domingo, 29 de dezembro de 2013

Omelete, ovos quebrados ou nuvens


by freepik


Confesso que, em visitas natalinas, fiquei tocada por perceber quantas pessoas estavam tristes, cansadas ou amarguradas, afinal, por mais que a vida esteja pesada, é um período tradicionalmente de amor, perdão, recomeço... cheguei à conclusão de que a magia do Natal está se perdendo porque está se perdendo a magia sobre as pessoas, há decepção, mágoas, desilusão... desejo muito que para o próximo Natal as pessoas tenham motivos para se alegrar, de fato.


Estou há três dias escrevendo esse post, relendo uns escritos, e encontrei em 28/12/2012 o post "Disciplina e fé"... puxa, senti uma boa sensação de orgulho. Humildade é um dom admirável mas todo mundo precisa reconhecer suas vitórias, ainda que pequenas. A autoestima precisa de um beijo de vez em quando.


Pude perceber que no Natal passado, renasci. Coloquei como foco recomeçar a viver. Decidi resolver o que precisava ser resolvido passo a passo, sem me pressionar pela pressa, mas me mantendo muito firme e constante. Abracei as oportunidades que apareceram, mesmo com receio, sem questioná-las. Tive forte vontade de desistir, mas havia firmado um compromisso comigo mesma e fui fiel à ele. E fiquei muito atenta aos sinais de Deus... Ele sempre nos aponta o caminho. 

Mas é do futuro que desejo falar. Esses dias fiquei pensando que dificuldades sempre existirão. Há anos descobri que não se pode mais idealizar a vida perfeita onde tudo é perfeito, pois sempre haverá um "perrengue". É fato. Talvez o segredo esteja em escolher estar em situações onde os percalços são menores do que nossos motivos para estar feliz. 



by freepik

O reverso é que para escolher essas dificuldades lidáveis geralmente precisamos vencer grandes dificuldades: terminar um relacionamento, pedir a conta em um emprego insatisfatório, enfrentar um tratamento de saúde doloroso, perdoar ou pedir perdão para alguém, estudar para qualificação profissional, aprender um novo ofício, aprender a pensar de um jeito diferente. Precisamos nos reinventar, de fato.


Eu queria muito, muito mesmo colocar aqui uma fórmula mágica para cada um chegar ao final do próximo ano, no mínimo, satisfeito... mas cada um precisa descobrir seu caminho, buscando levar no estepe coragem, constância e equilíbrio.  E como ando numa fase clichês-que-fazem-sentido, é aquilo: "não se fazem omeletes sem quebrar os ovos", mas se evitamos passar por isso, corremos o risco de nos tornar os próprios ovos... quebrados.

Um novo ano começa e lá vem os 365 dias impressos na folhinha (aqueeela) para nos oportunizar os sonhos, mas não deixe para decidir e começar dia 1º, comece já, como comecei em 28 de dezembro. Decida que a construção das suas realizações precisa começar hoje. Aproveite o famoso ócio criativo das folgas não para se culpar ou amargurar, mas para sonhar e planejar as etapas da construção desses sonhos. Comece hoje a fazer o esboço mental dos caminhos que deseja seguir e quais atitudes precisa tomar para percorrê-los. A alegria não merece perder tempo. E mais importante de tudo, tenha fé. "Pra caramba". Na sua equipe já há uma fervorosa torcedora. \o/

by freepik

- Bia, e quais são seus planos?

hahaha, Quem sabe falo disso no próximo post, porque esse já está imeeenso... Mas todos os meus sonhos e buscas sempre estarão em torno de uma verdade que descobri no meu potinho do agradecimento da semana passada: quero viver suave, sem a sensação de precisar fazer força, sentindo a leveza que a vida merece, e fazer da vida das pessoas que AMO um exercício de suavidade e alegria.

Em 2014, desejo que sua vida seja um céu de nuvens bem branquinhas com raras e rápidas tempestades!

"Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
Carlos Drummond de Andrade

*******

Uma pergunta (adoro quando respondem, hahaha!): tenho duas agendas em branco de anos anteriores, alguém pode me dar uma sugestão de como reaproveitá-las com outra finalidade? :)

Resisti bravamente, hahaha, mas decidi abrir uma fanpage no face porque descobri que alguém havia aberto uma no mesmo nome do blog, com o slogan beeeem parecido. Então, para não haver confusão, estou iniciando o Revolta e Romance da Bia no facebook, onde vou compartilhar as postagens e outras coisinhas interessantes. Quem quiser curtir pode clicar --->aqui ou no alto, na lateral do blog, está meio sem graça ainda, mas vai melhorar. Deixei de abertura um vídeo de final de ano muito bom.
Li no blog Um pouco de mim que para receber as atualizações por lá agora é preciso assinar o feed. Leia nessa postagem aqui.
O blog também passará por mudanças pequenas essa semana, mas não sairá do ar.


59 comentários:

  1. Bia,
    É impossível alhearmo-nos do modo positivo com que olha/enfrenta a vida. É muito bom constatar isso. Sabe, essa energia acaba por passar para quem a lê, para quem interage consigo. Grato.
    Quanto à questão que deixa sobre duas agendas em branco, tenho para mim que isso é um privilégio. No fundo, é como se tivesse uma segunda oportunidade para definir melhor os seus passos, as suas ousadias. Não era a resposta que desejava, eu sei, mas atente nisto: o branco, só por si, não existe, logo há que rascunhar. Não interessa onde se chega, o que importa é tentar. Sempre.

    Um excelente 2014!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, fico feliz que essa positividade alcance quem está do outro lado da tela. Li muito e tive muita vontade de colocar essa energia em prática, não o positivismo sonhador, leviano, e sim com os pés no chão, mas sem deixar de acreditar no melhor. É impressionante como funciona.
      Quero registrar que adorei sua resposta sobre as agendas, mesmo sendo subjetiva. Vou olhar para elas com esse outro olhar, do ousar, do escrever minha história, sempre que usá-las, seja qual for sua utilidade.
      Lindo 2014, um abraço!

      Excluir
  2. Querida Bia
    Um Ano Novo vai começar.
    Serão 365 dias com novas oportunidades.
    Então ouse... mude... estabeleça metas... mas não faça promessas!
    Viva intensamente cada dia!
    Escreva uma nova história...
    E nela eternize somente os bons momentos...
    aqueles repletos de felicidade.
    Se as lágrimas vierem turvar seus olhos
    receba-as como uma bênção purificadora.
    Que a paz e o amor reinem absolutos em sua vida.
    Seja muito feliz em 2014!!!!!!!

    Beijos com meu carinho e minha sincera amizade
    Gracita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gracita!
      Adorei sua mensagem, estabelecer metas, lágrimas somente purificadoras - ou de alegria... amor e paz, sempre.
      Desejos para nós, Gracita. Um abraço!

      Excluir
  3. Oi Bia,
    A vida é uma roleta dizia minha mãe, por mais que tentamos fazer tudo certo, há o perigo do tiro sair pela "culatra". Que fujamos do perigo das palavras melosas, pois é aí que mora o perigo da traição.
    Viver é uma arte e todos temos que aprender com a sua vida, sabendo direcioná-la para o bem, só assim conseguiremos ter a sonhada paz.
    Que nos amemos em primeiro lugar...
    Linda sua postagem
    Faça do seu ano novo todos os dias do seu viver, sabendo consertar o que saiu errado e agraciar o que deu certo e, sempre agradecer a Deus por sua vida.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli!
      Aprendi como você, de outro jeito, que encontramos as verdades não nas palavras, mas nas ações. São elas que me conquistam e conquistam minha admiração, sempre.
      "O tiro sair pela culatra" é uma expressão popular que resume o que aprendi com a amiga Van, do lindo blog "Retalhos do que sou"... podemos fazer tudo certo, mas sabendo que sempre pode haver o imprevisto, a variável. Em relação à esses fatores pouco há o que fazer, então há essa necessidade de fazer a nossa parte e nos tranquilizar com isso na medida do possível.
      "Sabendo consertar o que saiu errado e agraciar o que deu certo"... amei essa sua mensagem final, Dorli, carregarei comigo, com certeza. Um abraço!

      Excluir
  4. Eu geralmente uso agendas antigas pra fazer rascunhos das minhas ideias.
    Parabéns que conseguiu realizar o que projetou para esse ano de modo tão bom e saiba q também tem um torcedor aqui pra realizar o que pretender, sei q sumo as vezes mas gosto dos teus escritos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Léo! Pois é, um rascunho é uma das ideias viáveis para uma agenda, obrigada por responder.
      Saber que pessoas torcem pela gente, acredite, faz toda a diferença.
      Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  5. O primeiro dia de um novo ano nada mais é que a continuação do que terminou, onde tivemos 365 dias para fazer planos e tentar realizá-los. O calendário não muda nossas vidas, o que depende, tão somente, de nós mesmos. Essa é uma época de reflexão porque costumamos fazer um pequeno balanço e ele nos permite retomar alguns bordados inacabados, corrigir riscos incorretos em nossos desenhos, colorir o que ficou cinzento porque deixamos de sorrir. Espero que 2014 chegue com a luz da esperança, oferecendo-lhe bênçãos e oportunidades. FELIZ ANO NOVO!!!!! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene!
      É verdade, é tão somente uma continuação, mas é interessante observar o impacto psicológico que essa época tem sobre as pessoas... talvez seja uma necessidade inerente ao ser humano, esse rever ações para replanejar, recontextualizar sua vida e em geral, com dois objetivos: acertar e ser feliz.
      Que seu novo ano seja de acertos e realizações. Um abraço!

      Excluir
  6. Bom dia Bia.. grato pelas tuas palavras.. sobre a tua postagem tb reparo nisso sabe, antigamente as pessoas só ficavam felizes nestas épocas de natal e ano novo, e o que vemos nos dias de hj é um sentimento reverso que derruba todas as boas coisas.. as pessoas passam o ano presas em frustraçoes e lágrimas e viram o ano assim, ou aparecem na tua vida naquele diz para desejar algo que deveria ser desejado todos os dias que é um feliz sempre.. e´pocas assim tem muita falsidade, eu fico mais no meu cantinho.. só a observar, não me deixo mais envolver.. abração e um lindo ano novo a vc até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samuel!
      Sabe que tem razão? Houve uma inversão do significado da época e hoje parece ser sinônimo de tristeza... o ideal, mesmo, é que o ano todo forneça subsídios para a alegria, o amor, o sorriso, e na prática diária, como bem lembrou.
      Acredito que essa comoção também possa gerar um perdão sincero, mas sabemos que casos assim são raras. Em geral há mesmo falsidade, ou hipocrisia, mas procuro nem me prender nisso para não acabar amargurada também, hahaha.
      Um ano de surpresas felizes pra você, um abraço!

      Excluir
  7. Oi Bia, adorei o texto, tão suave quanto sua vida.
    Nós vivemos com pressa, não há tempo, por isso nos forçamos a muitas coisas, talvez por isso as pessoas estejam tão amarguradas, não há tempo para ser feliz ou perceber os detalhes da vida.
    Feliz ano novo!
    Bjos!
    http://amonailart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Val! Para quem teve alguns períodos passados bem conturbados, posso afirmar que essa suavidade é uma conquista somente possível através do equilíbrio e mudanças de alguns pontos de vista. E fico grata que muito disso eu tenha aprendido com amigos da blogosfera, como Van, José, Sissym, Chica, enfim, muito me ensinam...
      Até você, com seu jeito direto e ao mesmo tempo bem humorado de ser, hahaha.
      A amargura de fato turva a vida de um jeito que sucumbir à ela pode ser fatal para a alma.
      Que no seu novo ano hajam somente motivos para sorrir, Val. Um abraço!

      Excluir
  8. No natal aqui também percebi o quanto as pessoas estavam cansadas, sabe trabalhando demais, não há tempo nem para descanar ao sair do serviço porque cada dia mais as empresas estão soltando mais tarde e os trabalhadores não estão nem se quer saindo para comemorar...e sim chegam em casa tomam banho deita e dorme.....
    saudade da epoca em que as famílias se reunião e a mesa fica cheia =/

    - Post novo no blog ;)

    Beijosss!!!

    ==> Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pâmela, seja bem vinda!
      O que disse é bem pertinente... Essa questão da produtividade e consumismo é tão valorizada hoje em dia que para muitos Natal é sinônimo de trabalho, muito trabalho. Com isso perde-se em convívio familiar e consequentemente, qualidade de vida.
      Na mesa cheia sinto falto dos que já se foram... mas a vida, sempre sábia, traz outros para preencher um pouquinho nossos corações.
      Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  9. As vezes os próprios "perrengues" sirvam para nos mobilizar a procurar algo melhor, a recomeçar. Depende muito do ponto de vista de cada pessoa. Eu gosto da maneira como vive e nos relata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim, faz sentido... o perrengue não deixa de ser uma forma às avessas de nos tornar melhor, seja para buscar outros caminhos mais satisfatórios, ou ensinar a enxergar e valorizar o que temos de bom, enfim... o ponto de vista faz mesmo toda a diferença.
      Obrigada pelo carinho sempre, 2014 incrível, um abraço!

      Excluir
  10. Bom dia, Bia. Você levantou questões interessantes sobre o Natal, sobre os sentimentos das pessoas como estão.
    Confesso, que me deu uma tristeza nessa época, até mesmo pelo fato de poucos lares lembrarem realmente de Jesus.
    Vi muitos fogos, bebedeiras, quando para mim, não é esse o espírito do Natal.
    Fiquei triste com os meus pensamentos, lembrando da minha mãe que está no céu, enfim, a proximidade de um novo ano sempre assusta.
    Jesus para mim deve ser celebrado 365 dias ao ano, por isso não comungo da hipocrisia que muitos usam nesta festa sagrada pedindo perdão sem o sentirem no coração.
    Beijos, abraços, perdão, tem de ser dado de uma forma honesta, sincera, sem ser movido pela data, pois quando a mesma passar, virão os mesmos conflitos na maioria das vezes, isso porque as pessoas não mudaram de fato.
    Triste, mas é o que penso.
    A humanidade está cada vez pior em seu amor ao próximo e eu fico cada vez mais entristecida, surpresa até.
    Façamos nós a diferença no que pudermos!
    Que o amor de Jesus derrame-se em meu coração, no seu, no de todos, que sejamos pessoas melhores, mais evoluídas espiritualmente, pois certamente cometeremos ainda muitas falhas, mas que não sejam as mesmas de sempre.
    Que tenhamos a força para desfazer laços ruins e ao mesmo tempo trasformá-los em bons, pois ainda isso pode ocorrer.
    Que a serenidade seja conosco, a ausência do medo que paralisa, a falta de fé, o desespero, a desesperança, o desamor.
    Seria bom que houvesse uma fórmula mágica para a felicidade, conforme você mencionou, mas não existe, creio que seja o início da simplicidade, sabedoria, tolerância, e amor, fatores geradores de uma real transformação.
    Não é fácil, mas a medida em que tentarmos, resultados positivos de aceitação para nós e para o nosso próximo florescerá.
    Agradeço pela sua amizade nesse tempo todo de blog, desde o início dele, e a presença que foi ficando mais marcante.
    Agradeço pela sua análise em comentários, sempre ótimas e reveladoras, livres, esperando que em 2014 continues assim.
    Você é uma pessoa que só posso agradecer e agradecer!
    Sei que nem sempre estou direto aqui, seus textos sempre me chamam a atenção e dedico a eles um tempo de concentração muito grande.
    Leio e releio em algumas vezes, uma vez que, são pérolas, que saem de dentro de você com diversos significados.
    Muita saúde, paz e bênçãos sem medidas para você e sua família.
    Beijo grande e tudo de bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia!
      Ler seu comentário me fez pensar que o Natal nada mais é do que um reflexo da vida da pessoa durante o ano. Quem coloca seu foco em outras coisas, senão em sentimentos de renovação, ou está insatisfeito, ou já não carrega a alegria de estar com as pessoas, o respeito pela data.
      Fiquei pensando sobre estar assustada com a chegada de um novo ano... acho que é o inevitável medo do novo que todos carregamos. Mas por experiência própria sei que a melhor maneira de recomeçar é deixando o medo bem domado no seu devido lugar, hahaha.
      Ah, que lindo o que disse... sim, a partir do momento que vamos direcionando o foco para o simples, para o que importa, aprendemos a exercitar a aceitação, do que somos e do que o outro é. Isso é muito importante, especialmente em relação às pessoas que amamos.
      Obrigada pelo seu carinho e elogio, Patrícia... tenho consciência de que os escritos foram se aprofundando, tanto por aqui, como nos comentários, e o mais legal é que aqueles que se dispõe a ler e a comentar, mesmo quando os escritos são longos, mergulham na mensagem, de fato. Tenho certeza de que, se não fosse essa troca, de quem vem e de para onde vou blogosfericamente falando, hahaha, eu demoraria muito mais para me reencontrar.
      Tudo de bom nesse novo ano, alegrias e conquistas!
      Um abraço!

      Excluir
  11. Oi Bia
    passando pra desejar um feliz 2014 com tudo de bom!
    que ele seja abençoado
    e que muitos dos bilhetinhos no pote de desejos,sejam realizados!
    bjs Zizi
    (vou fazer um pote pra mim também, gostei da ideia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zizi!
      Um pote de desejos pode ser mesmo uma boa ideia... faça e depois me conta o resultado! ;) Os meus são pouco, mas estão bem guardados na suíte da minha alma, ou seja, no meu coração.
      Um abraço, ano de realizações pra você!

      Excluir
  12. Oi Bia,obrigada da visita e fico contente em
    você abrir uma fan page no face.
    Logo estarei visitando.
    Feliz 2014 à você e aos seus familiares.
    bjs
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmem!
      Aguardo você por lá... e por aqui, sinta-se sempre convidada.
      Um abraço, 2014 inspirador!

      Excluir
  13. Amiga, Bia!

    Adorei o teu post, bastante motivador!
    Já passei no Facebook e fiz um "Gosto" na tua página. É com alegria que te sigo lá também.
    Aproveito para te agradecer a companhia que me fizeste todo o ano e desejar-te um feliz 2014 vivido com amor, alegria, saúde, inspiração e muita sabedoria no momento de resolver os problemas. Assim, terás Paz.

    Beijos

    Cris Henriques

    O Que O Meu Coração Diz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cris! Obrigada pelo "Gosto", e aproveito o gancho para dizer que gosto muito de ti e te admiro pela garra e vontade de fazer sua vida sempre um exercício de alegria e aprendizado.
      que todos esses elementos façam também parte de seu "kit" de Ano Novo porque, como bem lembrou, dessa forma temos paz, e não há coisa melhor.
      Um abraço, tudo de bom!

      Excluir
  14. Olá Bia
    Lindo texto, percebi que as pessoas andam cansada e sem animo, o pior é para quem tem comercio e fabrica de palmito,kkkkkkk, não tem descanso.
    Quanto as agendas use como bloco de notas.
    Passando para lhe desejar um feliz ano novo, claro que com tudo que há de melhor e o mais principal é que a esperança de um ano bem melhor esteja por vir, acredito que no próximo ano estejamos aqui e que o tempo seja nosso amigo.
    Obrigada por sua linda companhia.
    Muito carinho, beijinhos.
    -:¦๑۩۞۩๑¦:¦๑۩۞۩๑¦:¦๑۩۞۩๑¦:-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Verinha! "Para quem tem comercio e fabrica de palmito", kkk, essa é boa! Me fez lembrar um tempo em que minha mãe tinha loja na rodoviária, nossa, era triste! Além do movimento supercansativo da época a loja ficava aberta até quase 23 horas, e ainda tinha que dar conta dos quitutes... Na verdade eu não concordo muito com isso, sabe, abrir mão da comemoração ou da disposição para ela em prol do dinheiro, a não ser nos serviços essenciais.
      Mas hoje em dia, como professora, estou tranquila.
      Adorei seus desejos e que o tempo esteja mais disponível para a diversão, para ser feliz... que essas sejam prioridades e realizações.
      Um abração!!!

      Excluir
  15. Oi Bia querida, estou passando p/agradecer teu carinho e amizade e desejar um 2014 de paz, saúde, alegrias e sucesso p/vcs, e que em 2014 venham mais posts como esse e mais receitinhas deliciosas
    Bjssss amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinha!
      Obrigada, esse ano não tive tempo para cuidar do Culinária como deveria, quero ver se posto mais receitas no próximo ano.
      Obriagad pelo carinho e simpatia de sempre, um abraço!

      Excluir
  16. Uma mentira jamais preencherá o nosso vazio,apenas o aumentará...

    O Natal deveria ser uma festa para os cristãos festejar a realização das promessas de Deus no sacrifício do seu Cordeiro para a humanidade.
    O verbo que se fez carne,mesma altura e peso do primeiro homem criado.o Salvador que escolheu nascer numa manjedoura para resgatar a sua feitoria,dando-lhe novamente o direito de ser chamado de filhos de Deus. E,seu espiríto permanece nos 365 dias ao lado das tristes paisagens á espera de um abraço,uma visita ou de um sorriso sincero: nas lágrimas de uma criança carente,no clamor dos pobres,na angústia dos sem teto que vangueiam as nossas ruas ,no sofrimento dos hospitalizados e na solidão dos habitantes dos azilos....coisas accessíveis á qualquer pessoa!!!

    Substituiram-no por um velho esquimó glutão e beberrão que nos incentiva a consumir,fomentando o capitalismo,na falsa promessa de estarmos praticando o bem ,expurgando nossos males para conquistarmos a nossa remissão,mentindo para nossas crianças e á nós mesmos-hipócritas!

    Não tenho tais supertições de ano velho e novo.Acredito que tem a estação para o plantio e outra para a colheita. E aqueles que possui um projeto,traçam metas,sempre com um plano alternativo,uma segunda opção.

    Sonhar grande!! Quem sonha pequeno ,certamente se decepcionará
    Conquistaste as tuas metas,que bom que nada escreveu em tuas agendas- rsrsrsrsr-quem projeta uma lista imensa,falta-lhes um objetivo definido

    Acho que sou pragmático aos extremos-rsrsrsrs-passei apenas para desejar-lhe que todos os seus sonhos sejam realizados,agora e sempre.

    Felicidades mil

    abraços fortes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nino, seja bem vindo!
      É importante aprender a viver com nossas verdades, e não com o reflexo do que os outros projetam sobre nós, só assim somos, de fato, felizes. :D
      Interessante o que escreveu... voltar os olhos para os excluídos é um ato de generosidade que poderia se tornar uma grande rede do bem, algo tão em falta nos dias de hoje.
      Minhas superstições também ficaram no passado... gosto das tradições, mas não me renco mais à rigidez de rituais milagrosos que não superam a capacidade do ser humano de sonhar, planejar e realizar, jamais desanimando, talvez replanejando a rota.
      Gostei do que disse sobre listas imensas, sabe que faz sentido? Para o novo ano não tenho quase planos, mas grandes sentimentos para viver.
      Obrigada por seus desejos, são os meus também pra você.
      Um abraço, feliz 2014!

      Excluir
  17. Olá querida Bia!!! Não pude vir desejar-lhe um feliz Natal porque viajei para ver a família mas fiquei muito emocionada quando vi seu comentário em meu blog! Saber que lembrou de mim e que foi lá deixar um recadinho foi um lindo presente! Obrigada de coração! Desejo-lhe um novo ano cheinho de alegrias, serenidade, sorrisos, força para os "perrengues" , realizações, amor e sucesso!! Aproveito a oportunidade para agradecer por tudo, por sempre prestigiar meu blog, sempre me incentivar com generosidade e gentileza, pelas conversas,etc sinto-me honrada em te-la conhecido :) não tenho blogado por causa do trabalho mas em meu coração guardo saudades e um imenso carinho por vcs:) um beijo e um abraço apertado da amiga virtual que muito lhe estima! Tudo de.bom p vc e sua família!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sam! Saudades de você!
      Obrigada pelo carinho que passou através das suas palavras, essa questão de dividir hobbies e trabalho não é fácil, mas o mais importante é que continua tendo um tempo para sua família e se o quanto isso é significativo pra você.
      Que Deus a cubra de bênçãos nesse novo ano e que tenha muitos motivos para sorrir.
      Um abraço!

      Excluir
  18. Oi Bia!
    Aprendi com o tempo a olhar as coisas de um modo diferente, encarar os problemas de frente, e pensar positivo. Tudo ficou mais fácil.
    Depois volto com mais calma para curtir sua fan page e passo a minha se desejar curtir também.
    Desejo um 2014 cheio de vitórias, muito amor, paz, saúde e felicidade!
    Com carinho

    Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rê!
      Ah, esse é o grande ganho do empo e da maturidade, aprender a olhar as coisas de frente, sem deixar que o medo do novo (normal, aliás) nos domine. Também aprendi a usar a "positividade consciente" aquela que nos faz enxergar o melhor lado do que é possível.
      Que seu novo ano traga mais que aprendizados, diversão!!!
      Um abraço!

      Excluir
  19. Passei para deixar um abraço e desejar que o novo ano seja de paz e tranquilidade para todos. Que a humanidade encontre o caminho para um mundo mais justo e fraterno. Feliz 2014

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elvira!
      Não podemos esquecer que nossos melhores desejos na virada precisam alcançar também aqueles que envolvem toda a humanidade. Seria bom viver num mundo mais solidário.
      Um abraço!

      Excluir
  20. Maravilhoso Bia!
    Você é impecável em sua escrita!
    Feliz ano novo!!!
    Paz, saúde e realizações!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alba!
      Obrigada pelo carinho, um abraço, 2014 recheado de surpresas agradáveis!!

      Excluir
  21. Oi Bia , começar novamente pelo caminho conhecido e abrindo atalhos . Pra mim as coisas fluem... Feliz 2014 beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yasmine!
      Acreditar que as coisas fluem já é a abertura de um canal para que fluam! 8)
      Que os seus atalhos a levem à sensação de felicidade e realização.
      Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  22. Boa tarde,
    É o meu primeiro comentário do ano em seu amado cantinho virtual. Portanto, quero deixar a seguinte mensagem: que o ano de 2014 seja bordado de muita saúde, amor e paz para você e sua família.
    Sobre a postagem: eu confesso que fui uma das pessoas que chegou completamente esgotada no final de ano de 2013. Foi um ano de muitos altos e baixos, mas no final complicou. Contudo, mesmo diante de um cenário não tão animador, eu consegui ter um natal tranquilo. Pude parar um pouquinho e refletir sobre a vida. Acho que a magia do natal ainda tocou o meu coração.
    Mais uma postagem perfeita.
    Beijinhos estalados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!
      Nossa, que honra ser a primeira visitada! E que delicadeza, desejar um ano bordado de coisas boas... não é à toa que é uma bordadeira de palavras.
      Tem razão do esgotamento, sendo um ano difícil e ainda, complicando no final... já passei por isso, sei como é. =/
      Mas acredito que, se abriu essa portinha para a magia do Natal tranquilizar seu inquieto coração, é porque já está começando a trilhar o caminho mais suave para seguir nesse novo ano. :)
      Desejo que ao final desse que está começando você volte para me contar que tudo foi muito melhor.
      Um abraço, tudo de bom!

      Excluir
  23. É preciso muito foco e sabedoria mesmo pra atingir nossos objetivos, né!
    Eu tô correndo atrás dos meus ainda... a passos lentos, mas devagar e sempre... hahaha! Espero que este ano seja muito melhor, em todos os sentidos.
    Que vc consiga realizar muitos e muitos dos seus tb, viu?! Sem sonhar, a vida perde o sentido, e poder realizar um por um, melhor ainda, né! rs
    FELIZ 2014!!!!!
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cici!
      O importante é manter a constância, o desânimo diante das pedrinhas que porventura podem aparecer é o que precisa ser evitado a todo o custo. Tenho certeza que está no caminho certo e que alcançará muitas coisas maravilhosas em 2014!
      E com certeza, realizar é muito, muito melhor que sonhar!!!
      Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  24. [bom que haja
    polpa e doçuras
    e flores no caminho.
    bom ano]

    abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontrando tudo isso pelo caminho tenho a possibilidade de distribuir pelo caminho dos meus também... Ano de sabores inesquecíveis pra você, Margoh. Um abraço!

      Excluir
  25. Bia, que linda postagem. Olha, não vou mentir, depois que meu pai faleceu em 2004 e meu avós em 2005, não fico feliz no Natal e ano novo. Fico mesmo melancólico e pra baixo. Porém, apesar disso, eu amo essa época porque me encanto com os enfeites e com essa magia de dezembro.

    Depois quero saber seus planos. rs

    Olha, se as agendas são antigas, pode aproveitar pra escrever receitas. Vc tem até um blog disso. Mas na hora de cozinhar a gente não vai no pc ficar lendo receita, né? rs É mais prático ter tudo num livrinho. Bjssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio!
      Veja só, é inevitável sentir uma saudade doída daqueles que vão partindo nessa época. Perdi minha avó também em 2005, há três anos uma tia que era a festa em pessoa, naturalmente que a festa não é mais a mesma, não?
      Mas procuro comemorar a companhia de quem está aqui, por perto, um jeito de amenizar um pouco a saudade e guardas lembranças para quando partirem. :)
      Por outro lado achei legal saber que, apesar das perdas, ainda consegue se encantar, e não se amargurar, com a magia da época.
      Menino, sabe que eu estava à pouco pondo umas roupas "de molho" e pensando sobre esse post dos meus planos, não sei se vou ter como falar deles, se é que existem, hahaha!
      Adorei a dica das receitas. Confesso que ando tentando me desfazer um pouco dos papeis, mas tenho receitas antigas impressas, talvez eu use a agenda para colá-las.
      Um grande e feliz 2014 pra você, um abraço!

      Excluir
  26. Oi Bia

    Parabéns pela colheita, possível por causa da sua consciência e persistência. É muito bom colher os frutos após o empenho!

    Creio que a "magia do Natal" está se perdendo porque estão tentando acabar com ela, tem alguns vendendo a ideia de que o nascimento de Cristo é invenção, família é prisão, religiosidade é submissão, objetivamente isto parece absurdo. Mas, subjetivamente tem um efeito devastador, caminha underground desconstruindo ideias, trocando a segurança humana por uma proposta de verdade ou modernidade que resulta na desestrutura emocional.

    A imagem dos ovos quebrados que você postou são muito ilustrativas: um ovo é composto de três partes, que, embora sejam bem visíveis, sua imagem prova isto, em geral só se vê no ovo duas partes, a gema e a clara, porém ele contém a gema, a parte densa da clara e a parte aquosa, todas três com propriedades e funções distintas. A visão clara de um todo e a vontade é que nos garante as vitórias como a que você obteve.

    Um beijo com desejos de muitas felicidades em 2014!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Van!
      Que bom tê-la aqui no início do ano... sabe que tenho grande apresso pela pessoa generosa que é. Foi contigo que aprendi a ser suave, sabe disso.
      Nossa, achei realmente fantástico seu ponto de vista sobre a quebra da magia de Natal, é verdade... de repente o reflexo de uma atitude baseado em conceitos de modernidade que roubam a capacidade que o ser humano tem de se encantar, e quando sabor a vida perde quando perde seu encanto, não?
      Também sua interpretação sobre os ovos, perfeita... não havia pensado nisso, hahaha. Somos um todo e é preciso buscar meios de manter essa unidade individual, às vezes nos dividimos querendo agradar tantas vertentes ao mesmo tempo que cada vez mais acabamos distante do que somos e do que nos faz feliz, realmente.
      Agradeço demais sua companhia, seus ensinamentos, suas partilhas e desejo que 2014 seja um ano de afagos no coração e realização de sonhos.
      Um abraço!

      Excluir
  27. Biazinha que saudades, espero que seu final de ano tenha sido na santa paz de Deus.
    Gostei do pos antes que esqueça não sei o que fazer com a agenda se ver algo legal pela web te mando o link.
    Sabe acho que a magia está se perdendo pq trocaram Jesus por "papai noel comercio", e então estar junto não é mais bacana e sim que presente vou ganhar e o que vou dar de amigo secreto....ai escutamos muitos falarem não ver a hora de terminar o ano. Uma pena né mesmo, pra 2014 tenho algumas metas não mais sonhos resolvi trocar a palavra pq quero conquistar e não mais ficar esperando rsrsrsr, enfim aos poucos a vida retorna ao normal ou não né, pq tem coisa que não será mais como antes.....

    ResponderExcluir
  28. Respostas
    1. Oi, Patrícia!!!
      Sim, tudo na paz, graças a Deus!
      Uma agenda já estou usando para guardar uns recortes sobre artesanato, mas tenho outra novinha, links serão bem vindos!
      Acho triste mesmo essa inversão e esse "afã" de querer que tudo isso passe logo... Admito que também fico cansada, emocional e fisicamente, mas procuro esquecer tudo isso quando chega o dia dos festejos do Natal e aproveitar a companhia dos meus queridos. :)
      Aaaaadorei isso, Patrícia, essa é uma diferença contundente e importante, trocar sonhos por metas. Resumiu o que eu disse em um texto enorme, hahaha. Com essa postura penso que aumentam bastante sua chance de realizar. Sonhos me parecem o primeiro passo, ou aquele passo que não depende só de nós. Sonhos transformados em metas tornam-se mais palpáveis e passíveis de se tornarem reais. Não desanime se houver dificuldade, levante a cabeça e continue, com fé (que eu sei que tem) chegará lá, com certeza.
      Torço por você e sobre o que não será mais igual, o jeito é aproveitar cada minuto com as pessoas que ama.
      Um abraço, 2014 de alegrias e paz.

      Excluir
  29. Êêêê!!!
    E eu já comecei a curtir a página no face antes de ler o post, hehehehe!!!

    Adorei teu texto. Tão leve e tão seguro.
    Realmente a tristeza tem tomado conta dessas datas festivas. Não sei se é pela falta de crianças por perto, mas nesse Natal senti tudo muito "comum". Sem maiores emoções nem magia. Sem melancolia, mas sem aquela alegria toda. Foram dias normais em que se comeu mais do que o normal, hehehe.
    Metas para o novo ano?
    Da minha parte são mais reais e atingíveis do que nos últimos anos. Eu estou mais realista também.

    Quanto as agendas, hmmm... quem sabe reaproveitar as folhas para fazer um bloco de anotações? Desses para deixar algum recado ou fazer lista de mercado.
    Também dá para encapá-las e criar um caderno de receitas diferente.
    #ficaadica, hehehehe

    Estava com saudades daqui!

    Um 2014 fantástico e com muitas realizações pra ti!!

    Ah... Parabéns pela página no Face!!! Hehehehehe.

    Bjus

    ResponderExcluir
  30. Bia, eu adorei a tua determinação em levar a suavidade da tua vida para a vida dos que ama.
    De alguma forma eu me identifico com você sobre já ter carregado muito peso. Os inevitáveis e aqueles que eu mesma os tornei fardos maiores e mais pesados.
    Hoje eu acredito e sinto que não são necessários fardos para se viver de maneira mais leve, suave. É possível fazer esta escolha em qualquer momento da "folhinha"!
    As reflexões que você nos traz com o blog contribuem para que façamos melhor. Ir somando, para que nestas celebrações tenhamos créditos de alegria.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  31. Bia querida, td bem?
    Só agora posso visitar os blogs amigos, pq andei num corre corre danado por aqui.
    Olha, eu tbm estou nessa vibe sua, de procurar leveza e amor em tudo que me cerca. Meu Natal foi super reflexivo, deu uma vontade imensa de chutar tudo e ir pra rua ajudar quem realmente precisa. Pq a gente gasta tanto tempo e dinheiro com coisas desnecessárias e com quem não precisa disso? O presente que eu gostaria de dar a cada pessoa da minha família, infelizmente eu não posso. Daria entendimento, crescimento interior, paz, solidariedade, saúde, compreensão e fé. É o que eles realmente precisam.
    No mais, estamos todos felizes e recomeçando junto com o ano.

    Um beijão!

    ResponderExcluir
  32. Oh Bia meu ano ia até bem mas depois no final
    tivemos uma perda tão grande e triste que abalou
    toda família, mas o ano começou e aqui estou de volta depois de uma descanso, a teristeza continua ainda, mas é a vida, gostei de ler é a mais pura verdade
    então que nosso caminha seja melhor bjuss mil, tenha uma bela terça feira

    Uma abraço carinhos

    •✿.•°°•°°•.•✿⊰Rita!!!!

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.