domingo, 16 de março de 2014

A linguagem dos sapatos

Sabem, tenho uma mania: gosto de sapatos limpos e bem cuidados. O interessante é que minha mãe - embora sempre tenha cobrado casa limpa, arrumada e comida bem feita - nunca se ateve muito na limpeza desses acessórios. Cheguei à conclusão de que meu costume é oriundo de observar minha tia F, que sempre manteve os sapatos muito bem cuidados, sempre achei lindo seu capricho! Um sapato engraxado por ela, então, é um luxo!

Tênis preferido e detonado que terei que me desfazer! =/

Desde muito nova passei a associar os sapatos à personalidade das pessoas. Penso que os sapatos revelam muito do interior ou do momento, salvo em situações profissionais que exigem determinado calçado. Já pararam para pensar nisso? Me relacionei com um rapaz que usava tênis... ok. Depois de um tempo apareceu com umas botas estilo vaqueiro com bico fino, achei estranho mas aceitei, quis fugir do pré-julgamento. Hoje vejo que jamais minha personalidade combinaria com a de alguém que gostava desse tipo de calçado! =/ Nada contra, é bom deixar claro, mas em geral estão associados à costumes de vida do campo (música sertaneja, fazendas) o que difere um pouco da minha personalidade. Pois é, o relacionamento não deu certo... Será só coincidência?


Gosto de conforto e simplicidade com estilo. Sapatilhas, tênis modernos (os douradinhos da atualidade são meu xodó) ou estilo All Star, chinelos de dedo com algum detalhe e botas baixinhas são meus artigos preferidos. Para homens gosto demais dos tênis, tanto os esportivos como os "casual day" e chinelos de dedo, mesmo, embora muitos usem sapatos sociais como uma exigência do trabalho. Sapatos de salto só uso em ocasiões especiais, aí sim, com muito gosto.


Alguns dos meus preferidos!


Sob meu ponto de vista:

Sapatilhas delicadas, coloridas, tênis (inclusive para homens), rasteirinhas, chinelos de dedo estilosos: denotam uma personalidade simples, leve, discreta e elegante.
Sapatilhas com detalhes marcantes, sapatos ou botas de salto e sapatos sociais (para os homens): mostram quem gosta de sofisticação, ser o centro das atenções e ter sua opinião como a melhor. Não costuma ceder.
Sapatos coloridos e chamativos, como saltos esculpidos: ousadia, alto astral, não tem medo de chamar a atenção nem se preocupa com o julgamento alheio.
Crocs: melhor não comentar, hahaha.

Alguns cuidados simples que funcionam:
- Alternar o uso diário dos sapatos para que respire e evite mau cheiro;
- Usar talcos apropriados - quando adolescente tive problemas com o famoso chulé e o talco todos os dias nos pés e calçados limpos foi minha salvação;
- Fazer uma pré-lavagem com sabão de coco, que tira a gordura e a sujeira, antes da lavagem normal.
- Evitar deixar muito tempo de molho para não desbotar ou ressecar.
- Lavar em dias de sol, bem cedo, para que seque e evite o cheiro de "cachorro molhado".
- Usar a graxa em pasta de vez em quando nos sapatos de napa ou couro. Aquela da esponjinha é prática mas não hidrata e propicia rachaduras no calçado.

A realidade é que, independente do modelo, marca, ou estilo, o que eu desejo mesmo é ser como o Sapato velho (tem na fanpage) da música do Roupa Nova: "basta você me calçar, que eu aqueço o frio dos seus pés". :)




Tem sorteio de mimos da loja pelo Facebook, quem quiser participar clica aqui


51 comentários:

  1. Olá amiga!
    Vim fazer uma visita, desculpe a demora para aparecer estive sem net, estava com o moldem do celular, não dava para visitar os blogs, desculpe a demora. Espero não ter mais problema o provedor da minha cidade.
    Muito boa a sua postagem, vale lembrar também que é um perigo para a saúde guardar sapatos sujos.


    A vida é uma passagem
    De momentos vividos...
    Onde realizaremos uma viagem
    A um lugar que por
    Deus seremos dirigidos”.
    Fiquem com Deus, que seu Domingo seja abençoado e que o início de semana feliz e que seus desejos sejam realizados.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdes, esses provedores volta e meia nos deixam na mão! Os orientais tem o costume de tirar os sapatos na porta justamente para evitar sujeira, que também é sinônimo de energia negativa.
      Um abraço, ótima semana!

      Excluir
  2. Te imagino um capricho só em tudo que fazes, sabe? Nunca tive saco de engraxar sapatos, fazia quando era preciso, aquelas botas ortopédicas da gurizada. Hoje, nem lembro de graxa. Passo um paninho pra limpar, deixo no ar e deu pras cuias,rs...

    Te admiro! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, Chica! É engraçado, costumo ser muito simples nas coias que faço, mas procuro sempre fazê-lo com capricho. Acho que aprendi a associar capricho com cuidado.
      Tanto eu como minha filha usamos bota ortopédica, kkkk, tem razão, pelo uso diário elas pedem graxa de vez em quando.
      Trabalho geralmente com tênis e raramente uso um sapato que precise engraxar, mas o faço com prazer, se for necessário. Um abraço!

      Excluir
  3. Oi Bia, só uso tênis( nunca gostei) só para caminhar. Devido a um probleminha na sola dos pés que parecem que moram no sol.kkk, só uso sandálias de saltinhos e só tenho 2 sapatos para festas e no final como estão quase todos bêbados, levanto um pouquinho o vestido e vou descalça até o carro, tiro até as micro meias.kkk
    Boa segunda feira
    Beijos
    Lua Singular
    Quando jovem, não saia de casa sem salto alto, agora não posso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli!
      Meu pé é um terror para achar tênis, é magro e comprido... agora me dei bem com uma marca e é o que tenho usado para trabalhar, pois vou geralmente de bicicleta. Minha mãe tem esporão, é um sacrifício encontrar sapatos que se adaptem sem doer.
      Eu já tirei muito sapato em final de festa, hahaha, mesmo sem beber... acho que é melhor se divertir descalça do que ter que ir embora por causa do sapato, hahaha! Estou contigo!
      Um abraço!

      Excluir
  4. Oi Bia, tudo certinho contigo?
    Eu estou bem mais ou menos...rs...mas caminhando.

    Nossa menina, nunca parei para pensar em relação aos tipos de calçados usados e as pessoas em si.
    Vou analisar meus relacionamentos antigos, namorados da adolescência e juventude e ver se teve relação com os calçados para não terem dado certo.

    Eu sou bem parecida com você, no quesito calçados, salto alto só em ocasiões muito especiais.
    Adoro all star, sempre adquiro os modelos mais recentes.

    Boas as dicas deixadas por você, anotadas para uma emergência.

    Deixo aqui meu carinho e um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Majoli! Bom vê-la de volta!!!
      Quando li o texto para minha filha ela disse "que teoria maluca", kkkk, então faz assim... relembre seus relacionamentos antigos e se tiverem relação com os sapatos me conta, tá? hahaha
      Os tênis estilo All Star tem lançado modelos lindos, nossa, dá vontade de ter um par de cada um... ando precisando comprar um, meu último já foi "pro espaço".
      Um abraço!

      Excluir
  5. Na minha juventude trabalhei num laboratório, e tinha por chefe um senhor que dizia que a classe de uma mulher se via nas unhas e nos sapatos.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elvira!
      Acredito que já ouvi isso em algum tempo... as unhas me habituei a pintar de uns anos para cá, e acredito que quem se preocupa com o cuidado com os sapatos reflete uma preocupação extra com todo o resto.
      Um abraço!

      Excluir
  6. Oi Bia! AMEI seu texto sobre sapatos e a musica na Fan page complementou! Já estou no sorteio tb! bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anne, essa música é demais, né? Poesia pura... Obrigada pelo prestígio, e boa sorte! Um abraço!

      Excluir
  7. Engraçado, uma das primeiras coisas que eu olho quando a pessoa me chama a atenção, é o tipo de calçado, rs. Creio que faço um julgamento desse tipo também e pensei que fosse um tanto quanto 'anormal' por isso, haha. Bom saber que alguém também me acompanha o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, eu não diria que é normal, hahaha, mas quando iguais se encontram parece que tudo fica em casa. :D
      Claro que não excluo nem deixo de conhecer alguém devido aos sapatos que usa, mas geralmente as deduções sobre a personalidade se confirmam. Mas os sapatos não denunciam falta de caráter ou falsidade, ou pelo menos eu nunca consegui relacionar.
      Um abraço!

      Excluir
  8. Oi Bia,
    Observações interessantes e olha que a minha sapatilha anda se parecendo com a minha vida,uma bagunça,haha.
    Legal ver como simples coisas podem revelar muito sobre nós.
    Tava lendo agora o post da ressaca,gente,você tem umas ideias geniais.
    E eu amo Roupa Nova e essa música é maravilhosa.
    Uma ótima semana,abraço =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su!
      Também já tive fases de sapatilhas bagunçadas, hahaha... sabe que lendo você me fez pensar que é mais um item que denuncia fases pelas quais estamos passando.
      Obrigada pelo carinho... ainda que o "genial" seja sempre uma ramificação da loucura que deu certo, hahaha.
      Roupa Nova tem músicas maravilhosas...
      Um abraço!

      Excluir
  9. Olá, Bia
    Boa noite... estou bem, sim!E ti?
    eu não sou muito ligado à calçados,até achei interessante seus pontos de vista sobre o calçado e a personalidade das pessoas.....fiquei curioso sobre os crocs, só sei que os consumidores ( e eu) acho esteticamente feio e que o nome do produto é um problema, pois é muito semelhante ao de uma droga ilícita. Vi um
    vídeo humorístico sobre isso...bem, voltando...talvez, por eu ter crescido com a minha mãe, ela, que nunca se preocupou com calçados, me influenciou muito. Crescendo e tendo minha mãe sempre perto , me fez nem ligar muito para calçados. Tanto que tenho só dois sapatos sociais, um preto e outro marrom, três tênis ( um para caminhar, outro "casual" e outro para esportes) e trocentos chinelos de dedos, simples e cheio de areia de praia...portanto, foi bom saber alguns cuidados básicos e simples...
    Roupa Nova, Sapato Velho, Adoro essa música, também!♪♫Água da fonte
    Cansei de beber Pra não envelhecer Como quisesse Roubar da manhã Um lindo por-de-sol ♪♫
    Obrigado pelo carinho, bela semana, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis!
      Estou ajustando minhas velas de acordo com os ventos da vida.
      Os crocs são considerados feios mas os usuários argumentam dizendo que em contrapartida são muito confortáveis. Não tenho nada contra quem usa, mas particularmente acho que há opções mais agradáveis visualmente... de repente para usar em casa ou na praia pode ser uma boa opção.
      Não sou uma "centopeia" e em geral compro sapatos sobretudo de acordo com o preço e conforto. Adoro chinelos de dedo, acho que ninguém nunca descobriu isso porque nunca ganhei de presente, hoje em dia há modelos muito estilosos num preço ótimo! Sujos de areia de praia, então... tem coisa melhor? :D
      Fico pensando em como estava a alma da pessoa que teve inspiração para compôr essa belezura de música! Há dois anos fui a um show deles e ouvir a música ao vivo foi uma experiência inesquecível!
      Um abraço!

      Excluir
  10. Bia,

    só uso sapatos limpos e minha filha tambem, não guardo nada sujo. Odeio andar de tenis, somente se for fazer atividade física. Não uso rasteiras ou sapatilhas, vivo no salto-alto mesmo. Já usei mais alto do que atualmente, mas é assim que me sinto confortável.

    Amei seu post! :)

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym!
      Tenho duas amigas que andam só no salto e gosto demais das duas... sempre com o traço marcante da personalidade forte!
      Sei que também tenho personalidade, mas procuro me posicionar com suavidade. Quem se acostuma com salto quando coloca sapato baixo estranha, hahaha. Eu deveria usar um saltinho baixo, de uns 3 ou 4 cm, para ajudar na circulação, mas é difícil encontrar modelos assim.
      O mais importante é o conforto.... dos pés e da alma.
      Um abraço!

      Excluir
  11. Bia, uma de minhas amigas elabora sua primeira impressão sobre alguém a partir da observação dos sapatos (rss). Creio que eles nos podem dizer algo, mas isso não traz certeza, é duvidosa a conclusão, salvo em casos como aquele em que, de terno, o homem calça sapatos que mostram falta de cuidado. Certamente, em sua vida também age assim. Eu amo aqueles que já usei bastante e que sei, são tão confortáveis, que não me deixarão incomodada. Combiná-los com o estilo de roupa é fundamental. No calor de BH, não se pode dispensar as rasteirinhas e muitas são bem trabalhadas e belas, até chamativas, mas gosto delas mesmo assim. Um caráter diferenciado as valoriza até enriquece o visual.
    Quanto aos cuidados que mencionou, são indispensáveis. Já perdi tênis por deixá-lo guardado. A sola quebrou quando fui usá-lo (heheheheh). Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene!
      Pois é, através dessa postagem percebi que não estou sozinha no mundo com minhas divagações, hahaha!
      Sim, concordo, não se pode julgar uma pessoa somente pelos sapatos, pois sua escolha depende de "n" fatores como poder aquisitivo, carreira profissional, ou é escolhido por outra pessoa... eu diria que pode ser um indício, não uma certeza.
      Gostei da colocação sobre o cuidado... sim, com certeza um indicativo mais contundente.
      Há quem diga que uma mulher só é elegante de salto, eu não concordo... é preciso caminhar sobre um salto para que se torne elegante. E a elegância é algo que está nos gestos, no andar, no falar, não somente nos sapatos. Aqui onde moro também faz muito calor e acredito que dá para aliar estilo, conforto e elegância até com chinelos de dedo, hahaha.
      Vixi, também já tive tênis com a sola quebrando devido ao tempo sem uso, hahaha!
      Um abraço!

      Excluir
  12. Olá Bia,

    Nunca havia pensado a respeito, mas a sua filosofia até que procede-rsrs. Tenho uma cunhada que a primeira coisa que olhava nos homens era os sapatos. Eles eram os indicadores para ela sair ou não com um pretendente. Sapatos para mim têm que ser confortáveis, além de bonitos, elegantes e nada chamativos. Não gosto que olhem primeiro para os meus pés para depois conferir a dona deles-rsrs. Saltos, só uso esporadicamente e em ocasiões especiais. Amo sandálias rasteiras, botas rasteiras, sapatilhas e tênis. Já os chinelos de dedo, somente em casa, piscina ou praia. Gostei das dicas de cuidados para com os sapatos. Tenho perdido vários pares, que ficaram guardados por muito tempo nas respectivas caixas. Ao sair com eles, os solados foram soltando pela rua ou descolando. Diz o sapateiro que não se pode deixar sapatos guardados em caixas e sem uso, pois ressecam. Então, estou cuidando de doar alguns, já que não tenho pés para tantos calçados-rsrs. Fui lá na sua fanpage recordar a música do Roupa Nova. Gosto demais. Estou participando do sorteio.

    Belos dias para você.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera!
      Uma filosofia meio maluca, mas pode começar a prestar atenção... e me contar se não é verdade, hahaha.
      Penso que sua cunhada era um pouco radical, acho que não dá para deixar de conhecer uma pessoa devido aos sapatos, aí é reduzi-la a muito pouco.
      Meus sapatos costumam ser ao estilo dos seus... penso que o conforto é o primeira quesito para que o sapato permaneça no pé. Não dá para ser feliz e elegante usando sapatos que doem!
      Gosto muito de sapatos mas costumo comprá-los à medida que vou usando, pois também não tenho tantos pés, hahaha, e no dia a dia costumo usar tênis. Acho um pecado calçado guardado em caixa, costumo usar muito e sempre duram bastante. Mas o interessante é que sempre tem aqueles que são os "queridinhos" e se não descuidarmos, acabam usando sempre os mesmos, hahaha.
      Essa música é tudo de bom!!!
      Um abraço!

      Excluir
  13. Sou apaixonada por sapatos. Devemos usar os que nos fazem estar bem , sou assim ,uso e me divirto , as vezes em casa mesmo, não importa, me sinto bem e ,modestamente, o pé ajuda e muito rssssssssss bjusssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fatima!
      Já tive fases de andar com sapatos em casa, e também me sentia bem assim... hoje uso os chinelos de dedo, ou dependendo do dia, ando descalço mesmo, adoro!
      Um abraço!

      Excluir
  14. Quando o assunto são sapatos, não o que discutir. Mulheres são experts.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade... é sem dúvida um dos "queridinhos" das mulheres. ;)
      Um abraço!

      Excluir
  15. Que mania boa, Bia! rsrs Pelo menos é higiênica. Eu já tive preocupações com sapato sujo em casa e tal, mas com o tempo fui deixando de lado. Mas, por exemplo, tenho um chinelo que só uso em casa. Gostei dessas dicas de limpeza. Essa da pré-lavagem eu nem sabia. bjsssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio!
      Costumo tirar os sapatos quando chego em casa, não só pela questão da sujeira, mas pela sensação de liberdade de sentir os pés no chão. ;)
      Também tenho meu chinelinho de casa... gosto muito de andar descalça mas com o tempo a sola do pé vai ficando que nem um casco, hahaha.
      Aprendi essa da pré-lavagem em uma revista, e funciona mesmo, especialmente para os modelos estilo All Star. Um abraço!

      Excluir
  16. Olha só, Bia, uma personalidade interessante esta sua, o fato de gostar de mantê-los bem limpos ou engraxados podem denotar uma pessoa muito zelosa de suas coisas. Teu signo é Câncer, por accaso?
    Meu marido, de câncer, vive limpando os dele, passa graxa e está sempre com os mesmos bem cuidados. Os meus até que são limpinhos também, pois aqui a gente tem mania de chegar e ir tirando logo os sapatos e levando para a varanda dos fundos para arejá-los, nunca entramos de sapato no apartamento.
    Adoro sapatos e gosto de variar sempre, inclusive hoje, comprei uma sandalinha que estava namorando desde a semana passada, uma graça e super acolchoada.
    umbeijo carioca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beth!
      Sou zelosa mesmo com minhas coisas e com as pessoas que amo. Meu signo é Gêmeos, mas tenho acendente em Câncer. ;) E amo uma pessoa do signo de Câncer... conta? hahaha
      Interessante a observação sobre seu marido... tirar os sapatos é uma das primeiras coisas que faço quando chego em casa. Tirei os meus há uns dez minutos e estou descalça, que delícia, kkkk!
      Uma delícia esses sapatos com a palmilha acolchoada... gosto do básico com estilo, mas sempre com conforto, é primordial.
      Um abraço!

      Excluir
  17. Oiii Bia, eu sou como vc tbém, gosto de sapatos limpos, vejo pessoas que passam anos sem lavar um tênis fico incrédula, tenho que pegar no pé das minhas filhas para lavarem os tênis, se deixar por conta não lava nunca kkk mas eu não aguento vou lá e deixo tudo limpinho, tbém gosto de calçados baixos, raramente uso saltos, adorei suas dicas! bjossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kellen, somos bem parecidas nesse ponto... esse post surgiu quando eu vi uma sapatilha da minha filha três dias no tanque e não aguentei... fui lá e lavei, kkk! Ela sabe limpar muito bem, até melhor que eu, mas demoooora, e como acho sapato sujo um horror, já viu!
      E quando os adolescentes pegaram naquela "moda" de dizer que All Star bonito era o sujo? kkkk... Desculpa de quem não quer lavar, kkkk.
      Um abraço!

      Excluir
  18. Olá Bia, que artigo tão interessante! Os sapatos bem cuidados com uma roupa simples dão logo outro relevo à pessoa.
    Sobre a personalidade do modo como nos calçamos achei engraçada essa descrição que acho correcta!
    Penso que cada um de nós e salvo as tais ocasiões especiais gostamos principalmente de nos sentirmos confortáveis. Eu salto alto nunca usei. Aprecio sapato quase raso e gosto de misturar certo tipo de ténis com roupa do dia a dia! No verão também chinelos no dedo e sandálias bem práticas;))! Beijinhos e uma boa semana. Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ailime, e não é?
      Acho que limpeza e capricho independem de condição econômica ou classe social. Finalmente alguém disse que achou minhas considerações acerca da personalidade revelantes, hahaha.
      Olha, seu gosto é bem parecido com o meu. Acho um charme sapato de salto bem colocado e caminhado em uma mulher, mas para o dia a dia acho desgastante. Trabalho como professora, não tenho carro e ando para lá e para cá, uso tênis ou chinelinho de dedo, mesmo. Penso que elegância não combina com desconforto.
      Um abraço!

      Excluir
  19. Postagem de utilidade pública!!! Adorei as dicas pra limpar os sapatos. Eu confesso que nunca tive paixão por eles, aliás, comprar sapato pra mim é sempre torturante, pq todo sapato novo machuca meus pés!
    Mas concordo qdo vc di que eles refletem um pouco a personalidade de cada um. Tenho amigas que amam saltos altíssimos e sapatos coloridos. Eu sou mais discreta e adoro tênis. rsrs

    Um beijo, Bia, saudade de ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paty!
      Que bom ter gostado das dicas!
      Eu sou fiel a algumas marcas (baratinhas, diga-se de passagem) justamente pela dificuldade de encontrar uma fôrma que se adapte ao formato dos meus pés. Hoje já vou meio que me direcionando a essas marcas para que não machuquem.
      Minha filha gosta de uns saltos exóticos, hahaha, tanto que eu disse que ela se enquadrava na categoria "sem medo de mostrar sua personalidade e alto astral". Penso que você deve ser como eu, com personalidade, porém mais suave, propensa a curtir as coisas boas da vida sem se preocupar muito com status. :) Acertei? hahaha
      Um abraço, ando com saudades imensas da blogosfera. O tempo e o cansaço não tem sido bons amigos, hahaha. Mas já, já apareço por lá.

      Excluir
  20. Tbm cuido muito bem dos sapatos, inclusive na porta fica o chinelo, jamais entrar em casa com sapatos da rua, limpo e guardo kkkkkk
    Tbm acho que alguns modelos tem muito da personalidade da pessoa.
    Gostei do post...bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patrícia!
      Também tenho o costume de limpar os sapatos, não todos os dias, mas periodicamente... e os cuidados fazem com que durem muito tempo.
      Obrigada pelo carinho, um abraço!

      Excluir
  21. Bom dia Bia.. um assunto bem interessante.. acho um exagero de muitas mulheres e homens tb terem muitos pares.. ai se considera fugas.. eu sou bem de boa.. tenho um all star.. um sapato de 11 anos que comprei no meu primeiro emprego.. e um tenis da adidas de exatos 14 anos.. todos muito bem cuidados.. o da adidas o cara da loja que me vendeu disso.. tu ainda tem esse.. dise tenho e conservado.. sou bem cuidadoso com as minhas coisas.. tive dois tênis da adidas.. um durou 7 anos e este 14.. que vida né srs pena que não comprei dois pares na época teria tenis para meia vida.. sobre as mulheres acho muito bela a rasteirinha.. dão um ar suave e muito elegância tb..
    abração e um lindo dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samuel!
      É verdade, inclusive uma novela tratou esse tema, a compra compulsiva de sapatos como uma fuga. Há muitos modelos disponíveis e é preciso ter muita cautela para não sucumbir ao exagero. Tenho vários pares porque assim como você, cuido muito bem deles e duram anos. Fiquei espantada com sua simplicidade e capricho! Tênis Adidas eram os queridinhos do meu tempo de adolescência, mas acho que nunca tive um, eram caros, hahaha. Ao lado do All Star, que eu tinha porque na época eram baratos, hoje nem tanto.
      Você disse que acha mulheres de rasteirinha interessantes, olha só! Mais um traço que revela sua simplicidade e certamente grande apreço ao que a pessoa traz em seu interior. :)
      Um abraço, ótimo final de semana!

      Excluir
  22. Oi Bia,

    Interessante seu ponto de vista sobre os sapatos...

    Já usei vários tipos de sapatos, gostava muito de salto alto, mas hoje prefiro tudo que seja confortável, pra trabalhar tem que ser tênis preto, do contrário meus pés sempre incham no final do dia...

    Abçs

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! Além das mudanças físicas, acho que os sapatos revelam as mudanças interiores também... com o tempo vamos aprendendo a dar mais valor ao conforto, à simplicidade, ao aproveitar da vida com qualidade, e talvez os calçados reflitam isso.
      Não tenho muito inchaço mas tenho muitas dores nos pés devido à propensão à varizes, especialmente no calor. Os tênis ajudam a elevar um pouco os calcanhares, facilitando a circulação.
      Um abraço!

      Excluir
  23. Olá, querida Bia
    Estou conforme os fatos me levam só que tentando ficar de pé... já que sempre me pergunta como estou e vejo nisso uma extrema delicadeza... creio que está acompanhando o que passando estou pelo face...
    Bem, eu já gosto de fazendas, roça, música sertaneja (Paula Fernandes) e tudo relativo ao campo... Será que sou brega? Mas nem to aí.... gosto muito e... paciência!!! rs...
    Prosseguindo: sou de personalidade simples, pelo que li...
    Quanto ao colorido é meu forte (creio que tenho bom astral sim)... porém não os compro porque não gosto nada de ter tantos sapatos e me dedico aos básicos nas cores... assim, tenho menos pares... nada de exagero ou supérfluo... já passei da idade disso... rs...
    Uso usaflex e hoje vi um super colorido e o preço era tão salgado que lá ficou... só compro preto, marrom, azul marinho e ganhei uma vermelha da tia (usaflex, de 'velha' mesmo...rs... pelo conforto com a coluna de 6.0... rs...
    Agora, vou te contar uma de morrer de rir, em princípio: tive uma amiga no ES da equipe de espiritualidade que ficou 'detonada' quando soube o por quê tinha mil sapatos e sempre chorava na hora de sair porque não achava o que queria... Vc deve saber que isso não é normal, claro!!!
    Feliz dia do blogueiro!!!
    Bjm fraterno e quaresmal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rosélia!
      Minhas delicadezas alcançam as pessoas que merecem, e você é sempre muito doce e querida. Espero que a fase difícil passe rapidamente e confortada pela fé.
      Não me entenda mal, gosto do campo, sobretudo para passear... mas não tenho hábitos sertanejos, digamos assim. Contudo respeito quem o tem, só quis dizer que para conviver com alguém com quem os gostos são bem distintos, a longo prazo, é complicado, porque você acaba deixando de ser você mesmo.
      Tmabém só compro aquilo que tenho certeza que irei usar, tanto pelo modelo como pleo conforto. Já passei da fase de comprar por impulso, hoje, se estou em dúvida, vou para casa e só volto para comprar se tiver certeza que será útil.
      Os sapatos estilo "flex" são muito confortáveis e os modelos hoje estão muito bonitos! Tem razão, com o preço salgado, melhor comprar cores básicas e usáveis.
      Agora, não achar o que queria é o que se diz "pecar pelo excesso", hahaha!
      Um abraço!

      Excluir
    2. Olá, querida
      Pode deixar que entendi direitinho o seu parecer... tá?
      Vc não me parece ser pessoa de indelicadeza e nunca vi isso em seus post... aliás, está na minha lista de pessoas 'impecáveis' (não faz alusões constrangedoras pra ninguém mas diz a verdade do que sente)... no bom sentido (que me respeitam e aos demais, isso não é cem por cento certo na blogosfera, querida, sei que sabe disso)... e é louvável quem procede assim no meu ponto de vista...
      Me considero um pouco brega para muitas coisas e um pouco chique para outras tantas... rs... Sendo assim: normal...
      Bjm fraterno e quaresmal

      Excluir
  24. Oi, Bia!
    Pé deveria ser assunto de Estado! Afinal, se o pé vai mal, a cabeça também!! Já percebeu que quando um pé é maltratado, todo o corpo adoece, a começar por provocar dores de cabeça? Não à toa os orientais privilegiam essa parte do corpo na hora de uma boa massagem.
    Dou preferência para calçado mais leve e uso tênis apenas para fazer exercícios. Gosto das botas, inclusive dessas de bico fino que se referiu no texto - Tenho uma que adoro usar quando vou aos shows de rock :D Mas no dia a dia uso um saltinho de pelo menos 3 cm ou mais. Sandálias rasteirinhas não fazem muito bem para a coluna e prefiro usá-las quando vou à praia. Sandália de dedo me dá alergia por causa do plástico. Não quer ter chulé e ter pele lisinha, não use material sintético.
    Olho bastante para os pés das pessoas. Culpa da minha mãe. Ela dizia que o pé por ser o local mais extremo que a nossa mão e olho pode alcançar, era o mais difícil de cuidar e que, quem não cuida do pé, não cuida de nenhum lugar do corpo! (rs*)
    Sobre relacionamentos, eu nunca namoraria um homem que usa sapato social com plaquinhas. Mais distante ainda se forem douradas. Acho o cúmulo da breguice. Mas cala-te boca, pois a gente sempre paga a língua! :)
    Não sujo sapatos, mas se isso acontece por causa de chuva, tiro antes de entrar em casa. Em caso costumo andar descalça e no inverno com uma meia ou pantufa.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  25. Muito bem observada.
    Uns tempos atras eu só usava chinelo, era chinelo em casa, chinelo na escola.
    Era chinelo no chá de bebe e até no metrô eu usava chinelo.
    Foi um momento da mnha vida d TOTAL desleixo.
    Hoje uso muito all star que de branco está cinza kkk

    ResponderExcluir
  26. Quando eu era criança, meu pai fazia isso com os sapatos que eu usava pra ir à escola, um costume que ele usava pra ele, adquirido na MB. Hoje em dia não tenho mais sapatos que precisem de graxa, mas eu continuo cuidando dos meus sapatos como meu pai me ensinou... Parabéns por ser caprichosa assim. beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Bia querida que bom ler as dicas de como conservar os sapatos, tbém gosto deles bem cuidados, tenho uns aqui que vou dar um fim neles, já enjoei e os que gosto acabam logo, gosto de calçados bem confortáveis,e TENIS só pra caminhar mesmo
    não sou uma consumidora de sapatos tenho pouco, e adoro salto não muito alto mas acho super chic usa-los.......não tenho transpirações nos pés e nem o tar do chulezinho rsrsrsrrssrr...enfim é isso ai foi bom falar sobre os belos calçados

    Abraços de bom final de semana

    __________Rita!!

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.