domingo, 22 de setembro de 2013

Quantos?

imagem by freepik

Sou aquele tipo de pessoa que gosta de ouvir o outro, seus dilemas, conhecimentos, ponto de vista... Costumo escrever mais do que falar. E por falar em "mais", estive pensando em como essa coisa da quantidade é valorizada no mundo atual, parece que tudo pode ser contabilizado...até os textos, comparativamente, são muito mais lidos quando são menores.
É verdade que vez por outra gosto de assuntar com quem chega por aqui e explorar a generosidade dos parceiros que sempre deixam suas enriquecedoras partilhas.
Como até novembro farei postagens quinzenais, deixo algumas perguntas numeradas, baseadas não só em  minhas experiências, mas sobretudo nas experiências colhidas através de observação e conversas com amigos. O leitor pode escolher uma ou mais questões, e pode citar somente o número, para expôr sua teoria sobre o assunto. Só não vale usar a evasiva palavra "depende"... Ficou difícil? hahaha
E se quiserem deixar alguma pergunta, farei o possível para responder...sem usar o "depende", hahaha.
Atiçando as ideias...

1 - Quantos sonhos precisam de asas para se conquistar uma realidade?
2 - Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço?
3 - Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?
4 - Quantas doçuras são necessárias para neutralizar uma amargura?
5 - Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?
6 - Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?
7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
8 - Com quantos paus se faz uma canoa?
9 - Quantos desânimos são curados com um sorriso?
10 - Quantas andorinhas são necessárias para fazer um verão?


Obs: lembrando, como já mencionei no post anterior, que estou buscando um meio de realizar a premiação do aniversário do blog sem fazer sorteio, que atualmente está proibido por Lei sem que haja um registro e o pagamento de uma taxa. 



79 comentários:

  1. Vou responder algumas:

    Nº 3:
    Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?

    Uma injustiça dói tanto que pode levar um tempão até que aceitemos a justiça. Eu como advogada que fui, detesto injustiças e isso marca profundamente.

    Nº 5:
    Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?

    Uma só alegria, por pequeninha que seja, tipo um sorriso de criança ou do amado, podem mudar a fisionomia...Pra muiiiiito melhor!

    Nº 6:
    Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?

    Depeeeeeeeeeeeeende do dia e da vontade de comer,rs E, claro, do cupcakes também. Se for ruim, uma mordida basta e ainda saio cuspindo,rs



    Deixo essas! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica! Não sabia que havia sido advogada... injustiças doem mesmo, por isso é preciso pesar bem os lados da questão, porque a injustiça de um pode ser a justiça do outro...
      É verdade, sou como você, uma alegriazinha à toa desmancha qualquer ruga!!!
      Quanto à resposta 6, hahaha, é verdade, se for ruim a gulodice passa logo, logo.
      Um abraço, obrigada pelas respostas!

      Excluir
  2. Oi Bia, andei meio sumida..estou tentando voltar, e vim aqui te fazer uma visitinha.

    Hoje não escolherei nenhuma das perguntas acima, pela simples razão de que pra todas eu iria usar um "depende"...rs...mas quero voltar e mais solta fazer a escolha.

    Por hoje deixo um abraço, meu carinho e agradecimento pela visita ao Rabiscos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Majoli! pelo que li em seu blog voltou para florir nessa primavera, que encontre só coisas boas em seu caminhos. Quando quiser voltar para responder será bem vinda, pontos de vista sempre me acrescentam! Um abraço!

      Excluir
  3. Só perguntas difíceis, Bia!
    2: só a sua.
    Bjos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Val! Sucinta e perfeita: só a minha. É verdade. Vivo falando pros meus alunos que eu posso fazer qualquer coisa para ensinar, mas força de vontade é algo que não se pode fazer/sentir pelo outro. Adorei! Um abraço!

      Excluir
  4. Bia,
    Eu sempre me expressei melhor escrevendo do que falando também, rs. Acho que no escrever há menos erros do que no falar.
    Notei lá no MMF isso que você disse, realmente as pessoas tendem a ler o texto inteiro quando ele é mais curto, rs... Mas isso não nos limita, acho isso ótimo!

    Respondendo à pergunta de número 5, eu digo: Alegrias mesmo das menores, quando verdadeiras e bem vivenciadas, são capazes de desfazer qualquer testa franzida! Ainda mais aquelas alegrias que a vida traz de forma espontânea! Eu por exemplo, posso estar nos meus piores momentos, mas sempre sorrio feito boba ao andar em meio a selva de pedra que é o centro de minha cidade e ver uma flor! Então, acredito que, a questão não seria quantas alegrias seriam necessárias para desfazer uma testa franzida, e sim, quantos olhares e pensamentos seríamos capazes de dirigir àquilo que poderia nos trazer alegrias?

    Um beijo querida.
    Uma semana repleta de inspiração e belezas, e é claro, alegrias!

    Jhosy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jhosy. Quando escrevemos organizamos melhor os pensamentos...acho que vem daí a facilidade na escrita. Tenho pavor de falar e ser mal compreendida.
      Até tento enxugar os textos mas não dá para suprimir o tamanho em detrimento do conteúdo.
      Quanto à sua resposta, "quantos olhares e pensamentos seríamos capazes de dirigir àquilo que poderia nos trazer alegrias" foi inesperada e brilhante! Tenho certeza de que, se muitas "testas franzidas" parassem para praticar sua resposta, haveriam muito menos rugas sendo cultivadas por aí. Não é a quantidade de alegrias, mas a disposição para observá-las.
      Obrigada pela partilha...um abraço!

      Excluir
  5. Olá!Boa noite
    Bia
    Bem, estou meio assim, mas eu vou "fazer" o q entendi, tá?hehehe
    8...Com quantos paus se faz uma canoa?
    Bem, como diria uma amiga minha , DEPENDE da paulada que se quer dar.Mas, por aqui já faz lembrar esta relação entre quantidade e impacto, e não tenha dúvida que os textos são muito mais lidos quando são menores.E eu estava pensando nisso, outro dia, já deixando de lado a generalização e o julgamento precipitado de que muitos tem preguiça de ler, por que senão estaria levando o ditado ao "pé da letra" e estaria dando um corretivo, "vc não quis ler o texto grande, então vou te mostrar com quantos paus se faz uma canoa", hehehe...mas, já pesquisei e descobri que não é propriamente o tamanho do texto e nem a tela eletrônica que desestimula a concentração e a leitura do leitor e o que ele pode depois reter na memória. Foi dito que a diferença está no ritual da leitura. Uma tela de um site/blog favorece leitura rápida e consultas ágeis, enquanto os textos longos são melhor aproveitados em suportes menos dinâmicos (papel ou tablet). Assim, espero que, logo teremos suportes para leitura que serão bem mais parecidos com o papel e o tipo de leitura será parecido com o que temos hoje com o livro ou o jornal impresso, tipo a tela do kindle [o leitor de e-books ).Que vc acha disso?Vc acha que nós , blogueiros ,devemos, então , atentar para o tamanho dessa postagem até aparecer essas novidades na nossa plataforma?
    E isso, que vc queria? Me fale depois!
    ...sim , conheço quase toda a obra do Paulo Leminski, gosto muito dele, tem um estilo que gostaria de ter.
    Agradeço
    Bela semana
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis!
      Adorei a resposta sobre a canoa, hahaha, apesar do depende muito bem colocado diga-se de passagem...
      Poxa, me deu uma aula sobre os motivos prováveis que levam leitores de blog preferirem textos curtos...Acho que a explicação faz sentido e confesso que, embora já tenha comprado livros no formato e-book, tenho uma certa dificuldade para lê-los e ainda prefiro os de papel, mas não estendo isso aos textos de blog. Há textos que precisam ser longos para que o fundamento seja concluído e evite-se o famoso erro de interpretação que acontece com textos suprimidos.
      Mas aprendi a pensar as palavras de forma a não sobrecarregar o texto com palavras desnecessárias.
      Já li textos excelentes tanto em duas linhas como em uma longa barra de rolagem. Mas é fato que nem todos tem essa disposição para a leitura.
      A proposta era essa mesma, responder uma pergunta e se desejasse, deixasse outra. Espero ter respondido a contento e agradeço suas colocações.
      Um abraço!

      Excluir
    2. Olá!Bom dia
      Bia
      não sei se vc sabe...não costumo ler comentários anteriores ao meu, à não ser que façam parte da postagem,como é esse caso,e lógico, li até os posteriores ao meu, dessa vez, hehehe .Ficou uma bela postagem "interativa", muito bom esse formato...gostei!
      é , viu? Paulo Leminski para vc!
      Agradeço pelo carinho
      Belos dias
      Beijos

      Excluir
    3. Agradeço também pelo carinho e mais uma vez por ter compartilhado minha sugestão de Paulo Leminski! :D
      Um abraço!

      Excluir
    4. Olá!Boa noite
      Bia
      agradeço,obrigado, e desejo de um belo domingo!Paz e luz!
      Beijos

      Excluir
  6. Olá! Confesso que já pequi por acreditar nos números, apenas, mas agora estou dando mais valor ao um, indivisível, ser, eu, você! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ives, sábia atitude dar valor ao um, porque só se valorizando é possível buscar a felicidade e por conseguinte fazer o outro feliz. Um abraço!

      Excluir
  7. Oi, Bia!
    Talvez eu respondesse à todas as questões com um único argumento. Não sei se é a quantidade que traz a satisfação que precisamos para acrescentar alguma qualidade à nossa vida. Acho que precisamos se mais constantes, ter foco e evitar os altos e baixos que nos causam tanto transtornos psíquicos.
    A tendência social de ser mais egoísta e individualista é resposta dada às interferências negativas que recebemos no nosso dia a dia e que fogem do nosso controle causadas por outroas pessoas. Também não podemos não nos envolvermos quando os nossos sentimentos são aguçados.
    Desde que o mundo é mundo, ele é dividido em clãs e por isso, se o nosso olhar se resumir a satisfazer apenas um núcleo não nos sentiríamos tão impotentes.
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luma! Perfeita colocação, ainda hoje, voltando de minha caminhada, pensei na importância de manter o foco nos estudos e tem razão, o foco permite o equilíbrio e vence o cansaço.
      Essa questão do individualismo é complicada, porque em algumas questões precisamos voltar os olhos para nossas necessidades ou sentimentos, caso contrário passamos uma vida vivendo para os outros e esquecemos o que nos faz feliz. O envolvimento e a generosidade precisam dar também espaço ao eu.
      Adorei sua resposta repleta de filosofia.
      Um abraço!

      Excluir
    2. Dois sentimentos contraditórios: Generosidade e egoísmo! Se eles existem são para serem usados! :) Com equilíbrio e parcimônia. Quem é muito generoso, sofre! Quem é muito egoísta também sofre!
      Beijus,

      Excluir
    3. É verdade... já diz o velho ditado, "nem tanto ao mar, nem tanto à terra". Um abraço!

      Excluir
  8. Olá Bia,

    Várias questões não merecem ser apontadas em termos numéricos, mas em qualidade, e outras 'dependem' muito da maneira de ser de cada pessoa.
    A 3 me chamou a atenção por referir-se à justiça. Creio que um ato de injustiça não pode ser compensado por nenhum ato de justiça, que é que todos esperam. A pessoa injustiçada fica marcada em seus sentimentos para sempre, penso eu, pois a injustiça provoca dor na alma. Embora possa e deva ser perdoada, não será esquecida ou compensada de qualquer forma.
    Já doçuras (4), alegrias(5) e sorrisos (9), são, por si só, curadores. Ou pelo menos, lenitivos em momentos de amargura, tristeza ou desânimo. Uma simples e sincera dose destes ingredientes já fazer o coração bater em ritmo diferenciado. E testa franzida, no meu caso, desfaz-se facilmente diante da simples presença de meus adoráveis e pequeninos sobrinhos.

    Feliz e alegre Primavera.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera! Qualidade geralmente supera quantidade, com certeza...
      Penso que a injustiça dói, mas o perdão e a mudança de atitude é capaz de redimi-la, pelo menos pra mim é assim, principalmente quando originou-se de pequenas injustiças alheias. Há pessoas que praticamente nos "forçam" ao injusto, quando não fazem o mínimo esforço para serem justas.
      Eu sou extremamente suscetível a doçuras, alegrias e sorrisos, qualquer desses ingredientes me desmonta completamente seja quais forem as circunstâncias. Também tenho sobrinhos liiindos que sempre trazem luz quando estão por perto (somos duas tias-coruja, hahaha).
      Um abraço!

      Excluir
  9. Oi Bia,
    boa tarde,
    são questões com mais de uma resposta,
    e eu não sou bom para perguntas,
    estou em dívida comtigo. =(

    Desejo-lhe uma linda semana
    um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ariel, dívida imperdoável, hahaha... eu não sou boa para adivinhar charadas tipo "o que é, o que é", hahaha. Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  10. Nossa amiga como tu é má...kkkkkkkkkkkkk.Quantas perguntas difíceis.... Mas vamos lá.
    Vou colocar já as respostas:

    1- Todos meus sonhos precisam de asas... não costumo sonhar pequeno e valorizo todos meus sonhos e para grandes vôos preciso de asas...kkkkk

    2- Todo ato de justiça é bem vindo, a injustiça sim não deveria existir e machuca tanto.

    7- Amiga, meio abraço, já cura qualquer coisa, quanto mais um abraço forte, quente e cheio de carinho! Coisa maravilhosa.

    Bom, espero que gostes das minhas respostas, usei de toda franqueza.
    Bjusssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nádia! Vamos lá...
      1 - Eu também não sonho pequeno... eu sempre sonhava que via um avião caindo e pesquisando descobri que significavam que eu estava sonhando alto demais, hahaha, vê se pode? Desejo que tenha longas e fortes asas para sonhar muito (e realizar)!

      2 - Justiça é mesmo bem vinda mas poucos tem discernimento para praticá-la... em geral o conceito de injustiça é "aquilo que não é bom pra mim", sem analisar as circunstâncias;

      7 - Seja quantos abraços forem, abraço bem dado, com entrega, sempre é maravilhoso!

      Adorei suas respostas, um abraço!

      Excluir
  11. Para 1/3/10, eu diria "nenhum". Os sonhos não precisam de asas, ou passaríamos toda a vida em devaneios. Requerem atos, para se tornarem realidade. Uma injustiça não será compensada por comportamentos dignos antes adotados. As estações do ano seguem seu caminhos independente de nossa vontade. Para se fazer o verão basta ter calor.
    Excetuando a canoa, e os que antes mencionei, todas as outras questões mereceriam a resposta "um", bem verdadeiro. Grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene! Puxa, uma resposta sucinta e racional... sabe, escolhendo recentemente entre dois cargos num concurso, fiquei dividida entre um emocional e outro racional... ler seu comentário me fez pensar que escolhi certo quando optei pelo primeiro. Ainda preciso de asas... ainda sou a andorinha que acredita ingenuamente que é capaz de fazer um verão... mas admiro muito quem encontra na razão respostas tão contundentes.
      Claro que sei de sua sensibilidade ímpar refletida na resposta subsequente e adorei que tenha me levado a pensar sobre mim mesma.
      Um abraço!

      Excluir
  12. Quem tem o habito de ler, com certeza presta atenção ao que escrevemos seja um texto grande ou não. Existe muita gente sem noção se não quer ler veja alguns comentários é uma dica, e opine mais ou menos no mesmo sentido. Fica menos feio, outro dia entrei em um blog em que a pessoa contava como foi a morte da irmã e que iria se afastar um tempo para se recuperar. Uma blogueira até conhecida rsrsr, escreveu em baixo...."que texto maravilhoso, nunca li algo tão edificante, fiquei feliz e vou seguir os conselhos??";
    Alô....que conselho, terra chamando marte kkkkkkkkkkkkkk

    Agora as respostas to aqui queimando neurônios vamos lá:


    1 - Quantos sonhos precisam de asas para se conquistar uma realidade?
    R: Não sei kkkk

    2 - Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço?
    R: Vixe ...depende é o cansaço físico ou mental? Se for físico só a nossa, se for mental ai complica mais, pq as vezes temos que nos afastar de alguém para ficarmos bem.

    3 - Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?
    R: Essa é uma das mais difíceis, depende, se for a injustiçada ou quem praticou a injustiça, é para reparar o erro ou aliviar a consciência???

    4 - Quantas doçuras são necessárias para neutralizar uma amargura?
    R: Uma..

    5 - Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?
    R: Depende do humor e do que fizeram para que franzisse a testa.

    6 - Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?
    R: No meu caso se for só o cupcakes uns 4, se tiver comido algo antes um.

    7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
    R: Um ....mas bem demorado.

    8 - Com quantos paus se faz uma canoa?
    R: kkkkk uma tora grande dá pra fazer uma excelente canoa

    9 - Quantos desânimos são curados com um sorriso?
    R: Se fosse hoje no meu caso nem 10 curariam.

    10 - Quantas andorinhas são necessárias para fazer um verão?
    R: Creio que pelo menos duas né não??? kkk


    Gostei do post, não sei se respondi bem......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia! Respostas prontas em textos grandes podem gerar situações no mínimo estranhas como a que citou. Hoje, quando o texto é grande e estou com pouco tempo, prefiro não comentar, e voltar com mais tempos.
      Patrícia, adorei suas respostas... na 3 usou a velha tática de devolver a pergunta, espertinhaaaa!
      A da canoa foi sensacional, nunca havia imaginado numa tora grande...hahaha.
      A 10 foi aquela resposta óbvia que eu não havia pensado, hahaha.
      Mas confesso que fiquei um pouco triste com sua resposta 09...que desânimo é esse, mulher? Bola pra frente, anda com fé que a fé não costuma falhar...
      Muito obrigada pelas respostas, um abraço!

      Excluir
  13. Olá Bia,

    Muito interessante o desafio.
    Vou participar e responder.
    Veremos o que o meu coração diz...

    1 - Quantos sonhos precisam de asas para se conquistar uma realidade?

    R. Todos os sonhos que sonhamos e almejamos concretizar, precisam de asas para se materializarem.

    2 - Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço?

    R. Para vencer um cansaço, basta ter uma força de vontade, aliada à paciência e à esperança.

    3 - Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?

    R. Um, que se denomina de Perdão.

    4 - Quantas doçuras são necessárias para neutralizar uma amargura?

    R. Para mim, basta uma, desde que essa doçura tenha o ingrediente do Amor.

    5 - Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?

    R. Uma também, se esta alegria for um acto sincero.

    6 - Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?

    R. Não sei, porque nunca comi cupcake. Mas acho que um chega.

    7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?

    R. Para aliviar uma saudade, preciso mais do que abraços. Preciso estar um tempo perto da pessoa ouvindo o que ela tem para dizer-me.

    8 - Com quantos paus se faz uma canoa?

    R. Um é o bastante, penso. Bem trabalhado fico óptimo.

    9 - Quantos desânimos são curados com um sorriso?

    R. Todos, um sorriso de um filho cura todos os desânimos.

    10 - Quantas andorinhas são necessárias para fazer um verão?

    R. Basta duas, uma macho e uma fêmea. Elas encontram-se, apaixonam-se e sonham acordadas planejando a criação da sua família. De seguida amam-se e amam-se, cheias de amor verdadeiro, constróem um ninho e têm os seus filhinhos.

    Espero que gostes das respostas. :)

    Beijos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, suas respostas foram tão sensíveis e profundas que não cabe mais nenhuma colocação aqui. Seu coração não só disse, como disse muito bem. A resposta 7, sobre a saudade, me fez pensar que tens toda a razão e que eu não havia pensado por esse lado.
      Um abraço, e obrigada pelas emoção nas respostas.

      Excluir
  14. Eu não posso usar o "depende" nenhuma vez? hahahaa
    Brincadeiras a parte, Bia: (1) se a realidade for uma viagem, 1 (planejamento bem elaborado); (4) se a amargura for de um relacionamento, 3 (insistência, paciência e compreensão) e a (8) fiquei curiosa pra saber, acho que vou perguntar ao meu pai que é carpinteiro... hahaaa abraços e linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Barbie, o depende é muito evasivo, ahaha... é verdade, dependendo da viagem, planejamento faz-se necessário. Mas há também viagens maravilhosas feitas "no susto", hahaha. Insistência, paciência, compreensão...aprendi a desenvolver e hoje acho que fazem milagres. Sobre a resposta 8, estou esperando a resposta do seu pai, hahaha. Um abraço!

      Excluir
  15. Oi Bia,
    A gente se parece em algumas coisas,eu também ouço mais do que falo e gosto muito de ouvir a história das pessoas e quando posso sempre ajudo.
    Adorei as perguntas.
    Fiquei pensando em qual responder,mas a 5 faz parte demais do meu momento atual,então vamos lá!rs
    Sabe quando você tá com raiva ou triste,com algum problema na cabeça que não consegue resolver,aí você escuta um riso de bebê e como que uma mágica tudo isso sai da cabeça?É assim que eu tenho vivido,meu sobrinho tem 5 meses,está morando aqui em casa e desde que ele chegou a vida é outra.Não há nada que resista aquele sorriso lindo,alto que faz a gente dar gargalhadas junto.E ainda por cima já tem 2 dentinhos na boca,quer coisa mais fofa?!Pra mim não tem,rs.
    #tiacorujaassumida rsrs
    beijoo =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su! Tem toda a razão, crianças são uma bênção instantânea para curar desânimos ou tristezas, principalmente nessa fase, em que estão fazendo mil e uma gracinhas (até 1 ano de idade dá para perder horas observando-as)... meus sobrinhos já passaram dessa fase (um tem 8 e a outra fará 4) mas são dois docinhos, continuo dando muitas risadas com eles.
      Não compreendo como há gente que não gosta de crianças...
      Um abraço!

      Excluir
  16. Oi Bia,

    Vamos lá......

    1 - Todos que forem a Extensão de você...

    2 - Somente a nossa...

    3 - Todos...

    4 - Só a do coraçao é necessária...

    5 - A alegria por si só, desfaz qualquer desconfiança...

    6 - No meu caso 2..........kkkkkkkkkk

    7 - Apenas um, mas que seja bem apertado...

    8 - Muitos........e que seja de boa qualidade...

    9 - Sorrir é um remédio gratuito, um sorriso (Pra Mim) é o antidoto necessário para neutralizar diversos tipos de "venenos"...

    10 - A música já diz, "Uma andorinha voando sozinha nao faz verao"
    Adoro ver milhares delas no céu, parece que estao sempre contentes...rs

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! Olha que finalmente alguém contou de quantos cupcakes precisa, hahaha... tem uns que vendem na capital aqui perto num shopping que eu vivo namorando, preciso comprar qualquer dia desses para satisfazer a minha gulodice, hahaha.
      Adorei suas respostas, pensa bem parecido comigo... não só as andorinhas, como os pássaros em geral, são sempre um encanto de serem observados. Um abraço!

      Excluir
  17. para aliviar uma saudade, um longo abraço com corações unidos. bjs

    http://50nuancesdecinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeanne...com corações colados, um sentindo a batida do outro...tão bom! Um abraço!

      Excluir
  18. Oi Bia
    Gostei da reflexão dessa semana. Essa questão do tamanho do texto eu já observei e tbm procuro ser mais sucinta, pq virei especialista em detectar comentários de quem não lê o texto.

    Vamos lá:

    Pergunta 7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
    Não é a quantidade do abraço que alivia a saudade, mas sim a qualidade dele. Um abraço acolhedor, apertado, quente e demorado. Só assim mato a saudade.
    rsrs

    Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty! A questão do tamanho do texto é alvo de inúmeros posts que tenho lido. Percebo que às vezes usamos excessos de linguagem na escrita, mas às vezes corto pedaços interessantes para que o texto não fique longo... o interesse por ele acaba se perdendo no caminho.
      Abraço com qualidade = abraço dado com entrega, com o coração, com o sentimento emanando no toque e no calor do contato. Abraço bem dado é sempre bem vindo quando vem das pessoas queridas.
      Um abraço!

      Excluir
  19. Essa da injustiça, acho que nenhuma é compensada não. Me dói demais ver ou saber algum caso de injustiça, por ínfima que seja. Por que não há grande ou pequena injustiça, né? Há a própria, que não importando o tamanho, é feia e má.

    Gostei disso das perguntas, menina. Vai rolar muita resposta boa.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milene! Todas as atitudes prejudiciais como injustiça, desrespeito, preconceito, causam dor independente da dimensão... no caso da injustiça complicado é valiar até que ponto a injustiça não seria considerada justiça sob outro ponto de vista, ou para o outro lado da questão... penso ser uma das atitudes mais difíceis de serem acertadas para todos os lados, em alguns casos.
      Um abraço!

      Excluir
  20. 7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
    A saudade é a dor mais cruel que existe.Chico Buarque a descreve com maestria em "Pedaço de mim" principalmente quando quem amamos de verdade faz a "viagem".Quantos abraços ? Nenhum ,a saudade pra mim não tem cura, tem alento,analgésico,na música ,no cheiro ,no retrato ,nas lembranças.
    Bia,adorei sua ideia.
    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yasmine!
      Saudade de quem partir definitivamente deste plano realmente é incurável, até que saibamos como as coisas correm "do lado de lá".
      Há saudades de tempos idos que não voltam mais, ou pelo menos não nos mesmos moldes, o que pode ser bom também.
      Mas há saudades dos que podem regressar...essas não seriam curadas com a presença do outro?
      quantos tipos de saudade, né?
      Obrigada por estar aqui, um abraço!

      Excluir
  21. Bia,
    Por ora, fico-me pela questão 1.
    De forma sucinta, direi que qualquer sonho carece de asas. Estas, contudo, têm nome: vontade e determinação.
    (Um dia destes volto aqui para comentar mais)

    Beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Asas com nome de batismo... vontade e determinação é um dueto poderoso para a conquista de sonhos, bem respondido.
      Se quiser voltar será ótimo!
      Um abraço!

      Excluir
  22. Oi Bia
    Vou responder a primeira. Na minha opinião os sonhos não precisam de asas para se tornarem realidade, eles precisão de ação. Eu sou super a favor de sonhar, acho que se a pessoa parar de sonhar ela morre, mas tem que sonhar com os pés no chão. Não basta sonhar, tem que partir para ação. Nada cai do céu, nem vem voando com asas kkkk.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana, hahaha, tem razão...que os sonhos carecem de asas, sabemos, mas que as coisas não vem com asas, isso é fato!
      Ler seu comentário me fez pensar que o sonho é como o tempero da ação: sozinho não realiza nada, mas torna a ação muito mais saborosa.
      Um abraço!

      Excluir
  23. Olá,querida Bia
    Gostei muito!
    Respondi no meu blog e te passo o link amanhã (sai a meia noite)...
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  24. Eis o link que te disse e feito com muito carinho fraterno:

    http://www.espiritual-amizade.com.br/2013/09/entendimento.html

    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei suas respostas e mais ainda por saber que ajudou a levantar seu ânimo. Comentários como esse fazem as partilhas da vida de blogueiro valer a pena.
      Um abraço!

      Excluir
  25. Oiii Bia, vc postando quinzenalmente e eu semanalmente, o tempo anda curto né, então eu vou responder a 5 Quantas alegrias para desfazer uma testa franzida? No meu caso uma, basta meu marido dizer uma frase mais ou menos assim " Você já decidiu p onde vamos no próximo feriado? Desenrugo a testa na hora kkkk Bjinhosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kellen! Tenho alguns posts escritos para publicar, mas dividida entre concurso e blog quero ter tempo para visitar os amigos, daí a necessidade temporária de postagem mais distanciada (não sei se vou resistir, hahaha).
      Esperto seu marido, não? Minhas testas franzidas vão embora muito rápido, mas se eu ouvisse uma frase dessa da pessoa que amo certamente o sorriso tomaria conta de tudo rapidinho! Viajar é mesmo tudo de bom! Um abraço!

      Excluir
  26. Bia,

    Quantos?! Eu aguardo TODAS as respostas.
    Especialmente do numero um, visto que quero tanto começar um livro novo de uma vida nova.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym! E danada como é não contou suas respostas...
      Se eu pudesse enviaria pelo correio, endereçada para o Rio de Janeiro, uma caixinha com duas asas de grande envergadura para sonhar beeem alto e um par de botas resistentes para aterrizar quando chegar a hora de realizar seus sonhos.
      O seu livro novo será um best-seller, tenho certeza disso!
      Um abraço!

      Excluir
    2. Esta sua resposta ao meu comentario está salva. AMEI! :) sou só sorrisos.

      Excluir
  27. (lembrei de uma piadinha safada que
    meu irmão adorava contar
    -Na sala de aula, o professor pergunta à garota:
    — Dorotéia, você sabe com quantos paus se faz uma canoa?
    — Bom, canoa eu não sei, mas tenho uma amiga que com um só,
    conseguiu apartamento, casa e carro importado! )


    saio de fininho....rindo, rindo.

    Beij0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, Margoh, estou aqui a rir com seu pequeno causo, bem coisa de irmão, mesmo... e conheço tantas pessoas que pensam e agem assim...
      Um abraço!

      Excluir
  28. Bia,
    para cada situação poderá haverá oscilação entre "uma poção e/ou nenhuma".Caberá o sentir de cada um na proporção do acontecido ter sido superficial ou profundo...um sorriso muda um cenho franzido e até pode afagar um coração sofrido.
    Quantos aos sonhos, todos são alados, mas os melhores possuem trem de pouso.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Calu!
      Seu comentário me fez lembrar de um dia em que ofereci o lugar no ônibus para uma moça bem simples com uma criança no colo. Toquei seu ombro de leve e dei um sorriso... sua expressão sofrida, de quem não está acostumada com gentileza e sorrisos, mostrou uma mistura de espanto e alegria. Foi tão inesperado e emocionante que as outras pessoas também começaram a dar os lugares gentilmente para quem chegava. Sorrisos fazem milagres...
      Agora a frase sobre o sonho, guardarei comigo como relíquia, Calu. Desejo trens de pouso robustos para nós.
      Um abraço!

      Excluir
  29. Oi, Bia, adorei isso!
    Vou responder só a 5.
    Quantas alegrias? Uma só, bem de pertinho, com uma gargalhada bem gostosa e contagiante. Se for alegria de criança então, o poder é imediato!

    Uma ótima sexta!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clara, em sua resposta, #tamojunto. Um abraço!

      Excluir
  30. Muito prazer em conhecer o seu interessante cantinho!
    Respondendo à 9, basta um sorriso de alguém para que tudo mude na nossa cabeça.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisabete, seja sempre bem vinda! Sorriso aberto e sincero é tudo de bom...um abraço!

      Excluir
  31. Gosto de ler suas respostas aos comentários. Você entra fundo nas manifestações e mostra seu sentir, com transparência. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene... obrigada pelo seu carinho... intensidades e transparências me acompanham. Só ainda não descobri até que ponto isso é bom... um abraço!

      Excluir
  32. Só pergunta complicada. rs

    3- Nenhum. A injustiça sempre ficará marcada e jamais esquecida. Mas a justiça serve para aliviar. Mas precisa ser justiça de verdade.

    5- Uma alegria para tirar momentaneamente. Várias para tirar diariamente e infinitamente. Mas aí é mais difícil... rs bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio! A vida não é construída somente de alegrias, mas as que existem precisam ser valorizadas para que se tornem constantes. Um abraço!

      Excluir
  33. Bom dia minha linda..
    Que saudade!!
    Menina, que post lindo.. e os comentários estão maravilhosos..
    Estava lendo aqui rsrs
    Adorei as respostas..

    Vou tentar responder algumas... perguntinhas difíceis rssr

    1 - Quantos sonhos precisam de asas para se conquistar uma realidade?
    *Acredito que basta um sonho.. e se ele for aquilo que realmente buscamos então ele nos dará força para sempre alcançarmos nossos ideais..

    2 - Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço?
    *Muuuuuuuuuuuuuuuuita amiga!! srrsr
    Olha eu ando em uma fase que todos os dias preciso de muita força de vontade pra vencer a montanha de cansaço em que estou viu? srrs

    3 - Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?
    *Seria muito bonito dizer "UMA".. Um ato de justiça compensaria toda injustiça que muitas vezes sofremos.. mas às vezes ficamos tão feridos, e nos prendemos a essas amarguras, que mesmo muita coisa linda acontecendo ao nosso redor nos impede de esquecer o que aconteceu..


    5 - Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?
    *Essa é uma... rsrs Uma alegria ainda pela manhã, me faz ficar com um sorriso o dia todinho... então nada de testa franzida rsrs

    6 - Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?
    *Dois... com recheio de abacaxi... amo.. amo.. amo.. e cobertura de Chantilly... Oh perdição!!

    7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
    *Um bem gostoso.. tipo 10 minutos agarradinha.. sentindo o cheirinho gostoso do meu amor.. a saudade voa menina..


    Bia.. adorei..
    Um beijo minha linda.. e um sábado super lindo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sheila, como vai?
      Obrigada por estar aqui...
      É verdade... sonhos precisam de força e coragem para conquistá-los. Mas acredito que os verdadeiros tem uma forcinha do destino. Sobre o cansaço, vai ver que é coletivo, hahaha... ando por um fio.
      Gostei da sua resposta sobre a injustiça. Muitas vezes as pessoas se prendem ao que aconteceu e esquecem de tocar a vida, agradecer o que há de bom, as novas conquistas... pessoas que vivem lembrando e cobrando injustiças tornam-se amargas.
      A da alegria, ficou no ar, hahaha...
      Desse cupcake nunca experimentei, mas parece delicioso, hein? Gosto muito de abacaxi em recheios! :)
      Sobre a saudade, abraçar quem amamos é cura certa... até acontecer a próxima saudade, hahaha.
      Lindas respostas, Sheila, adorei! Um abraço!

      Excluir
  34. Olá, Bia.

    A maioria das respostas está no se conhecer, mergulhar na alma humana.

    Um bom fim de semana, bom finzinho de setembro e um outubro repleto de coisas boas.

    Um abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Apon! Talvez a resposta esteja aí, em se olhar, se conhecer mais... Ótimo outubro pra ti também. Um abraço!

      Excluir
  35. Minhas respostas!!!!

    1 - Quantos sonhos precisam de asas para se conquistar uma realidade?
    =Um sonho uma asa é o suficiente=
    2 - Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço?
    =Com fé pouca força já alivia=
    3 - Quantos atos de justiça compensam uma injustiça?
    =Momento para refletir=
    4 - Quantas doçuras são necessárias para neutralizar uma amargura?
    =Apenas uma doçura=
    5 - Quantas alegrias desfazem uma testa franzida?
    =Uma alegria bem grande=
    6 - Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice?
    =No meu caso uns par deles na gulodice=
    7 - Quantos abraços aliviam uma saudade?
    =Depende da saudade, mas um bem dado já é divino=
    8 - Com quantos paus se faz uma canoa?
    =Ai vai depender do amanho dela rsrsrsr=
    9 - Quantos desânimos são curados com um sorriso?
    =Pra mim só o da minha neta basta=
    10 - Quantas andorinhas são necessárias para fazer um verão?
    =O bando todo faz um belo verão

    Bjuss de bom final de semana !!!

    └──●► ¸.·*Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita!!! Sabe que quando estou muito cansada sempre tento me lembrar que a fé é o melhor antídoto para os desânimos.
      Sobre a canoa, faz todo o sentido, hahaha... sobre as andorinhas, um bando tem cheiro de verão mesmo.
      As outras respostas me revelaram o tamanho da sua simplicidade...com um de cada é capaz de ser muito feliz... qualidade rara de humildade.
      Um abraço!

      Excluir
  36. Gostei da ideia da postagem. Vou responder algumas:

    Quantas forças de vontade são necessárias para vencer um cansaço? Depende da pessoa, mas respondendo de forma pessoal: uma. Qual? O desejo de conquistar aquilo que eu almejo. Quando eu coloco um objetivo na minha vida, não há cansaço (olha que eu ando cansada) que me desanima.

    Quantos atos de justiça compensam uma injustiça? Nenhum. Um ato de justiça não justifica e nem compensa um ato de injustiça. Nem um ato de injustiça retira a beleza do ato que contemple a justiça. Detesto a tal injustiça. Talvez seja por isso que me tornei advogada.

    Quantas doçuras são necessárias para neutralizar uma amargura? Todas as doçuras verdadeiras são bem-vindas, mas eu acredito que um gesto de amor já ajuda muito.

    Quantos cupcakes satisfazem uma gulodice? Depende do dia, mas geralmente uns dois.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  37. Oi, Aline! Ótimas respostas e duas me chamaram especialmente a atenção: por experiências pessoais e por leituras que realizo por aí, não é uma garantia porque sempre há outros fatores envolvidos, mas acredito que manter o foco na vontade de realizar um sonho já é conquistá-lo em grande parte. Muitos não conquistam sonhos porque desistem deles.
    E com certeza, gestos de amor aliviam amarguras, saudades, testas franzidas, e por aí afora...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  38. Que perguntas difíceis apesar de tão imprescindíveis para a alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gilberto! A alma vai se alimentando de perguntas que sem sempre trazem respostas, até porque, mais do que respostas, a alma pede vivência. Mas tenho esse (mal ou bom?) costume de (me) questionar. Um abraço!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...