sábado, 18 de abril de 2015

Conexão

Conexão: ligação de uma coisa com a outra;... luva, cruzeta, cotovelo, flange, níple, bucha, união. (fonte --->aqui)

Vejam algumas conexões que encontrei por aí...

imagem daqui


Conexão estelar binária

Estrelas binárias são duas estrelas orbitando no mesmo baricentro, formando um sistema estelar. São muito importantes para a astrofísica porque através dos cálculos de suas órbitas é possível calcular sua massa e  por consequência dados como densidade e luminosidade. Quando fazem parte da órbita da Terra, tais estrelas se eclipsam mutuamente, sendo chamadas de binárias eclipsantes. São facilmente detectadas visualmente. (fonte: wikipédia)

Conexão aérea

Não sei se é regra em todos os países e companhias, mas tive uma experiência com conexão aérea no Brasil e resolvi escrever caso alguém algum dia precise fazer uma. É um procedimento simples: o avião pousa no aeroporto (não, aqui no terreno de casa, kkkk) onde há um ônibus à espera. Os passageiros entram no ônibus e seguem até o saguão de espera. Quando o próximo avião pousa, há a chamada do voo e outro ônibus leva os passageiros à porta do próximo avião de destino. A meu ver esperando em frente ao guichê da companhia aérea contratada com atenção às chamadas e horários, não há como entrar no voo errado. Aí é só rezar para a bagagem seguir o mesmo destino, kkk.

Conexão neurológica entre inteligência e autocontrole

"Se você tivesse a escolha de receber R$ 1.500 agora ou R$ 6.000 em dez anos à partir de hoje, qual opção escolheria?" Essa pergunta fez parte de um estudo publicado ---> aqui, que analisa a conexão neurológica entre inteligência e autocontrole. A maior parte dos estudados escolheu a primeira opção, o que sugere impulsividade. O que acontece é que tanto a inteligência como o autocontrole estão relacionados ao córtex pré-frontal anterior, sendo uma das estruturas que mais demora a amadurecer. Essa região consegue integrar várias informações e administrar objetivos que necessitam de autocontrole. Aqueles que escolheram a segunda opção também tiraram notas mais altas nos testes de inteligência.

[apesar de que nem nossa realidade atual eu escolheria a primeira opção, porque se continuar assim 6 mil daqui a dez anos estará valendo menos que o R$ 1500,00 de hoje, kkk]

imagem daqui

Conexão entre as mulheres e seu impulso de comprarem mais um sapato quando já tem vários no armário

Meninas, agora é só andar com a resposta na ponta da língua: "culpa do meu córtex pré-frontal anterior que ainda está amadurecendo". kkkk

Conexão entre pensamentos e emoções

Uma área recente da medicina que se chama psiconeuroimunologia estuda a relação entre pensamento, emoções, comportamento e sistema imunológica. O pensamento acontece através de conexões neurais e são como diálogos internos. Pensamentos e crenças acionam automaticamente as emoções, que é uma reação neural provocada por estímulos psicofisiológicos. Sempre tive a tendência a traçar diálogos internos e hoje me sinto feliz por poder controlá-los de forma a não se tornarem tortuosos, e sim produtivos. Diálogos internos - quando destituídos de neuroses - são importantes para maior compreensão de si, do outro, para a transformação pessoal e evolução. Procuro encontrar conexões entre atitudes, sinais, fatos... me direcionar em perspectivas, tomar atitudes certas, ou ainda, não tomá-las.

*****

Quero contar que há algum tempo tive dias especiais onde vi e vivi muitas coisas boas, inesquecíveis, que acessaram algo especial dentro de mim. Não estava só e pela primeira vez entrei em uma nova igreja e não pedi absolutamente nada, só agradeci.

Tenho certeza que eu e ele somos estrelas binárias eclipsantes sem necessidade de explicações da física. A conexão entre inteligência e autocontrole me diz que é preciso esperar mais um pouquinho pois não há nenhuma outra pessoa capaz de acessar meus pensamentos e emoções com tamanha facilidade. Ele me desarma. O único capaz de fazer parte da minha órbita gravitacional.



[corações conectados são inquebráveis]


Já separou seu livro para desapegar? Não sabe o que está acontecendo? Clique ---> aqui e saiba mais sobre o Book Crossing Blogueiro.

37 comentários:

  1. Bia,

    Esta sensação de estar em perfeita conexão com tudo ao redor, com a natureza, a nossa natureza, os seres e o amor é bom demais. O espírito fica como que levinho, o sorriso vem facil, o sono é bom. A conexão é uma ponte que une.

    Sobre entrar numa igreja e nada pedir, sabe, todo dia ao deitar eu só agradeço, e quando meus pensamentos estão voando e por algum motivo estou falando com Deus, estou tambem agradecendo. Não tenho tudo que amo, mas valorizo tudo que tenho.

    Beijos e otimo domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym!
      Fiquei dias nesse estado de leveza, riso fácil, muito bom. Como é importante sair assim da cena do cotidiano de vez em quando, estando com quem gostamos, vivendo um cotidiano em um lugar diferente.
      Também não costumo pedir o tempo todo, penso que passo 95% do meu tempo agradecendo, rsrsrsrs, a colocação foi por ter escrito em outro post que por tradição ao entrar em uma igreja nova se fizermos um pedido este se realiza... mas eu estava me sentindo realizada vivendo aquele momento e simplesmente e de forma muito natural me senti plenamente abençoada, sem nenhuma lacuna a preencher. :)
      Beijo, ótima semana!

      Excluir
  2. Lindo teu post.Um tema interessante e bem legal. Conexões de todas as formas ,mas nenhuma maior do que a do amor! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, chica, com amor conectado tudo flui. Abraço!

      Excluir
  3. Minha linda a conexão é perfeita acho que
    temos um pouco em cada coisa que vivemos
    Quando acordo de manhã tenho essa conexão
    com o céu olho pra ele e agradeço pela noite que dormi
    e pelo dia que amanhece, igreja é pra pedir agradecer e se
    sentir em paz....Adorei bjussss de bom domingo

    Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rita! Ler seu escrito me fez pensar que quando conseguimos acordar e contemplar o que nos cerca com o sentimento sincero de agradecimento pela anatureza, pelo dom da vida, pelas pessoas que amamos, estamos em conexão com o que é bom. Ter essa capacidade de enxergar o que (e quem) de fato vale a pena é sinal de que esta a alma está no caminho certo. Abraço!

      Excluir
  4. Boa tarde Bia, sempre brilhante com as suas reflexões!
    Adorei este tema das conexões! Por vezes nem pensamos que a nossa vida se rege por elas! Instintivamente adoptamos determinadas atitudes e procedimentos longe de pensar que algo está por detrás de tudo isso!
    Não posso estar mais de acordo com a parte final!
    Ele é o nosso melhor interlocutor e nos desarma a cada instante! E sempre nos entende e acolhe!
    Beijinhos e um bom domingo.
    (A minha conexão está ali a chamar-me para dar um passeio;))!
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ailime! Se fosse para explorar as vertentes das conexões poderíamos ficar dias escrevendo ou conversando. Somos cercados por conceitos de conexões e essas interferem dire ou indiretamente em nosso dia a dia.
      Ri quando diz no final que sua conexão estava ali te chamando para um passeio... esse é o tipo de conexão a ser extremamente valorizada, pois quando calcada em sentimentos sinceros de atenção, carinho e cuidado de um para com o outro é o que traz alegria e suavidade à vida.
      Abraço aos dois!

      Excluir
    2. Olá Bia,tudo bem? Mas nem sempre é fácil, não! Quase 39 anos a aprender a conectar;))!
      Beijinhos. Ailime

      Excluir
    3. Imagino mesmo que não deve ser fácil, Ailime, mas se conservam esse gosto de se conectar, isso é o que vale. Tive alguns relacionamentos, mas é com o homem da minha vida que quero compartilhar a escrita da minha/nossa história pelos anos que nos forem dados, tanto em momentos de facilidades como em momentos de dificuldades. Abraço aos dois! ;)

      Excluir
  5. Bia, gostei da postagem, que concluiu com uma conexão mágica, a de dois corações.
    Não gosto da conexão aérea (kkk), já que só faço viagens curtas nesse meio de transporte e ela parece aumentar meus receios. Vou decorar a resposta para o impulso da compra (hehehehehe).
    Fico feliz que tenha vivido dias especiais e espero que tenham continuidade . Desejo-lhe uma linda semana. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marilene!
      Lembro-me que contou não gostar de aviões, kkk, mas é bem tranquilo... uma pressãozinha na subida e na descida, algum impacto na chegada e na freada, somente isso. Mas sei que sou suspeita em falar porque estava tão feliz por minha companhia que mesmo que tivesse sido ruim eu acharia ótimo, kkkkkk!
      Espero que venham muitos dias especias, para mim e para você! :)
      Abraço!

      Excluir
  6. Oi, Bia!
    Inteligência e autocontrole no exemplo que citou? A inteligência pede que o dinheiro seja recebido no ato. O depois é um tempo que pode não existir! Deve ser isso que motiva a impulsividade: o medo de perder.
    É muito difícil reconhece estrelas binárias reais, pois dizem que elas podem ser duplas apenas na aparência. Parecem próximas no céu mas possuem distâncias diferentes da terra. Que bom que você conseguiu encontrar a sua estrela binária real!! :)
    O meu problema não é com sapatos. Devo ter "Complexo de Diva" causado pelos inúmeros filmes hollywoodianos antigos que assisti na minha pré-adolescência. Tenho mania de comprar roupas de festa... Se não vou para uma festa, faço o meu teatrinho em casa mesmo! (rs*). Devo ser perturbada, mas me divirto! Me sinto como criança vestindo as roupas da mãe... É de frente para o espelho que faço psiconeuroimunologia. Faz bem estar consigo e gostar. Não pedir, não querer mudar e apenas agradecer o que tem.
    Obrigada por divulgar o BookCrossing Blogueiro!!
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luma!
      Uma bela argumentação para a impulsividade... de fato, como o amanhã é incerto, pensando que temos como garantia somente o agora, é onde a ação deve morar. Nesse sentido, a impulsividade seria positiva, uma mola propulsora, sem o qual passaríamos a vida à espera do momento certo, que pode não vir a acontecer.
      Sim, minha estrela binária é real e reconheci assim que o vi.
      Hahaha, me diverti muito com sua história com as roupas de festa!!! Eu costumava fazer isso na adolescência, não comprava, mas colocava um ou outro vestido de festa e imaginava que estava em algum casamento,m por exemplo. Sou uma pessoa de hábitos muito simples, mas gosto de me arrumar para ir a festas, me sentir diferente, sei lá, deve ser coisa de mulher, mesmo. Mas com essa crise há anos não vou em uma, kkk.
      Esqueci de levar meu livro hoje, menina, mas até dia 23 eu chego lá!
      Abraço!

      Excluir
  7. Bia, voltei pra te agradecer todos os carinhos! Linda semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somente retribuindo sua generosidade desde sempre, chica! Abração!

      Excluir
  8. Gostei do seu texto.Por muito variadas que sejam as possibilidades de conexão, que sejam boas, é o que se pretende!
    Beijo.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina!
      Resumiu perfeitamente... o que nos conecta ao bem, é precioso e merece valor. Um abraço!

      Excluir
  9. Olá, Bia...sim, tudo em paz,Graças à Deus, tu?
    Conexão aérea, vejo acontecer muito com times de futebol, direto e reto,avião, ônibus, avião, ônibus
    penso que se eu for alguém inseguro daquilo em que acredito, estarei pouco disposto a tomar esta atitude e sempre o gatilho do córtex pré-frontal anterior será disparadada e não conseguiremos manter sob controle a impulsividade e ansiedade - mudanças e fatos que nos desestabilizam , reações emocionais intensas e ações impulsivas - e deixamos de ser responsável pela realização de nossos desejos, escolhas e atos e passamos a responsabilidade para o sapato ou vestido que nos atrai ou a culpa para terceiros ou para a sedução do vendedor ...Volto naquilo, temos que ter inteligência ( emocional) , autoconhecimento e autoconsciência para escolher entre receber R$ 1.500 agora ou R$ 6.000 em dez anos à partir de hoje ou seja, manter o equilíbrio perante essas situações - desafiadoras - da vida, pois como dito lá, saber gerenciar problemas complexos e objetivos simultâneos, "parar para pensar" !
    saber sobre psiconeuroimunologia, evita até o agravamento e/ou desencadeamento de uma série de doenças físicas por razões emocionais...
    sempre, "é preciso esperar mais um pouquinho, se não há nenhuma outra pessoa capaz de acessar nosso pensamentos e emoções com tamanha facilidade."
    sim, verdade, aprendi que devemos sempre agradecer por tudo que acontece em nossas vidas..por isso agradeço pelo carinho, feliz semana,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felis!
      Tudo bem comigo também! :)
      "Time de futebol", kkk, essa foi boa...
      Fiquei espantada com suas conclusões acerca da conexão inteligência/autocontrole versus impulsividade. Já fui uma pessoa extremamente consumista e depois de levar muitas lambadas das contas aprendi a ser mais comedida, ponderada... até que ponto determinado bem me é necessário ou está somente preenchendo algum vazio interior.
      Hoje em dia, quando quero comprar algo, penso, penso, penso de novo, pesquiso, analiso qual será meu benefício... com roupas e sapatos então, nossa, reduzi muito mesmo o consumo e mesmo assim as pessoas dizem que ando bem vestida.
      Interessantes colocações, "se eu for alguém inseguro daquilo em que acredito" e "mudanças e fatos que nos desestabilizam" de fato me parecem gatilhos para o consumismo compulsivo. Quando estamos firmes e confortáveis dentro do que somos, queremos e acreditamos sentimos menos necessidade de ter cada vez mais. Eu não sabia da psiconeuroimunologia e achei interessante saber que medicina finalmente está correlacionando todos esses fatores, afinal, o ser humano não é somente o físico.
      É muito bom estar com alguém que nos faz sentir confortável com o que somos, não é mesmo? Merece valor e espera.
      Agradeço muito sua visita, me fez pensar.
      Abração!

      Excluir
  10. Olá Bia!
    Gostei de ler sobre os diversos tipos de conexões, sobretudo pelas conexões entre as estrelas, porque de tipos de estrelas não entendo nada! Sobre as conexões aéreas, é como dizes, não tem que enganar; só há que ter atenção aos horários e às chamadas. Sobre o exemplo dado em relação à inteligência e autocontrole, acho que para mim até seria bem fácil escolher sem impulsividade, a não ser que soubéssemos que em dez anos não estaríamos por cá!... Por outro lado também dependeria do caso de haver uma necessidade urgente de dinheiro....quanto ao impulso para comprar sapatos, ou algo do género, é algo de mais difícil autocontrole...:-)
    António Damásio tem um livro muito interessante onde aborda as conexões entre razão e sentimento (pensamentos e emoções), intitulado "O erro de Descartes", e é isso mesmo razão e emoção estão interligadas.
    Eu sou geralmente muito "egoísta" com os meus livros, porque de alguns não me consigo mesmo desfazer, mas sempre existem alguns que acabo por doar a um orfanato aqui na minha cidade.
    Boa semana, e boas conexões, Bia! :-)
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laura!
      Gosto muito de estrelas, quando adolescente na casa dos meus primos havia uma luneta e eu gostava de procurar as constelações! :) Penso que deve ser fascinante estudar astronomia.
      Bem colocado, talvez a aceitação do dinheiro estivesse relacionada à falta dele - o que por outro lado pode revelar a impulsividade de ter gasto mais do que deveria, hahaha.
      Sobre a compra de bens de consumo, aprendi em algum lugar algo que nunca mais esqueci: quando vejo algo que não preciso mas gostaria de comprar, não compro e deixo para o dia seguinte. Em várias vezes essa simples atitude de autocontrole me fez desistir de compras que depois percebi serem desnecessárias. Mas sempre alerto minha filha quando ela está comigo, "está vendo bem qual é o modelo?" porque se eu decidir comprar é só pedir para ela comprar no dia seguinte, hahahaha.
      Interessei-me pelo livro, uma pena que meu tempo anda curtíssimo para leituras, mas a sugestão já está anotadíssima. Deve ser o estilo de livro que eu gosto.
      Já fui bem mais apegada porém após algum treino penso que melhorei bastante isso... hoje doo livros, roupas, sapatos, com bastante tranquilidade, pensando que poderão fazer a alegria de uma outra pessoa! :)
      Abraço, tudo de bom!

      Excluir
  11. Olá Bia,

    Acho lindo demais esse amor que fez morada em seu coração. Seu amor é um homem de sorte.
    Adorei a postagem, que, além de informativa, arranca um sorriso do leitor, pois é impossível não rir com suas 'tiradas'. A justificativa para a mulher que compra sapatos impulsivamente e sem necessidade foi ótima-rsrs. Creio que o meu córtex pré-frontal anterior ainda está em processo de amadurecimento-rsrs. Esta semana meu apartamento estava passando por uma pintura. Bagunça total. Quando o pintor foi ajudar a minha 'secretária' a desocupar a ala de sapatos ele disse para ela que eu parecia uma centopéia. Pode???-rsrsrs
    Provavelmente, eu também escolheria receber os R$1.500,00 agora, pois na conjuntura atual do país, esperar, por certo, redundaria em prejuízo. Creio que a necessidade do momento também seria fator influenciável no momento da escolha.
    Também tenho tendência em traçar diálogos internos. Só não me sinto confortável quando faço guerra em pensamento. Já me desgastei muito com alguns diálogos tortuosos. Hoje já me encontro mais amadurecida, tal como você, e procuro torná-los, também, mais produtivos.

    Já me desapeguei de vários livros, Bia, embora fora do movimento blogueiro.

    Espero que os dias especiais vividos por você se repitam muitas e muitas vezes.

    Feliz semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera! Meu amor é um homem especial, o que eu quero é sempre poder dar todo meu amor para ele, de preferência, bem de pertinho. Sinto muito sua falta quando está longe.
      Mas que pintor injuuuusto, kkkk! O que será que as mulheres tem com sapatos? Talvez seja a variedade à disposição. Uma vez escrevi aqui no blog sobe sapatos, penso que revelam mais da personalidade do que a própria roupa, talvez por essa questão da identificação... sei lá, kkkk.
      O estudo é americano, num país de instabilidade financeira como o Brasil, se pensarmos um pouquinho para decidir, o R$1500,00 já estará valendo menos, kkkk!
      O problema dos diálogos internos é que quando viram uma guerra detonam a autoconfiança, a autoestima, trazem à tona inseguranças e medos que precisam estar sob controle. quando me pego começando a trilhar esse caminho automaticamente trato de direcionar o pensamento para coisas boas. Penso que essa capacidade de controlar o pensamento é dos grandes ganhos da maturidade. Mas é claro que às vezes ainda falho, kkk!
      Vez por outra folheio o livro que me enviou, muito bom, ainda quero sentar e lê-lo com calma, em sequência.
      Dias feliz e especiais para nós, Vera.
      Abraços!

      Excluir
  12. Nossa, quantos tipos de conexões, Bia. Uma verdadeira aula. Muito bom seu post. Aliás, arrumou até uma boa justificativa pra vocês mulheres. rsrsrs E essa campanha do livro é muito bacana. Beijão e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sérgio, obrigada pelo carinho, ótima semana! Há inúmeras conexões nos cercando diariamente e as mais importantes são aquelas que criamos para nos aproximar dos que amamos. abraços!

      Excluir
  13. Oi Bia,
    Conexão não quero nunca mais, agora só viajo de quatro rodas e perto.
    Quando se é novo nos conectamos com tudo sem medo. Quando a velhice nos permeia a nossa conexão são com os remedinhos e cama.kkk
    Esperei a resposta do e-mail que lhe mandei e nada...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli!
      Acho que viagem é uma delícia de qualquer jeito, com quatro rodas, duas, sem rodas, rsrsrs, tendo boa companhia, o fato de sair da rotina é tudo de bom, seja para perto ou para longe.
      Desculpe não respondê-la, não estou conseguindo abrir o e-mail... se quiser pode deixar um comentário aqui escrito no começo "in off" ou "não publique", ok?
      Abraços!

      Excluir
  14. E também há estas "conexões blogueiras" em que nos ligamos uns aos outros... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luisa! Gosto muito dessa conexão, tantas pessoas conheci por aqui, quando bem usados os recursos da internet aproximam e não, distanciam. Abraço!

      Excluir
  15. Oi Bia!
    Eu tenho várias conexões, mas essa dos sapatos me derruba kkkk
    Bjsssss amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinha, as mulheres e sua síndrome de centopeia, kkkk!
      Abraço!

      Excluir
  16. olá Bia querida td bem? vim te convidar pra curtir minha página de Bijouterias no face! é um trabalho que amo fazer <3 espero que goste ok! bjinhos!
    https://www.facebook.com/artebijudali?ref=aymt_homepage_panel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eliane, obrigada pelo convite, sucesso em sua arte! Um abraço!

      Excluir
    2. obrigada querida Bia! O link correto é esse => https://www.facebook.com/artebijudali

      Excluir
  17. Dentre todas as minhas conexões, uma das quais agradeço, é a lisonja honrosa das tuas visitas.
    Um beijo, e parabéns pelo post; achei muito criativo e oportuno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, que bom ter gostado. Você também é muito bem vindo aqui. Um abraço!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.