sábado, 2 de agosto de 2014

A chave: a dicotomia magia ou razão

Conversando no último post com meu amigo virtual Samuel Balbinot, do blog Lapidando versos, constatamos a riqueza do conteúdo de alguns livros que convidam a olhar para si e reprogramar-se mentalmente. Porém, alguns livros, como "O segredo", de Rhonda Byrne, sugerem uma espécie de mágica que pode acontecer se você acreditar, mas acreditar muuuito, que a magia já aconteceu. Será possível?

imagem daqui

Quem me acompanha sabe que sou encantada por PNL - Programação NeuroLinguística, a quase ciência embasada, porém não comprovada, que estuda a capacidade racional de modificar padrões de pensamentos e atitudes. É um assunto no qual ainda engatinho e pretendo me aprofundar. Acho fantástica a capacidade que o ser humano tem de, com adequadas "chaves", mudar sua vida. Não me interesso em PNL como ferramenta manipuladora, tampouco de chantagem emocional. Acredito que o que é conseguido com atitudes e palavras manipulatórias tem bases vazias e destituídas de boas emoções, e nesse caso, seus resultados não podem gerar meu combustível preferido: alegria.

Voltando aos livros, sugerem que o que você deseja deve virar uma afirmação constante e no tempo presente, usando "sou" ou "tenho" no lugar de "eu quero" ou "eu poderia". Certo, mas há uma dificuldade de acreditar sinceramente em algo que ainda não é uma realidade. Nesse sentido, acredito que o melhor livro que li nos últimos tempos foi "A lei da atração", de Michael Losier . Esse trata do uso da PNL na prática para modificar os padrões que estão angustiando ou entravando o fluxo da vida.

O autor defende que a dúvida gerada por uma afirmação que não é realidade dificulta ou até impede mudanças. Porém, há palavras que usadas no início de frases afirmativas mudam os padrões de pensamento sem parecer que estamos mentindo para nós mesmos. Exemplos, use:

  • Estou no processo... do que devo saber, fazer ou ter para viver um emprego satisfatório.
  • Eu decidi... que esse é o momento para comprar minha casa na praia.
  • Adoro a ideia... de que estou viajando pelo país.
  • Estou disposto a acreditar que... 

Outro exemplo prático quebra crenças limitantes que são chaves impeditivas de buscar o que se deseja. A crença limitante existe quando você deseja algo mas responde involuntariamente a si mesmo "não posso porque...". Essa é uma crença limitante. Para modificá-la, não é recomendado usar a primeira  pessoa "eu posso porque...", pois pode gerar pressão, o que gera insegurança e vibrações negativas. O recomendado é usar a terceira pessoa imaginando quantas pessoas podem fazer o mesmo - e você também. Como:

  • Não posso abrir meu negócio porque não tenho experiência por ---> Milhares de pessoas no mundo estão abrindo hoje seu próprio negócio.
  • Não posso viajar porque tenho pouco dinheiro por ---> Milhares de pessoas conseguem meios de viajar para onde desejam.
  • Não posso saltar de para-quedas porque tenho medo por ---> Muitas pessoas encontram coragem para saltar de para-quedas.

Outro passo importante é viver de acordo com o que deseja. Por exemplo, uma garota que deseja casar mas gosta muito da liberdade de uma balada com as amigas pode estar emitindo uma vibração contrária e confusa. Alguém que deseja abrir um negócio mas não planeja suas finanças, não procura a estrutura para o negócio, acaba não abrindo seu negócio.

Por fim, é importante estar atento para perceber quando as mudanças de pensamento geram respostas positivas, mesmo as pequenas, e saber agradecer, sempre e muito, pois a gratidão gera um sentimento de compensação que impulsiona a continuar acreditando. Saber receber e sentir-se merecedor é o passo mais importante. Embora os livros tratem da sintonia mágica com o Universo, não posso afirmar que isso existe de fato - embora traga conceitos baseados em física quântica, não mensurados, portanto, não comprovados - mas posso afirmar que essas mudanças de chaves mentais, embora exijam uma boa dose de autodisciplina, causam sentimentos bons que no mínimo, tornam a vida mais agradável e positiva.


Quem não acredita na surrealidade da  magia, que acredite na racionalidade da reprogramação. O importante é acreditar. Na dúvida, eu acredito nos dois. hahaha


Obs: quem quiser se aprofundar  e encontrar  passo a passo prático e detalhado pode consultar o livro A Lei da Atração, 99 páginas, disponível em alguns sites em arquivo PDF.

40 comentários:

  1. Hoje estou passando para agradecer
    sua amizade, desejar sempre o melhor
    pra vc, e fazer um convite para
    participar do sorteio que vou fazer
    pelo niver do meu Blog, são 3 anos
    de muita alegria, venha festejar comigo....

    Abraços de bom final de semana
    Bjusss

    (¯`´¯)
    `*.¸.*´
    ¸.•´Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita! Obrigada pelo convite, já passei por lá! Parabéns pelo niver do blog, o meu também está fazendo aniversário de 3 anos amanhã! :D Um abraço!

      Excluir
  2. OPI Bia,
    Esse livro é para vocês que são mais jovens, eu não preciso dele, pois sem conhecê-lo fiz tudo que sonhei na minha vida. Já pensou deixar meu marido, havia 6 meses de casamento para ficar 2 anos na França, pois ganhei uma bolsa de estudo?Eu fui. Fiz tudo que tive vontade na vida. E é por isso que uso o verbo no passado. Se for falar no presente são só dores, mágoas e sofrimentos.
    Não que eu viva o passado, só nas minhas postagens, ainda saio um pouco, viagens curtas, comer bem em restaurantes( adoro isso agora) e sou feliz.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli!
      Puxa, que ousadia! Realmente uma oportunidade única ir à França com bolsa de estudos! O engraçado é que ler seu depoimento me fez pensar que, apesar de ser ousada, acho que não deixaria meu marido por uma bolsa de estudos. e isso não me traria arrependimentos, porque o amor é algo muito marcado e mim. Mas admiro sua disposição para seguir os caminhos que desejava!
      O importante é que não só foi, como é feliz, fazendo seus passeios... que as alegrias que eles proporcionam sejam sempre maiores que as dores.

      Excluir
  3. Gostei de te ler,Bia e acredito que a magia e razão podem andar juntos, desde que não nos entreguemos apenas a um e outro!

    beijos,lindo fds! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica, tem razão... quando ambas andam juntas, penso ser o ideal! Ambos precisam de bons alimentos, na medida certa! Um abraço!

      Excluir
  4. Boa tarde Bia.. pois é.. muito a ser feito... muito é falado .. muito é lido por todos.. e o pq para alguns acontece e para outros não né..
    realmente os pensamentos tem um poder fora do comum.. posso dizer que depois que comecei a fazer alguns simples práticas e algumas afirmações.. meus sonhos se tornaram um transbordo de visões e eu que nunca lembrava de sonho algum passei em duas semanas a observar tudo..
    existe sim uma força muito grande em tudo que se pensa e se diz..
    e eu era e ainda sou para comigo mesmo.. critico demais.. estou acalmando.. sei que preciso acalmar..
    é uma luta diária.. até fiz frases positivas para cortar os efeitos das criticas.. tem que haver saidas.. e só o tempo vai nos mostrar a melhor direção..
    quando por fim estivermos preparados..
    sobre meu sobrenome é Balbinot ok rsrs
    mandei os audios no teu email. deves ter recebido..
    abraços e até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samuel! Desculpe sobre o sobrenome, li certo mas digitei errado, hahaha, já arrumei. Recebi sim os livros e áudios, agradeço a generosidade, vou vendo com calma.
      É mesmo curioso como ficamos mais receptivos quando mudamos o foco do pensamento angustiante para um pensamento promissor. Eu aprendi a contemplar o simples e ele se torna ainda mais bonito quando estou bem.
      Quanto às críticas pessoais que ainda percebe, afirmo que, embora os livros da Louise Hay sejam muito bons, o Lei da Atração na prática surtiu mais efeitos em mim por ter uma abordagem diferente. Comecei a sentir um conflito quando eu pensava "eu sou..." sabendo que não era. Quando queremos nos forçar a ser de um outro jeito acabamos angustiados e tristes conosco. Mas sentimos que precisamos mudar... e nesse sentido imaginar "eu estou no processo de ser de tal jeito" ou "eu decidi que posso fazer tal coisa" dá a ideia de ação, mas não de repressão contra o que estamos sendo no momento. E dessa forma, aí sim, surte o efeito, porque os livros em geral ressalvam que as mudanças precisam trazer alegria para gerar vibrações positivas.
      O livro de Michael Loisier é imbatível em termos práticos para nos ajudar a mudar um padrão dessa forma mais "realista". Se ainda não leu me avise que envio pra você, tenho em PDF.
      E vamos caminhando, né? :D
      Um abraço, ótimo semana!

      Excluir
    2. Muito bom dia Bia.. sem problemas quanto ao sobrenome rsrs
      que bom que recebeste tudo.. tenho muitas coisas mais e te mando logo logo..
      sim.. muito a ser feito... mas parar e refletir ajuda muito..
      eu consigo perceber o tempo que perdia pensando coisas e mais coisas e esquecendo de mim..
      já tinha lido coisas sobre a lei da atração e nunca funcionou para mim.. devo ter muitas crenças limitadoras.. mas vou libertando-me delas.

      já baixei este que tu me indicou.. e parece ter uma linguagem fácil..
      temos que encontrar onde a coisa esta sendo barrada né..
      muito grato pela dica.. tenha um lindo dia abraçãoooooo

      Excluir
    3. "Temos que encontrara onde a coisa está sendo barrada", hahaha, ótima colocação... encontraremos, passamos a vida desfazendo nós. Esse livro é prático mesmo, ótimas dicas para instigar sentimentos positivos. Depois que ler me conta! Um abraço!

      Excluir
  5. Muito interessante o post, e muito obrigada pela sugestão do livro. Reprogramar a minha mente é algo que adoraria fazer.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elvira, vale a pena... se quiser ler posso enviar pra você, é só me avisar. É bem rapidinho pra ler e os exercícios são fáceis de se colocar em prática. Um abraço!

      Excluir
  6. Bia,eu já li esse livro e acredito que atraimos tudo que pensamos, porisso é legal esse exercício de dirigir nossa mente para coisas boas. Gostei muito de seu texto,adoro esses assuntos! bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anne! Essa experiência de atrair o que pensamos é curiosa, quando se passa a observar atentamente o cotidiano, percebe-se que faz todo o sentido. E coisas boas nunca são demais, não é mesmo? Agradeço o carinho, um abraço!

      Excluir
  7. Eu acredito na Lei da Atração, mesmo que façamos inconscientes. Atraímos o que pensamos, mas nem sempre é assim. Não consigo entender porque atraímos coisas ruins ou pessoas não adequadas ao nosso convívio. Deve ser coisa de subconsciente mesmo.
    Mas sei que pensamento positivo já é meio caminho andado.
    Esse assunto é muito interessante, Bia, e seu texto está ótimo!
    Uma boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clara! Acredito que o subconsciente tem uma parcela de interferência, embora o consciente consiga, com certo esforço, dominar o subconsciente. A realidade é que viver policiando os pensamentos não é muito fácil, sobretudo antes de virar um hábito, mas é compensador.
      Também acredito que coisas ou pessoas ruins fazem parte do exercício de viver e é na escolha de como lidamos com isso que está a diferença, nesse sentido a Lei da Atração pode ajudar bastante.
      Que bom ter gostado, um abraço!

      Excluir
  8. Olá, Bia
    Bem? Comigo, sim!
    ...penso que , é possível sim, pois entendo que quanto mais soubermos sobre nós próprios, melhor conduzimos a nossa vida e com essa consciência, ativa, podemos conseguir o que queremos, e como podemos lidar com aquilo que não controlamos...no que diz respeito a ação e reação, acredito que sempre geramos em nós tudo o que queremos e acreditamos ...penso que não se podem ter respostas, nem postivas nem negativas, quando não se sabe quais são as perguntas... na vida só se acha o que se procura...( "a dúvida gerada por uma afirmação que não é realidade dificulta ou até impede mudanças")...
    e por fim, creio que quando temos um pensamento, atrairemos pensamentos semelhantes para si...e as escolhas tem que ser feitas conforme sentimos, "viver de acordo com o que deseja" pois , se for o bem, nos envolveremos com este e por mais que o mal surja, podemos transformá-lo conduzindo-o ao bem...
    Boa noite, obrigado pelo carinho das palavra em meu blog, bela semana,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felis!
      "Podemos conseguir o que queremos, como podemos lidar com aquilo que não controlamos"... ótima colocação. Talvez seja justamente essa união que pode resultar em melhor qualidade de vida. Acredito que grande parte do desânimo vem quando buscamos controlar o que não podemos, ou quando algo não sai como planejamos, na verdade isso não exige um retrocesso ou uma desistência, mas uma mudança de foco, que acontece naturalmente quando aprendemos a usar as palavras a nosso favor.
      Os livros que tratam do assunto ressaltam a importância da clareza sobre o que se quer e atitudes que correspondam à essa clareza. Dúvida gera mais situações duvidosas.
      O mal, os sentimentos que enfraquecem, fazer parte do humano, é preciso ter essa propriedade muito firme de retomar o domínio do bem sempre que for necessário.
      Meu comentário em seu blog foi oriundo do que postou sobre comentários, vejo que há pessoas que levam os blogs para o lado pessoal no mau sentido, levam as coisas a ferro e fogo e esquecem que cada um é cada um, com seu estilo de pensar e escrever.
      Um abraço, tudo de bom!

      Excluir
    2. Olá, Bia
      sim, muitos "letrados profissionais" pensam que nós, "amadores",não temos condições de , por si só ,escrever/comentar algo como o "céu é azul"...eu não gosto muito de falar de mim,porque nesse mundo, por vezes (?) hipócrita e dissimulado, quem fala de si mesmo, de forma positiva, é considerado pedante...mas, posso te garantir,que tive todas as condições de desenvolver meus conhecimentos, gerais, e quando não tive oportunidade , me dediquei , me determinei ou aprendi com a vida e pior, e é verdade, alguns poucos, só conseguem perceber má intenção nas pessoas,sem nenhuma proximidade ou diálogo...mas, Graças à Deus, tenho amigos/as ,aqui na Blogosfera,que me ensinaram à contar até 10 , à ver o lado positivo das coisas e por pessoas assim, como ti, que pemaneço aqui,fazendo o meu melhor , possível...
      Obrigado pelo carinho, bela continuação da semana, beijos!

      Excluir
    3. Olá, Felis!
      As pessoas duvidam tanto de pessoas que buscam se melhorar e dar seu melhor desinteressadamente que às vezes eu me pego duvidando de mim mesma, kkk, bem absurdo!
      Sei que há pessoas com desejos e sentimentos bons e genuínos e como disse, é o que nos mantem firmes, tanto na blogosfera, como na rotina da vida real.
      Quanto mais o tempo passa, mais acredito que o conhecimento real não distancia, mas aproxima, não é sinônimo de arrogância, e sim de humildade.Quem se diz muito letrado e usa isso para julgar e detonar o outro precisa percorrer um longo caminho nas vias do conhecimento.
      Um abraço, ótimo domingo!

      Excluir
  9. Bia,

    Sempre muito bom ler o que você escreve.
    Acho que nunca é tarde pra realizar os sonhos. Já vivi mais de meio século, e ainda tenho planos para o futuro. O tempo não para.
    As crenças limitadas não nos levam a lugar nenhum.
    Uma linda semana! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucinha! Está certíssima, ter plano para o futuro sempre é um dos maiores presentes que podemos nos dar na vida... sonhar, planejar, realizar, e começar tudo de novo! Está comprovado que é um ciclo que mantém o viço de viver! :D
      Somos muito maiores que crenças limitadas... expandir nossos horizontes, sempre!
      Um abraço!

      Excluir
  10. Que tema tão interessante.

    E estou bem precisada destas reflexões e reprogramações.

    Já li algo sobre o assunto, porém gosto de certezas e como as adquirir?

    Sou meio confusa, não é? Eu sei.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pérola!
      Certezas... quem não gostaria de tê-las? Mas às vezes fico pensando que se tivéssemos todas, não haveria a graça das boas surpresas da vida!
      Penso que deve-se ter certeza do que se quer, e estar aberto ao que naturalmente virá a partir disso.
      Um abraço!

      Excluir
  11. Oi Bia,

    Além de ler o segredo também assisti esse documentário em vídeo, e isso tem me ajudado muito. Li a Magia que também foi escrito por Rhonda Byrne. A lei da atraçao é surpreendente, as coisas acontecem em torno dos nossos pensamentos, pude comprovar isso. Adoro alquimia, adoro mistérios...e desvendá-los é sempre intrigante!

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! Não assisti esse documentário, mas o livro é bem interessante. estou lendo A magia nesse momento, embora tenha desenvolvido esse hábito saudável do agradecimento há algum tempo, mas nesse livro é como se fizéssemos um agradecimento mais cuidoso do que nos cerca. É interessante.
      Também já comprovei os efeitos quase imediatos do efeito dos pensamentos nas nossas vidas... Já leu a A Lei da Atração na prática, do Michael Loisier? É imbatível nessa linha, se quiser envio pra você por e-mail, é só me avisar.
      Um abraço!

      Excluir
  12. Sou indecisa.
    Mas acredito que as palavras tem poder, já ouvir dizer que esse livro é muito bom.
    É um bom assunto.
    E.........

    Olá Bia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dayane! Espero que esteja tudo bem contigo.
      Indecisão emite sinais confusos, como ondas de um rádio mal sintonizado.
      Sintonizemos!
      Um abraço!

      Excluir
  13. Nossa, que interessante, Bia. Não tinha conhecimento sobre isso não. Nem por alto. Pensei que tinha a ver com hipnose, mas é totalmente distinto. Gostei de me inteirar um pouco. Desperta atenção mesmo. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio!
      Há muito tempo li sobre hipnose, mas não me lembro muito bem... acredito que já seguiria uma linha mais manipulatória, um campo com a qual não me sinto à vontade.
      Tenho os livros em PDF, se quiser, posso enviar pra você. Um abraço!

      Excluir
  14. Eu acho isso muuuuito interessante. De um momento pra cá tenho adquerido essa vibração positiva e realmente tem funcionado.
    Até o momento eu não sabia que tinha um estudo aprofundado.
    Acredito que minha ansiedade diminuiu, por causa da reorganização dos meus pensamentos.

    ResponderExcluir
  15. E não é, Nathália? Ótima colocação, "minha ansiedade diminuiu, por causa da reorganização dos meus pensamentos". Aprendi o valor do foco, que nada mais é do que a organização dos pensamentos e o delinear de sonhos e objetivos.
    Cercar-se de boas vibrações realmente proporciona uma rotina surpreendentemente menos conturbada.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Tudo bem Bia?

    Eu penso da seguinte maneira: Se eu não acreditar em meus sonhos, quem vai acreditar?
    Claro que não basta somente sonhar e acreditar. Paralelamente a isso, temos que se arregaçar as mangas e encontra formas de realizar nossos sonhos. As pessoas de sucesso que conheço, conseguem enxergar a longo prazo o desenrolar de seus sonhos e batalham no presente para isso. Persistência, coragem, um pouco de ousadia e fé, são pontos fundamentais que irão determinar o sucesso ou o fracasso de alguém.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nestor. Traçou um roteiro eficiente para a realização dos sonhos, começar hoje com foco no amanhã, sem perder a confiança em nenhum momento. Também são necessárias energia para não se deixar abater pelo cansaço e disciplina.
      Ninguém tem o direito de dizer que nossos sonhos são tolos ou ilegítimos, cada um sabe o que vai em seu coração. Um abraço!

      Excluir
  17. Oi, Bia!
    Algumas pessoas colocam obstáculos que não existem antes da tentativa de realização e varrer o lixo do pensamento é um bom treinamento motivacional. Sobre a PNL, escrevi sobre em "Cérebros Reciclados". Já faz um tempinho... e a sua postagem acrescentou! :) Hum... eu não gostei do livro "O Segredo!.
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luma, esse é o ponto!!!! É impressionante a velocidade com que acumulamos esse lixo no pensamento sobretudo em períodos de stress, cansaço, sobrecarga emocional... Criamos os famosos "chifres em cabeça de cavalo" sem sentir e quando percebemos estamos tomados por insegurança e sensação de incapacidade. Por ter passado algumas fases assim - e saber que isso acontecerá durante a vida - atesto a eficiência de se dedicar a reprogramar pensamentos eliminando os destrutivos.
      O livro "O segredo" gera opiniões controversas, normal... de fato há uma surrealidade na teoria, o que pode gerar uma autocobrança ou expectativas exacerbadas. "O lei da atração" do Michael é bem menos surreal e bem mais racional, ajudando a direcionar melhor os pensamentos. Já leu esse? Se quiser posso enviar pra você...
      Vou espiar seu post, não lembro se já li, mas tenho certeza que me acrescentará, e muito!
      Um abraço!

      Excluir
  18. Querida Bia e amigos,

    Estou desde julho com problemas tecnicos (da operadora Oi/Velox) e muita dificuldade para ler e responder, inclusive meus proprios textos. Estou pensando como resolver e voltar a ativa.

    Recebi sua cartinha, já li 2 vezes e está andando comigo na bolsa todo dia.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym!
      Tenho tido problemas com a Oi/Velox especialmente aos domingos, o dia que mais poderia usá-la... hoje pela manhã não estava funcionando! Espero que você consiga resolver em breve seu problema.
      Fico muito feliz que tenha gostado da carta, :D desejo a você tuuudo de bom, mito amor e carinho! Abraços!

      Excluir
  19. Trata-se de "jogos" que conseguimos fazer com a nossa mente, pra nos beneficiar. Sim, isso é possível e eu acredito demasiadamente nessa "magia".
    Pensamento positivo é capaz de mudar comportamentos. É importante mudarmos primeiramente o pensamento, pra depois, cambiar o comportamento.
    MUITO bom seu texto, Bia.

    ResponderExcluir
  20. A verdade que muitos duvidam é simples e científica:

    " O Universo, que responde os pensamentos você pensa, não distingue entre um pensamento trazido por sua observação de alguma realidade que você testemunhou e um pensamento trazido por sua imaginação."

    E isso diz muito!!!
    Namastê!

    ResponderExcluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.