..

    ResponderExcluir
  39. Olá Bia.
    Deixando meu carinho nesta pascoa.
    A você e sua família uma páscoa de muito amor, saúde, paz e renovação. Meu abraço de feliz páscoa.

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde, Bia. Entendo o seu pensamento, que cada um tem o direito de expressar-se ou não, denominando a isso uma verdadeira democracia.
    A incoerência acontece em vários aspectos, a falta de respeito e liberdade ao pensamento livre.
    É como quando precisamos votar, por exemplo na época de eleição.
    Democracia, é ter o direito de escolher ou não se queremos votar em algum candidato, não sermos obrigados a votar, ao comparecimento contrário à nossa vontade sujeito à penalidades.
    Assim foi com você, sofreu as penalidades da desaprovação de suas colegas, como se você fosse obrigada a fazer uso de algo que você não queria.
    Ter liberdade de expressão é importante demais.
    Tenha uma Páscoa de paz e beijos na alma.

    ResponderExcluir
  41. Liberdade de expressão.. Algo muitíssimo complicado.

    Feliz páscoa e obrigada pelo comentário (:

    ResponderExcluir
  42. Temos sempre que lutar pelos nossos direitos. E lutar, sobretudo, pela democracia e liberdade de opinião. Legal seu relato. Me lembrei que por aqui acontece quase o mesmo.

    Beijos,SPIDERWEBS

    ResponderExcluir
  43. Páscoa é ajudar mais gente a ser gente, é viver em constante libertação, é crer na vida que vence a morte. Páscoa é renascimento, é recomeço, é uma nova chance para melhorarmos as coisas que não gostamos em nós.Deus abençoe vc e toda sua família.

    ResponderExcluir
  44. Bia, infelizmente, o brasileiro ignora e até distorce sobre o que representa a democracia. A nossa democracia, se comparada a outras, é muito jovem ainda. Talvez por isso se mostre tão imatura. Mas estou de acordo com suas observações nesse texto. Tenha uma feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
  45. Olá, querida Bia
    Sou professora aposentada da rede pública estadual e municipal...
    To lutando por direito adquirido que é uma baita soma e nada...
    Tudo é muito difícil no Magistério mas optei pela vocação e não me arrependo...
    Vi manifestações no ano passado em frente à Prefeitura de Niterói no RJ... nunca fui a nenhuma quando estava na ativa... repudio todo e qualquer tipo de vandalismo ou tumulto ainda mais os infundados...
    É pena que tenhamos que recorrer a esse tipo de manifestação para solucionar um problema que não tem fim pois não acreditam e invetem na educação...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.