terça-feira, 22 de março de 2016

A sopradinha mágica

Nesse final de semana eu, minha filha e o noivo estivemos em São Paulo para o show do grupo Maroon 5. Enquanto esperávamos passeamos por um Shopping próximo ao Allianz Parque e passamos por um local muito curioso: uma Brigaderia, um local lindo e atrativo, muito parecido com o da imagem.

imagem daqui

Não resistimos e na saída resolvemos comprar alguns docinhos. A menor caixinha trazia seis unidades de brigadeiro gourmet (de sabores exóticos e variados escolhidos pelo cliente) ao custo de R$ 6,00 cada!!! Detalhe, cada unidade tinha tamanho normal - quase pequeno, rsrsrsr.

Mesmo com a facada kkkkk compramos e trouxemos para casa. Ontem minha filha resolveu saborear a última unidade dela - um brigadeiro Nutella, que deixou para o final por ser o mais desejado. Quando foi dar a primeira mordida - ploft - o brigadeiro caiu no chão!!!!

Começou o dilema - soprar ou jogar fora??? Seguiu-se o diálogo:

- Mãe, acho que não tem problema, fui rápida, não ficou nem um segundo no chão!!!
- Mas é porquice comer coisas que caíram no chão, filha, mesmo quando limpo....
- Mãe, #quemnunca??? Quando criança era comum para todos soprar ou lavar balas e chicletes que caíssem no chão...

Rimos pensando nisso ("lavou, tá novo!" kkk)... e fiquei pensando se não é o excesso de zelo que está produzindo super vírus e bactérias. Tanto ela quanto eu fomos criadas com muita limpeza, sem o conceito "se sujar faz bem"... mas vejamos, quem nunca soprou uma guloseima quando criança sem morrer depois disso??? Seria asseio ou excesso de zelo?

Sei lá... o que sei é que hoje sou bem mais seletiva em relação ao lugar onde me alimento - raramente como eu feirinhas ao ar livre, por exemplo, não largo o álcool gel na escola nem o repelente contra a dengue.

Mas convenhamos... não era mais fácil ser criança e não saber nada disso??? kkkkkk

E quanto ao brigadeiro - dos deuses - ela foi vencida por seu lado criança... soprou e comeu, feliz da vida. Amanheceu vivinha da silva. kkkkkkkkkk.

Outras coisas para usar a sopradinha mágica:

- Tirar cisco do olho
- Tirar ardência de merthiolate
- Soprar bolinhas de sabão
- Soprar dentes de leão
- Soprar sentimentos bons sobre corações vazios ou machucados
- Esfriar líquido quente
- Tirar poeirinha de disco de vinil
- Chica ---> soprar raspas de borracha de lápis ou pós de giz do quadro
- Deixe sua resposta

15 comentários:

  1. Que lindo e doce post. E claro, uma sopradinha básica deu certo e NADA foi perdido,rs...Aqui em casa, com a Cuca sempre por perto, ela teria sido mais rápida que eu ao juntar,rs... Valeu e como são boas as sopradinhas!

    Eu dou sopradinhas ao fazer curativos,sopradinha no caderno ,pra mandar embora a sujeirinha da borracha ao apagar... Quando escrevo no mural com giz, tantas coisas,rs...


    bjs, chica e que bom se pudéssemos das ASSOPRÕES e mandar embora tantos políticos que estão incomodando,rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chica, que bom que gostou! Acho que ando doce mesmo, rsrsrs... A Cuca é linda, tenho certeza que se meu cachorro estivesse por perto também seria preciso ser mais rápida!
      Adorei lembrar da sopradinha na borracha e no giz, rsrsrs, já estão na listinha!
      Quando li sobre seus assoprões para mandar o que é ruim embora lembrei do sopro do Superman, hahaha, estamos precisando de super heróis para acabar com a corrupção!!!
      abraços!

      Excluir
  2. Eu, como ando sem poder sair de casa, um luxo que para mim, por conta da doença dos pais tem andado fora da agenda, nem penso nessas coisas... mas deve ter sido um passeio lindo e eu também prefiro poucos, mas bons passeios, aqueles, que enchem os olhos e a alma de levezas e belezuras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Malu!!!
      Há momentos em que a vida nos pede presença, e os pais são mais que merecedores disso!
      Gosto de passeios que deixam lembranças nos olhos e na alma... o nosso foi bem cansativo (ainda estou me recuperando, rsrsrs), ainda mais para mim que estava um pouco doente, mas compensa quando faz bem para as pessoas que amamos e quando saímos do lugar-comum.
      Abraços!

      Excluir
  3. Conheço bem a brigaderia gourmet$$! Inclusive comemorei o aniversário do meu filho com uma caixinha dessas de meia dúzia! Foi felicidade só.
    Adorei esse sopro que nos remeteu à infância, afinal, quem nunca?!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana!
      Adorei o $$ kkkkk!!! Mas é bom, né? Os brigadeiros de paçoca e de nozes foram os meus preferidos.
      Comemorar o aniversário com uma caixinha dessas vale ouro! kkkkk
      A expressão é bem essa, "quem nunca?"... e estamos todas aqui, vivinhas para contar histórias e relembrar, kkkk! Abraços!

      Excluir
  4. Essas são sopradinhas clássicas, Bia. Adorei o post. E esse show deve ter sido ótimo, sou fã. Mas, seis reais num brigadeiro? Nossa... rs bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sérgio! O show foi mesmo demais, uma energia ótima, o pessoal alegre e participativo, adorei!
      Pois é... seis reais num brigadeiro é muita vontade de comer um, kkkk! Como falamos aqui em casa... pra comer "uma vez na vida e outra na morte", kkkk!
      Abraços!

      Excluir
  5. Olá, Bia Hain

    Te desejo uma Páscoa com Alegrias
    Feliz tudo
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, José, pra você também, tudo de bom!:)

      Excluir
  6. Bom dia Bia,
    Dilema esse. Deu um excelente artigo.
    Em criança muitas vezes aconteceu e lavava e ficava igualmente saboroso;)).
    Aos filhos também ensinei que caindo deita fora...
    Estou a lembrar que por vezes cai uma bolachinha quando vou na despensa e aí sopro. Não dá para lavar.rsrsrs.
    Hoje especialmente para lhe desejar Feliz Páscoa.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ailime, duvido que alguém nunca tenha lavado, kkk!
      Uma sopradinha não faz mal a ningué, kkk, a questão é que muitos o fazem escondido por medo de serem repreendidos, rsrsrs. Claro, a não ser que o local esteja sujo, daí não, né?! kkkk
      Obrigada pela lembrança, Feliz Páscoa!
      Abraços!

      Excluir
  7. Bia,

    Apesar da "sopradinha" ser feita por todos os mortais, claro, sempre é mágica, sabemos que não é recomendada. Eu já usei deste truque algumas vezes e outras não tive coragem hahahahah.

    Uma vez, chegando na creche, via o troca-troca de chupetas. Alem de que soube que além de ser comum entre os pequenos, tambem cai no chão e toma para dentro!

    Então, salve esta Vitamina S. Vitamina da sujeira que acaba nos ajudando muitas vezs.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, Sissym!
    Hoje em dia pouco tenho coragem, kkkk, só se eu tiver certeza que o lugar onde caiu é muuuito limpo, kkkk, e olhe lá!
    Sua história da chupeta me fez lembrar uma cena que vi hoje... uma menina tomando água em sua garrafinha da Frozen... minutos depois, quando vi, a "vizinha" estava tomando água no mesmo "bico", kkkk, mesmo sabendo que deixamos saírem para tomar água quando pedem... como controlar isso?
    Só com vitamina S, mesmo, kkk, essa é boa!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui usamos muito Vitamina S quando não tem jeito e deixa-se rolar.
      Isto é, o que mata engorda! hahahahah

      Eu sou fresca!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.