domingo, 12 de janeiro de 2014

Retrato

by freepik


Em um Natal dos idos passados, ganhou um cartão desenhado à mão do homem que amava. 
Agruras do tempo os afastaram e seu desejo era ter seu retrato traçado em linhas e papel. Procurou quem o fizesse em um festejo típico da cidade, mas desistiu... jamais seria o mesmo desenhista. 
Ganhou do sonho adormecido, a surpresa do acordar. Hoje guarda numa caixa de preciosidades o retrato de si, e no cantinho do papel, sua assinatura mais adorada.  


Obs: essa história é real. :)

Esse texto faz parte do projeto História em 77 palavras, Desafio Rádio Sim nº 9, cujo objetivo era escrever um texto sobre A melhor Prenda que recebemos em nossa vida (não precisa ser material, pode ser emocional).

Um comentário:

  1. Que linda história e que bom te ver participar lá no 77 palavras.Adoooooooro! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.