sábado, 21 de março de 2015

Blogagem Coletiva: Vamos viajar com a Chica?

Dia 21 de março. A vida é móvel. Certezas não são estacas e viver com perspectivas ajuda a flexibilizar. Por esse motivo, o post de hoje fala sobre uma das melhores formas de manter a leveza na bússola dos nossos sentimentos: viajar.



A Chica fez o convite e eu aceitei. Acessei meus arquivos de férias e encontrei imagens de Morretes, cidade histórica do Paraná, uma lindura de tão charmosa e bem cuidada.

Repleta de arquitetura colonial muito bem conservada, a região central oferece pousadas, restaurantes e cafés, além de manter na pracinha uma feira com vasta gama de produtos típicos artesanais como bala de banana, doces, compotas, cachaça de banana, licores, entre outros, e várias opções de artesanato local.






Minha foto preferida dessa série!



O Rio Nhundiaquara corta a cidade sendo muito frequentado por banhistas que sobem o rio em sua cabeceira para descer em boias alugadas de pneu ao sabor da correnteza. Famílias e casais sentam nos bancos em seu entorno para apreciar a tranquilidade do lugar.









Os restaurantes oferecem barreado, prato típico da região. Teria surgido entre os roceiros que cozinhavam a carne bem temperada em panela de barro até desfiar e serviam aos patrões quando iam visitar as lavouras. Consolidou-se durante o entrudo, precursor do Carnaval, onde os dançarinos de fandango (dança típica local) estimulavam suas senhoras a deixar o prato preparado para que elas os acompanhassem nos bailes e não precisassem se preocupar em fazer comida todo dia, uma vez que para servir basta esquentar e servir com farinha em forma de pirão e banana da terra.,. além de dar "sustância", kkkk!




Restaurante com elementos de uma antiga estação de trem. Fotos da apresentadora Ana Maria Braga que esteve no local.




Minha mãe me ensinou uma versão muito fácil e deliciosa do barreado: em uma panela de pressão coloque a posta vermelha em cubos grandes (com a gordura), cebola em rodelas, bacon em fatias, cheiro verde picado, sal e pimenta. Sem refogar cubra com água e feche a panela, leve ao fogo e verifique de tempos em tempos, acrescentando água, acertando o tempero e cozinhando até que a carne esteja desfiando (cerca de 2 horas). Sirva bem quente com farinha de mandioca, arroz branco e banana (eu dispenso a banana, kkkk).




O que mais gosto do lugar é ver o capricho com que são conservadas as fachadas e a delicadeza dos desenhos de arquitetura. Sempre me pego pensando quem já passou por aquelas ruas de pedra, quem morou e fez sua história naquelas casas, sem falar que qualquer lugar que tenha água para mim é especial.











Nosso passeio terminou na igrejinha do alto do morro... e com a lembrança da minha mãe de que quando se entra em uma nova igreja se fizermos um pedido ele será atendido. Após fazer as fotos, mais uma vez me ajoelhei, agradeci o que tenho e meu pedido foi... o mesmo. 








A paisagem na estrada passa. A vida é móvel. Certezas não são estacas e na minha bússola, tenho um amor.  

[que mais importa?]

Por ora, sigo a correnteza do rio.


Conheça outros lugares e participações para essa blogagem clicando ---> aqui.

46 comentários:

  1. Bom dia,
    Linda a sua participação
    O sul parece uma parte isolada do Brasil com a sua cultura e beleza.
    Há tempos quando fui lá a passeio não havia tanta violência, hoje a região está se igualando as outras.
    É uma pena
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lua, tem razão... a população local está se expandindo e consequentemente, a violência. Sobre isso a tomada de consciência pessoal é o melhor caminho para a transformação, o que requer tempo e investimento em políticas públicas, além de oportunizar igualdade social. Um abraço!

      Excluir
  2. Bia, que lindo como nos mostraste Morrwetes. Adorei! Uma foto mais linda que a outra. Como tua mãe também sempre faço isso nas igrejas, ao entrar pela primeira vez e o pedido, sempr o mesmo!rs...
    Adorei a ponte, belos lugares pra ver e guardar nos olhos e coração! Obrigadão! Levei teu link!


    bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chica! É um lugar pequeno, os grandes atrativos acontecem em torno desse núcleo ou na Estrada da Graciosa, um pouco mais adiante, mas é sempre uma delícia estar nesse lugar. Que bom que gostou! Estava com essas fotos para postar desde janeiro, sua Blogagem foi a oportunidade.
      Meu pedido é o mesmo há alguns anos... mas do seu jeito a seu tempo, Deus está me atendendo. :) Um abração!

      Excluir
  3. Oi Bia!

    Estive a pouco em Curitiba/PR , mas no dia de visitarmos Morretes, caiu uma chuva muito forte.
    Sem problemas! Numa próxima vez estaremos aí!
    Minha filha vistou Morretes e amou!
    Realmente é uma linda cidade repleta de histórias e encantos, não é?
    Viva Morretes!

    Lindo finde!

    Bjksss


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nadja!
      Com chuva forte a região não é muito recomendada, pela cheia do rio e pela estrada sinuosa. No dia em que fomos havia acabado de chover forte, porém foi uma chuva passageira.
      Não deixe de vir da próxima vez! Curitiba também é das minhas preferidas! Um abraço!

      Excluir
  4. Gente, que lugar lindo e aconchegante! Preciso conhecer. Eu amo viajar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Selma!
      Venha, tenho é um ótimo lugar para relaxar. Na região tem também Curitiba, Paranaguá, as praias, Antonina, tudo pertinho...
      Um abraço!

      Excluir
  5. Linda cidade. Obrigada pela partilha. Adorei o passeio.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elvira! Sempre passeio com seus lugares, hoje foi sua vez e passear comigo! ;) Um abraço!

      Excluir
  6. Olá, querida Bia
    Menina, vc e eu adoramos viajar...
    Que fotos lindas!!
    Pontos encantadores da sua cidade vc nos brinda e me deleitei nesta noite... refresquei a mente e me senti comendo a tal barreado... não passo mal em nenhum lugar... 'inculturo' a comida típica numa boa... rs...
    A parte do bistrô que comeria doces até me regalar... rs...
    Igrejas assim antigas me fascinam...
    Valeu mesmo viajar com vc!!! Foi uma viagem bem alegre e feliz...
    Bom fim de semana!!!
    Bjm quaresmal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rosélia! Sabe quanto gosto de suas fotos! :)
      Morretes fica próxima a minha cidade...eu também considero interessante absorver a cultura local o que inclui a culinária. De Florianópolis lembro os frutos do mar servidos muito tenros e saborosos... de Minas os doces de compota maravilhosos, um pão de queijo único e os torresmos beeem sequinhos. Penso que faz parte do processo de "inculturar", como bem citou.
      Gosto muito da delicadeza das igrejas de interior, de uma singeleza sem igual. Essa é extremamente bem conservada.
      Um abraço, ótima semana!

      Excluir
  7. Puxa vida, Bia, e pensar que eu tive a oportunidade de conhecer Morretes há muitos anos atrás e achei que não valeria a pena! Você me mostrou que Morretes é linda e é do jeitinho que eu gosto de conhecer as cidades do Brasil! Postarei a minha talvez na segunda! Apareça! Um super abraço! Linda semana de alegria e bênçãos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria!
      A cidade teve investimentos em turismo e há alguns anos é bem valorizada nesse sentido, apesar de ser pequena. Em uma próxima oportunidade, não deixe de conhecê-la!
      Agradeço o convite e em breve visitarei os blogs participantes da blogagem.
      Um abraço!

      Excluir
  8. Bia,
    Que linda cidade! Estou maravilhada com as fotos! Que viagem!!!!!
    Tbm tenho o habito de fazer um pedido, quando entro pela primeira vez em uma igreja,
    Amei esse lugar!!!
    Bjs e uma noite de paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucia!
      Visitar Morretes é como voltar um pouco no tempo... bom para relaxar. Que bom que gostou! :)Um abraço!

      Excluir
  9. Oi Bia,
    Que linda participação!
    Morretes, é uma das mais belas cidades do litoral paranaense.
    Amei o 'passeio', as fotos são encantadoras.
    Um abraço \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clau! Sim, é bem pequena, mas muito bonita. Gosto também da estrada, com vegetação intensa, viajar por ela já é um convite ao relaxamento. Um abraço!

      Excluir
  10. Querida Bia,

    Lindas imagens! Adorei o que compartilhou, porque é uma cidade diferente para mim.
    Sabe o que eu reparei?
    A limpeza no chão de paralelepípedo (raros papeis).
    Isso me faz lembrar de cidadezinhas na Europa.

    Beijinhos e otimo domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sissym! Escolhi fotos de Morretes justamente por ser um lugar diferente. Sabe que amo fotografar e tenho várias em meus arquivos.
      Lendo o que escreveu, sobre parecer uma cidadezinha da Europa, me fez lembrar as fotos que colhemos no Pinterest. Sobre a ausência dos papeis no chão, é latente que as pessoas de lá mantém a cultura da preservação do patrimônio público, isso é visível e admirável. Abraços!

      Excluir
  11. Que lugar encantador, vou colocar na minha agenda de viagens. Linda partilha, adorei.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, fica então a sugestão do passeio! :) Um abraço!

      Excluir
  12. Estive em Morretes ano passado, adorei, fiz belas fotos registrando sua arquitetura colonial. O barreado é delicioso!
    Lindas fotos postaste e uma bela descrição.
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sonia, que legal, então é uma testemunha da beleza do lugar e do sabor delicioso do barreado! Um abraço!

      Excluir
  13. Oi Bia
    Eu amei viajar com você pela sua linda cidade.
    As fotos são um convite para um passeio real e já anotei na minha agenda
    Obrigada pela bela companhia por estes lindos recantos
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gracita! Moro próximo à Morretes, também numa bela cidade, de acordo com o olhar de quem vê. Quando fizer o passeio, não deixe de me contar.
      Um abraço!

      Excluir
  14. Quantos encantos apaixonantes se encontram por este Brasil afora.A cidade escolhida por vc é exemplo vivo.Tenho muita vontade de conhecer em detalhes várias cidades da região sul.Me deslumbrei com Morretes.Amei passear por tuas fotos, Bia.
    Bjkas e boa semana.
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Calu!
      Muitos tem o impulso de viajar para fora do país, não que não seja atrativo, mas é preciso lembrar que o Brasil guarda inúmeros recantos encantadores.
      Venha mesmo, há várias cidades por perto, Curitiba, Morretes, Antonina, as praias, Ilha do Mel, será um passeio inesquecível! :)
      Um abraço!

      Excluir
  15. Oi, Bia!
    Só uma pessoa muito romântica fecha o post como fez! :)
    A cidade é um convite para perambular sem destino. Gostei das casas antigas e das pedras das ruas. Bastante pitoresca!
    Boa semana!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luma!
      E você sempre tão sensível, percebeu. Sou completamente apaixonada e em minhas orações sempre peço a Deus que o homem que eu amo consiga perceber a dimensão do quanto me é importante. Afinal, tem algo mais importante do que alguém ser o nosso Norte? :)
      A cidade é realmente pitoresca - excelente adjetivo!
      Abraços!

      Excluir
  16. Boa noite Bia,
    Que linda a sua cidade! Deve ser bem calma!
    Eu adoraria morar aí rodeada de tanto verde,))!
    O estilo arquitectónico das habitações é muito belo!
    Fiquei de boca aguada com a receita de barreado;))! Nome engraçado.
    Sabe que achei as habitações e a igreja das ultimas fotos muito semelhantes com as de algumas vilas daqui?
    Foi óptimo viajar pelas ruas da sua cidade!
    Beijinhos e uma boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ailime! Essa cidade é próxima à minha.
      O nome do prato, barreado, vem da panela onde tradicionalmente é preparado, na panela de barro. No modo tradicional as carnes e os temperos são colocados na panela de barro, a junção da tampa e panela é vedada com uma massa de farinha de mandioca e o preparado é cozido por no mínimo 12 horas sem mexer. O próprio caldo da carne e dos temperos é o suficiente par ao cozimento. Dessa forma fica ainda mais saboroso!
      É verdade, lembra mesmo algumas fotos que já vi de Portugal. Um abraço!

      Excluir
  17. Bia concordo com VC, viajar é preciso mesmo que seja para a cidade vizinha.

    Se eu não me engano existe um passeio dec tem ( de luxo) para esta cidade Morrete, certa vez estava uma promoção nestes sites de descontos e eu quase comprei, mas marido não podia ir acabei deixando pra lá, me arrependo hoje.

    Amei a cidade e a sua foto preferida TB foi a minha.

    beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gélia!
      Não sei se ainda vem trem para Morretes ou se há um período de temporada, mas dizem que é um passeio inesquecível. A serra por onde passa o trem é das mais belas. Quando ver outra promoção dessas, abrace.:)
      Um abraço!

      Excluir
  18. Oi Bia
    Muito legal o post. Estive em Morretes no final do ano, quando fui a Curitiba e fiz o passeio de trem até essa aconchegante cidade, porém um pouco quente para o meu gosto kkkkk.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana! Então passeou com o trem? Acabei de escrever para a Gélia que é dos passeios mais bonitos da região. Está aí algo que preciso fazer um dia.
      Ah, mas esse é o ponto contrário.... o calor e a sensação de abafamento dessa região no verão é mesmo de lascar, hahaha! Um abraço!

      Excluir
  19. Oi Bia,

    Que encanto de cidade, me lembrou Colônia del Sacramento no Uruguai....adorei....
    Certamente irei conhecê-la...

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa!
      Venha sim, tenho certeza que irá gostar! E me avise, quem sabe não combinamos um café? Fica perto de onde moro, chego rapidinho. :) Um abraço!

      Excluir
  20. Bia, linda postagem!
    Morretes,e uma lindeza, adorei conhecer a tua cidade.
    A arquitetura é belíssima, e bem cuidada!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Amara! Considero a preservação da arquitetura colonial uma ótima atitude de valorização à cultura do povo. Beleza para os olhos!
      Um abraço!

      Excluir
  21. Olá Bia,

    Sua participação ficou um show. Lindeza de lugar. Nunca tinha ouvido falar de Morretes.
    Adorei fazer esse passeio com você, inclusive saber da origem do barreado.
    Até hoje, quando entro pela primeira vez em uma igreja, faço um pedido-rsrs. Tradição, né?
    Fiquei encantada com o lugar e adoraria a oportunidade de conhecer.
    As fotos estão excelentes e convidativas.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vera!
      É uma cidade bem pequena, talvez por isso nunca tenha ouvido falar, mas além do investimento em cultura, há investimento em turismo, nos feriados e finais de semana é frequente ver as barraquinhas e ruas cheias.
      Parece um passeio no tempo...
      Gosto de praticar e observar tradições. :D
      Um abraço!

      Excluir
  22. Bia, que lugar encantador! Suas fotos estão lindas e a que mencionou ser a sua preferida tem sua razão de ser (rss). Também faço pedido quando entro em uma igreja pela primeira vez. Nossas mães nos passaram a mesma orientação. Nada conheço do Sul do Brasil, por não conseguir ficar várias horas em um avião. E lamento por isso. Se as estradas, pelo menos, fossem boas! Sua participação ficou muito boa. Tenha uma excelente semana. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marilene!
      Sabe que como você sou apaixonada por fotografias, sei que tem um olhar sensível sobre as imagens. ;)
      Lembro que alguma vez você comentou que não é chegada em aviões, rsrsrs... as estradas da região são muito bem conservadas (alta taxa de pedágio, rsrsrs), mas não sei como é de Minas até aqui, Fui a Minas há anos atrás, 12 horas de viagem em ônibus, não me atentei às condições da estrada, mas se um dia quiser vir para cá, será muito bem recebida!
      Um abraço!

      Excluir
  23. Nossa, Bia, foi quase uma viagem mesmo. Que belíssimas fotos. E como eu amo esses muros cobertos com essas eras. E o lugar parece muito aconchegante, além de acolhedor. Adorei a participação. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sérgio!
      Aconchegante e acolhedor.... ilustrou bem como é o lugar. Gosto de escapar para lá de vez em quando, adoro praia, mas lá tem uma atmosfera que também me agrada muito. Já outra cidade próxima e histórica, Antonina, não me agrada tanto quanto Morretes.
      Um abraço!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.