quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Memória

imagem by freepik

Disfarçando num abraço, sutilmente ela sentiu longamente seu cheiro para aprisionar na memória.
Percebeu, em uma alma outrora carregada de dor, frustração, desilusão e amargura, o brilho nos olhos e o frescor no sorriso que asseguravam de volta à sua casa interior a jovial alegria de viver.
Ficou feliz porque sabia ter colaborado para isso.
E atrapalhada como sempre, com medo de estragar tudo de novo, não se permitiu dizer algo tão simples e verdadeiro... "não importa o lugar. Eu quero estar onde você está. Isso é o que me fará feliz, e sobre isso repousam minhas escolhas".

Um comentário:

  1. sEMPRE LINDO TE LER! Demorei, pois estamos fora,,,beijiosmchica

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.