segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Copos

imagem by freepik

"Copos não se quebram de propósito. Quando entramos em restaurantes ou em nossas casas, tomamos cuidado para que os copos não fiquem na beira da mesa. Nosso universo exige que tomemos cuidado para que os copos não caiam no chão.
Entretanto, ... , quando os quebramos sem querer, vemos que não era tão grave assim. O garçom diz 'não tem importância', e nunca na vida vi um copo quebrado ser incluído na conta de um restaurante. Quebrar copos faz parte da vida e não causamos qualquer dano a nós, ao restaurante, ou ao próximo."*

Esse foi o primeiro final de semana que fiquei sem postar em dois anos de blog. Eu diria que "quebrei o copo", mas acho que serei perdoada. ;)
Eu poderia discorrer longamente sobre esse trecho (que continua no livro), mas a vida real está movimentada por coisas boas, incluindo os estudos, e sinto-me em falta com quem tem me visitado. Agradeço e em breve estarei por aí, batendo na porta do seu blog.

E você, já "quebrou seu copo" hoje?


*trecho retirado do livro Nas margens do Rio Piedra sentei e chorei, de Paulo Coelho.


55 comentários:

  1. Oi Bia!
    Já os quebrei de verdade e também no sentido figurado
    Uma linda noite
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli, quem já não os quebrou (nos dois sentidos), não é mesmo? Um abraço!

      Excluir
  2. Eu nunca atentei pra isso de que os copos quebrados não são colocados na conta, nos restaurantes...

    Acho que já quebrei um bocado de copos na minha vida. Hoje? Acho que não, mas vou rever essa postura amanhã.

    Beijo, Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milene. Há a hora de deixar os copos bem limpos e arrumadinhos onde estão, e e há a hora de derrubá-los e ver se quicam ou se quebram. O importante é saber em que fase você está. Um abraço!

      Excluir
  3. Vc não tem do que ser perdoada, Bia. E adorei essa sua mensagem do copo, que por sinal, é apropriadíssima. Adorei o post e fico feliz que estejam acontecendo coisas boas. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio, obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  4. Comentei com um amigo que tinha perdido algo, mas disse que não adiantava chorar sobre o leite derramado e ele me disse que não precisava chorar, pois a vaca ainda está viva! Quando li seu post lembrei-me logo disso.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, ai Gilberto, adorei a tirada do seu amigo...já está incorporada ao meu repertório, com os devidos créditos. Cuidemos bem da vaca! Um abraço!

      Excluir
  5. Por vezes quebrar os copos é bom...Precisamos renovar,rs beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chicaaaa! você sempre me mostrando ângulos simples que eu não havia pensado, adorei! Um abraço!

      Excluir
  6. Oi Bia,quantas vezes já quebramos copos,isso é natural!
    Quando nos distanciamos do que gostamos de fazer,nos dá a impressão que quebramos o copo,mas pedimos desculpas e tudo fica resolvido.

    Como diz Paulo Coelho,quebra-se o copo,sem culpa e sem nos machucarmos.

    Gosto muito quando você visita o meu espaço.

    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.om

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmem! Distanciar-mo-nos do que, de quem gostamos é uma maneira de deixar o copo na beira...e em alguns casos ele deve mesmo ser cuidado. Um abraço!

      Excluir
  7. Se quebrei, ou, como. Não só copos como pratos. Bia, se nós não duramos para sempre, pq um simples copo teria q durar? Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eder! Gostei do seu pensamento, "não só copos, como pratos"...é isso. E a vida segue. Às vezes só o copo não é o suficiente. Um abraço!

      Excluir
  8. Oi Bia

    Hoje acho que ainda não, mas quebro tantos sempre, e o dia está apenas começando rsrs

    Quanto a você ter "quebrado o copo" neste final de semana, tem todo perdão, você tem crédito, aliás muito crédito, 'salva tantas copos" que quebrar um ou outro não quer dizer nadinha.

    Estou feliz por você em ler sobre as coisas boas da vida real.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Van! Muito obrigada por seu carinho, eu gostaria de ser a própria "rede de proteção" para copos alheios, hahaha... mas aprendi que nunca podemos nos descuidar do nosso próprio copo, tenho me empenhado nisso, estar bem para fazer bem ao outro. Um abraço!

      Excluir
  9. kkkk literalmente hoje quebre dois copos, gostei do texto e concordo não foi tão grave assim....bjs e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia, hahaha, que coincidência! Desde que não cortem ninguém, nunca é mesmo tão grave assim...um abraço!

      Excluir
  10. Oi Bia,
    boa tarde,
    eu não quebro copos, eu sou muito cuidadoso!
    (ninguém aqui vai dizer o contrário, porque ninguém me conhece) kkkkkk

    Ah, e se vc quer bater na porta,
    vc é bem-vinda!
    minha porta está sempre aberta! =D

    Desejo-lhe uma semana cheia de alegrias
    um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ariel, sempre espirituoso, hahaha... quem irá contradizê-lo? Baterei em sua porta em breve. Um abraço!

      Excluir
    2. Eu sou...
      Ariel "o espirituoso"
      me fizeste rir como louco! =D

      um abraço

      Excluir
  11. Oi Bia,

    Já quebrei e já fui um......

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sábia colocação, Vanessa...melhor quando ambos os casos estão protegidos. Um abraço!

      Excluir
  12. Quebrar copos faz parte da vida e realmente não é tão grave assim, embora sempre vai ficando copos de vários tipos. E prefiro que sejam quebrados em restaurantes, já que o difícil é catar os cacos.
    Quebre quantos copos quiser por aqui querida, vc tem créditos, ao menos de meia dúzia.
    Bjkas doces.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marly! essa mistura de copos pode ser bem interessante, quando bem explorada esteticamente e emocionalmente. Um abraço!

      Excluir
  13. Todos temos direito a pausas.... Aproveita! Um bj

    ResponderExcluir
  14. Olá, Bia.

    Já devo ter quebrado uns tantos conjuntos de copos. O importante é buscarmos cuidar para quebra-los cada vez menos, mas quando inevitáveis as quebras, não tardarmos na lamentação improdutiva.

    Um abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Antonio! Esse cuidado natural desenvolve-se com as experiências, mas não pode tornar-se medo excessivo. ótimas palavras...um abraço!

      Excluir
  15. Oi Bia,

    Já quebrei copos lavando louça, no restaurante e todos ficaram olhando... É normal que se quebre alguns copos de vidro. O que deve ser evitado de quebrar são os cristais de nossa vida.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nestor, sempre sensato em suas palavras...é curioso o costume que todos tem de olhar quando se quebra um copo. Talvez daí o cuidado, vem do medo de sentir vergonha.
      Lindo o que disse...tenho procurado estar muito atenta aos cuidados com os cristais da minha vida.
      Um abraço!

      Excluir
  16. Sim, eu os quebro. Mas nunca quando ainda contêm vinho...
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo Rodolfo, estou contigo. Um abraço!

      Excluir
  17. Oiii Bia, adorei sua comparação com o copo, achei que ia ler um outro texto quando cliquei em continue lendo kkkkkk está perdoadíssima, não se preocupe, até por que eu nem tenho regras p postar, raramente posto em finais de semana, quem sou eu p te repreender kkkkkk Bjinhosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kellen, hahaha, ficou surpresa? Fiquei curiosa para saber o que pensou! Eu tenho esse costume de ser muito "certinha" em meus compromissos, será uma qualidade ou um defeito? Um abraço!

      Excluir
  18. Bia, eu tambem resolvi quebrar uns copos, alias, dá sorte!

    Sobre o que me disse no Blogzoom (ahhh, como gosto do que pensa, sempre me entende!), transcrevo: Bia,

    "Eu sou como aquela plantinha altamente sensível ao toque e que se fecha rapidamente. Depois do que vivenciei numa relação conjugal monstruosa, tenho muita dificuldade de me abrir de verdade. É o medo dos dois: abuso e decepção."

    Beijos
    sua gêmea de coração,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym, fadinhaaaa amadaaaa!
      Sobre sua resposta ao meu comentário, uma vez escrevi sobre essa plantinha, chama-se maria-fecha-a-porta...mas não esqueça que ela sempre se abre ao raiar do dia. ;) Há algo muito bom guardado pra você, tenho certeza disso.
      Um abraço, minha irmã de alma!

      Excluir
  19. Olá!Bom dia
    Bia
    ..."Quebre este copo, por favor "... Existem muitas razões para que isso aconteça e muitas atitudes a se tomar.Depois de quebrar um copo que despertou o meu pior, encontrei alguém capaz de quebrar um copo para despertar o meu melhor. E sei que esse alguém só apareceu, porque eu já tinha passado pelo pior. Faz parte. Hoje sou melhor, e posso ser melhor ainda. Mas só o fato de reconhecer e enfrentar, já faz uma baita diferença....pois quando nos vemos diante do nosso pior, das nossas maiores dores, dos nossos maiores medos, é possível crescer. A existência trabalha a nosso favor e sempre encontra uma maneira de nos fazer evoluir. Mas caminhamos lado a lado com o nosso livre arbítrio, e é possível fugir da dor. O mais fácil, porém, nem sempre trás as melhores recompensas.
    Mas existem também aqueles que enfrentam essa dor. Enfrentam o seu pior, com coragem e fé no amanhã e um alívio muito grande quando somos capazes de reconhecermos que a dor foi necessária...bora quebrar mais copos,então...
    ...também,estou aumentando o prazo de minhas postagens.Eram diárias, já fui para dois e agora estou em três dias. Faz parte!
    ...que bom que gostou do meu cantinho de deleite e rascunho virtual.Fico lá quietinho, também!
    E finalmente, quebrar copo , segundo a superstição popular, que a pessoa que quebrou o copo terá boa sorte, ou seja, que algo de bom vai acontecer em sua vida, então,continue quebrando copos para que a vida real continue movimentada por coisas boas( incluindo os estudos)...
    Obrigado
    Belos dias
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis. Sua citação me fez pensar que já leu o livro...Faz muito sentido o que disse. Nossas piores experiências não valeriam de nada se não pudéssemos ajudar outros a quebrarem seus próprios copos também. É inegável que crescemos diante da dor, sabemos disso, mas só quando nos permitimos enfrentar esse momento de juntar os cacos e descartá-los para que o novo entre.
      Penso que espaçar as postagens é necessário quando se está sacrificando a vida real.
      Que você tenha uma coleção de copos para brindar e em alguns casos, para quebrar.
      Um abraço!

      Excluir
  20. Ah sim, Bia, eu já quebrei alguns copos sim, às vezes a vida é tão corrida que damos uns furos, mas não propositais. Lindo texto! Desejo-te um lindo final de semana. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Barbie! Eu já dei vários furos na vida, hahaha, então sempre procuro me policiar. Um abraço!

      Excluir
  21. Bia, querida, eu já quebrei copos, sim !Certa vez convidei umas amigas para quebrarmos copos atirando-os numa parede, isso para concretizar tudo que queríamos jogar fora (coisas ruins)e assim iniciarmos um ano novo só com coisas boas... Foi super legal!!rsrs. Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vilma! Seu comentário me fez lembrar que uma vez comentei com minha mãe que tinha vontade de atirar algo na parede e ela me reprimiu severamente, hahaha. Legal esse ritual libertador e coletivo...deve ter transformado sentimentos ruins em um dia divertido, o que nos impulsiona à frente. Um abraço!

      Excluir
  22. Bia,confesso que já quebrei muitos copos na vida!E alguns que não deu pra repor,mas faz parte do aprendizado!...rss...adorei a sua analogia e tb ando atarefada e um pouco atrasada pra visitar os amigos.Bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anne! Os que não foram repostos naturalmente eram os que precisavam ser substituídos ou ainda, que mereciam ficar na lembrança como são. Um abraço!

      Excluir
  23. Bia,

    Fiquei com os dias tão corridos e as semanas passaram tão rápido que faz um tempinho que não retribuo sua visita ao meu blog. Desculpas. Mas aqui estou pra te deixar um beijo e desejar uma lindo final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Correria é palavra de ordem nos dias de hoje, ainda bem que sobra espaço para a doçura...obrigada por ter vindo, um abraço!

      Excluir
  24. Oi Bia,
    Acho que eu ando precisando quebrar uns copos,rs.
    Adorei a analogia e também ando em falta com as visitas,inclusive não estive aqui no niver do blog.Acabei de ler o texto e mais uma vez te digo,adoro como você expõe o que pensa,sempre me encontro em uma linha ou outra.
    Sucesso sempre!
    abraço =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su! Quebre mesmo, sem dó...se é isso que seu coração está soprando, é o melhor.
      Obrigada pelo carinho em relação ao aniversário do blog, sem a visita dos parceiros o blog não teria o mesmo sentido. Crescemos juntas.
      Um abraço!

      Excluir
  25. Excelente, Bia!
    De vez em quando quebro copos, sim, mas a Dona Culpa me persegue. Tenho mania de querer deixar tudo bonitinho, impecável... Detesto ficar devendo aos amigos tbm. Mas às vezes o período sabático é necessário.

    Olha, passei pra dizer que fiz a TAG do 12 livros, quando puder, sem pressão, confere lá no IMD.
    http://patymichele.blogspot.com.br/2013/08/12-livros-em-12-meses.html
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paty! Dona Culpa também é minha "vizinha" e bate na porta nos momentos mais inapropriados...mas eu já aprendi a colocá-la no seu devido lugar! :D
      Conferi a tag, obrigada por aceitá-la.
      Um abraço!

      Excluir
  26. Quebramos copos, pratos e muitas outras coisas. Só não podemos quebrar nossos ideais , nossa força de vontade, nosso ânimo. E seja qual for o material feito em pedaços, merecemos todos o perdão por nossos involuntários atos. Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Já quebrei bandejas inteiras rss mas tenho minhas mãos e faço em forma de cuia ,assim continuo a "beber" as coisas boas da vida.
    beijão

    ResponderExcluir
  28. Oi Bia!

    Tudo bem?
    Há duas semanas a esta parte, acho que tenho a quebrar alguns copos também. Manter 3 blogs activos e ser colaboradora noutros dois, ainda responder aos comentários e visitar os amigos, às vezes é complicado...
    Mas vou-me organizar, para não partir mais copos!

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. - Quebras copos é tão bom quanto
    beijar sereias, tocar estrelas...

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.