terça-feira, 13 de setembro de 2016

Entrevista: Especial

Vou propôr um exercício: pense em alguém muito especial para você. Já pensou? Agora, reflita: o que a (o) torna especial?


imagem freepik

O que é especial?
Especial é o que nos chega diferente do usual. O que é sempre igual, não é especial, rsrsrs. Isso não significa que rotina e conhecimento sobre o outro são indesejáveis, ajudam a nos manter seguros e confortáveis. Falo das peculiaridades, a maneira própria como cada um enxerga ou executa as coisas o torna único e diferente dos demais. Você é especial, cada um de nós somos - mas nem todos acreditam ou se apropriam disso. Ou momentos pontuais, que ficam gravados na memória.

Por que especialidades não são estimuladas?
Ouvimos falar que só seremos aceitos se fizermos tudo padronizado, o que é um mito. Parceiros, pais e companheiros de trabalho várias vezes deixam de estimular o outro e até desdenham de suas iniciativas nem sempre por não confiarem em sua capacidade, mas por ciúme ou até inveja. Uma pessoa que coloca em prática suas especialidades chama a atenção, torna-se mais autoconfiante e satisfeita, portanto, atraente, com brilho próprio. É cômodo para alguém que quer manter o domínio - seja qual for o tipo de relação - incentivar o outro a se sentir o mais "igual" possível dos outros. Alguém morno.

Como isso acontece?
As pessoas apontam limitações - que na verdade não existem - como idade, defeitos, incapacidade, condição financeira. Uma colega de trabalho contando ontem sobre seu sonho de aprender teclado disse estar velha  para isso (tem 36 anos!!!). Conversando um pouco mais, confessou que nunca teve e continua não tendo apoio para seu sonho, e que a questão da idade era o argumento do seu marido para não apoiá-la. Mostrou seu recalque contando que está levando a filha para fazer aulas de teclado. Mas qual será a especialidade da filha? Será que ela está se preocupando com isso?

Que outros exemplos podemos citar como especiais?
Autores que transformam personagens de forma inusitada. Em "Uma linda mulher", não há quem não torça para que Julia Roberts em seu papel de prostituta (profissão sempre alvo de preconceito) seja arrebatada por Richard Gere. Ela o faz se sentir especial por lhe mostrar a vida com humor, leveza e alegria, ele por ressaltar que os atributos dela iam muito além do corpo. Em Ratatuille, é tanta simpatia pelo mini chef que dá vontade até de provar suas guloseimas. Há algo mais improvável que um ratinho cozinheiro??? Qualquer um sentiria repulsa, rsrsrs. Mas o autor o torna tão especial que até gostamos! Tudo o que subverte a ordem (a releitura de uma obra, um jeito diferente de fazer algo, ideias inovadoras) vira especial.

Então preciso fazer algo extraordinário para ser único?
O especial não vive só de grandes feitos ou produções, como muitos imaginam. Ouvir elogios, escrever um bilhete carinhoso, assistir junto um filme, observar um por-do-sol, tocar o outro silenciosamente,  uma intensa troca de olhar, apoio ou auxílio num momento conturbado, pode configurar um momento especial, se for exatamente aquilo que precisamos. Então será inesquecível.

Eu gostei disso. Como ser especial?
Simplesmente sendo quem é. Um ser humano livre interiormente é naturalmente vibrante e suas peculiaridades o tornam único e interessante. São as especificidades de quem amo, seu jeito único de ser e fazer o que for que o tornam apaixonante pra mim.

O que devo fazer e o que vou ganhar com isso?
Valorize suas especialidades, estimule e valorize as especialidades das pessoas que você ama e com quem convive. É possível manter o controle sobre nossa vida e/ou o domínio confortável sobre alguém ou uma situação através da fragilidade, mas isso não trará relacionamentos satisfatórios, alegria genuína ou vitórias sólidas para nossas vidas.

***


[depois que escrevi esse post lembrei uma história: em fevereiro de 2013, época em que o amor precisou estar longe, enviei-lhe um presente - material de desenho - e à noite, recebi no celular, de um número desconhecido e de outro estado do sul, a mensagem "não pelo que você é, não pelo que você faz, mas por ser uma pessoa tão especial nesse mundo louco". depois achei que alguém enviou por engano e foi só uma coincidência, mas era o que eu precisava ler no momento, e  foi o que me fez continuar acreditando, quando já estava quase desistindo. os caminhos da vida que não compreendemos também são especiais.]


21 comentários:

  1. Adorei o texto e a imaginação se um ser bem especial. Tão bom quando ,ainda que dentro da rotina, podemos ter pessoas especiais, que saibam te compreender com apenas um olhar, imaginar o que eatás pensando e o que precisas. Muito legal! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de dizer que outros seres especiais que passaram em nossas vidas foram as duas CUCAs que tivemos...Eram especiais , queridas, nada pediam aléms de carinho e davam tanto em troca...Pena, morro de saudades.Ainda não me3 recuperei da última CUCA que partiu em 23 de julho...Todos nós temos saudades imensas dela aqui em casa... bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chica!
      Bom lembrar do que/de quem é especial para nós, né? Eu já abro um sorriso, rsrsrs!
      Essa percepção do especial é muito pessoal, pois depende de afinidade, empatia, para que essa conexão gere essas atitudes não voltadas só em si, mas também no outro, mutuamente.
      Chica, imagino sua saudade em relação à recente partida da Cuca! Ela parecia mesmo ser tão doce... é de compreender o quanto faz falta - e quanto mais sentimos falta, mais especial é. :)
      Abraços!

      Excluir
  3. Olá,Bia, boa noite...

    O que torna alguém especial? em uma letra de música, creio que da cantora E. Sandé,"dizia ":"especial é a pessoa que te marca com força ...sem fazer nenhuma força"...especial é aquela que faz despertar o melhor que existe em cada um de nós...
    Em todos os momentos de nossa vida, encontramos uma pessoa especial. Pelo menos foi assim,comigo! Amigos, colegas, par, pais e companheiros de trabalho, escola, blogosfera ...cada um da forma que enxerga ou executa as coisas, cada um na sua "especialidade"(1 qualidade do que é especial e ou 2 atividade, profissão,área,esfera, campo do conhecimento que particularmente domina) nos faz acreditar que realmente tem algo bom no mundo, que sempre te põe para cima , te põe no caminho certo , te estimulam,sem precisar de grandes feitos ou produções, Simplesmente sendo quem é...
    Sensacional e estimulante a mensagem recebida do número desconhecido [e yes,lindura de mensagem da Margoh.]
    Obrigado pelo carinho,Belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felis!
      Concordo plenamente com seu primeiro parágrafo! Especial é quem naturalmente nos marca e traz o nosso melhor à tona. Como isso é bom!
      Obrigada por trazer as definições de especialidade! Hoje durante o dia, pensando no post cheguei bem perto do que escreveu: especialidade é o jeito como cada um faz algo ou como uma situação se desdobra, mesmo o simples, trivial. E pensei também que amor é quando as especialidades (ou seja, a maneira particular como cada pessoa faz cada coisa) de duas pessoas se encontram e convivem com harmonia. Né?
      Penso que Deus coloca muitas pessoas especiais em nosso caminho que fazem exatamente o que citou em seu comentário. Assim como nós, em um instante, podemos mudar para sempre a vida de alguém se permitirmos que nossa sensibilidade e autenticidade aflore, com uma palavra amiga, de incentivo, uma ajuda, um olhar de empatia, um sorriso, uma gentileza...
      Foi muito curioso o episódio da mensagem, tanto que apesar de não ter anotado lembro o escrito até hoje... há algum tempo estava sem notícia do amor, e a mensagem chegou no dia em que o rastreio acusou o recebimento do presente que enviei. Mas na sequência, em dias saltados, recebi outras mensagens que me fizeram concluir que se tratava de alguém mandando mensagens para o número errado, rsrsrs. Se foi assim, diria que houve o dedo de Deus nisso... porque estava firme colocando em prática algumas decisões, mudando o ruma da minha vida, mas começando a ficar sem esperanças sobre ele. Se não foi ele, hoje eu gostaria de agradecer o estranho, rsrsrs.
      Coisas inexplicáveis...
      É por situações como essas que defendo a grande importância de expressar o quanto uma pessoa é importante em nossa vida. Uma frase me fez renascer, vindo ela de onde tenha vindo, mesmo se veio por engano, pois no contexto, fez sentido.
      Abraços, sempre bom vê-lo aqui para prosear!

      Excluir
  4. Luminoso texto, Bia. Ressaltar as especificidade traz a valorização e a consequente confiança em si. Nós, da área educacional, sabemos bem o quanto é importante destacar-se especialidades. O que aos olhos do mundo parecem falhas, quando bem orientadas , tornam-se criações.
    Eu, afirmo com entusiasmo que um cem número de pessoas me são especiais, incluindo, vc. :)

    Bjkas e obrigada por esta estimulante leitura.
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Calu!
      Elogio ao meu texto vindo de você tem um peso especial, de verdade.
      "Ressaltar as especificidade traz a valorização e a consequente confiança em si". É isso!!! Ficamos bonitos, vibrantes, agradáveis, invencíveis! (a não ser pelos pessimistas, aborrecidos, manipuladores e/ou invejosos de carteirinha)
      Muito interessante o que colocou, o professor tem obrigação de compreender o quanto as especificidades de cada um determinam a vasta gama educacional que precisamos oferecer. Como exemplo ainda esses dias chamei para conversar os pais de um aluno extremamente inteligente, criativo e vibrante, que tem sido influenciado negativamente por companhias que falam muitos palavrões e assistem filmes de terror, o que causa grande impacto em uma criança de 5 anos. Expliquei o quanto as especialidades dele precisam ser bem direcionadas por serem tão preciosas. O professor precisa manter-se atento às características e adaptar-se à forma de aprendizado de cada um para que cresçam desenvolvendo todo seu potencial criativo.
      Abraços, e obrigada por seus gentis elogios!

      Excluir
  5. OI BIA!
    ESPECIALIDADES, TODOS AS TEMOS MAS, É BEM ASSIM, VIVEMOS UM MOMENTO DE MASSIFICAÇÃO E VAMOS NOS ACOSTUMANDO A ISSO DEIXANDO PARA TRÁS O QUE TEMOS DE MELHOR, "AS DIFERENÇAS".
    ADOREI TE LER AMIGA ( NÃO CHEGOU AINDA, MAS, DEVE ESTAR A CAMINHO)
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Zilani!
      Talvez umas das palavras chaves que lembrou aqui foi, "acostumando". Por cansaço, por excesso de responsabilidades, pressões, decepções, cobranças, comparações ou desvalorização, somos compelidos a nos acostumar com uma ideia que não ilustra o que somos de fato.
      Claro que há pessoas que não querem libertar-se disso por considerar mais fácil direcionar o foco para o comando da vida do outro, mas há muitas jóias escondidas em um manto de ideias e atitudes domesticadoras. Torço para que as diferenças que tornam bonito o ser humano único, prevaleçam. Eu fico encantada quando descubro que alguém faz algo diferente do usual, acho realmente o máximo.
      O site informou ontem que o livro já está sendo reenviado, mais alguns dias chega aí! ;)
      Abraços!

      Excluir
  6. Boa noite, querida Bia!
    Exploro meu potencial e o que não consigo, Deus me favorece... torno-me especial aos seus Santo Olhos e a mim própria...
    Vejo os demais como especiais e isso me conforta imensamente...
    Assim tenho a percepção de que o mundo é memos todo especialíssimo... como vc que reparte seus dons consooco da blogosfera... obrigada pelo segundo trabalho que lhe pedi... gesto muito especial para mim...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rosélia!
      "Exploro meu potencial e o que não consigo, Deus me favorece... torno-me especial aos seus Santo Olhos e a mim própria..." que lindo, é verdade!!! Quando libertamos nosso potencial Deus nos capacita para aquilo que não conseguimos alcançar como nosso esforço, disso não tenho dúvidas! :)
      Especial são as pessoas que fazem parte das nossas vidas e que interferem positivamente nela. Que bom que eu pude fazer isso por você! Tenho estado com pouco tempo livre e bem cansada, mas esse final de semana tende a ser mais tranquilo, provavelmente conseguirei mexer no outro arquivo que me enviou!
      Abraços!

      Excluir
  7. Olá, Bia.

    Precisamos aprender a desenvolver as nossas e permitir aos outros que as desenvolvam, com, sem e apesar dos contrários. Devemos ser os autores e protagonistas das nossas realizações. Os coadjuvantes, querendo somar, são bem-vindos.

    Um abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Apon!
      "Devemos ser os autores e protagonistas das nossas realizações. Os coadjuvantes, querendo somar, são bem-vindos."
      Estou amando as falas dos leitores que só estão agregando qualidade ao post. Somos responsáveis pelas rédeas das nossas vidas e saber estar com coadjuvantes que somam e oportunizam nossa alegria e satisfação interior é muito sábio. Sou muito grata às pessoas especiais que fazem parte da minha vida me ajudando a escrever inesquecíveis capítulos da minha história. :)
      Abraços!

      Excluir
  8. Oi Bia,
    Deus me deu algo especial que me beija antes de trabalhar, eu finjo que estou dormindo para ouvir: eu te amo mãe. Um doce de filho que ao adotar estava quase morto.
    Não preciso de mais nada. Deus já me deu sua benção.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dorli, que amor! Percebo como sempre fala com carinho do seu filho e vejo o quanto ele deve ser uma pessoa especial! Minha prima adotiva é uma das que mais gosto e cuidou com tanto amor da mãe vítima de câncer sem deixá-la em nenhum momento sozinha ou sem carinho que chegava a ser comovente! Isso prova que o amor mãe/filho independe da questão de sangue, é o coração que prevalece!
      Quando pequena eu fingia estar dormindo para que meu pai arrumasse minhas cobertas, rsrsrs. Lembrança emocionante!
      Abraços!

      Excluir
  9. Bia, achei muito interessante o decorrer do seu raciocínio. Interiormente, eu esperava a palavra mágica - autenticidade! E você ouviu-me - "Sendo quem é!" - eis o segredo, fácil, fácil! Porque será que há quem tenha total incapacidade para a autenticidade?
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nina!
      Também me pergunto o mesmo... acredito que a sociedade apresenta limitações e padrões (intelectuais, psicológicos, culturais e financeiros) criados pelo próprio ser humano que vão sendo absorvidos progressivamente, quase com naturalidade, nivelando as pessoas e roubando-lhes o prazer de viver, simplesmente, sem grandes recursos.
      Sempre acredito na capacidade do ser humano de se redescobrir mesmo quando o fazem acreditar que isso parece impossível.
      Abraços!

      Excluir
  10. Oi Bia, bt!
    Eu vivo explicando p/as pessoas (as que me perguntam e até mesmo me cobram) que embora eu não tenha uma religião "predominante", não frequente uma determinada igreja e não viva pregando a bíblia, eu posso dizer com convicção que me considero uma pessoa super abençoada pq já tive muitas provas disso, e que ao mesmo tempo isso me faz pensar que eu sou realmente uma pessoa muito "especial", pelo menos p/Deus né?
    Talvez eu seja uma pessoa "especial" p/Deus, por eu ter tantas pessoas especiais na minha vida e saiba que você é uma dessas pessoas.
    Bjssss e um belo FDS p/vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dinha!
      Obrigada, querida, me emocionou, viu? Ouvir que somos especiais com essa sinceridade sempre nos toca e faz a diferença. Você também é muito especial, embora não a conheça pessoalmente, sinto que é uma pessoa alegre, generosa e que coloca amor nas coisas que faz e vejo como são características preciosas.
      Eu estou contigo, tenho religião mas acho que isso não significa que preciso estar na igreja o tempo todo para provar isso, há quem não frequente e se mantenha muito mais próximo de Deus por suas atitudes, que afinal é o que vale.
      Como você também me considero especial para Deus. Embora ande um pouco cansada, percebo o quanto há pessoas que são gentis comigo quando preciso sem que eu peça isso, pode ser um reflexo da minha atitude para com as pessoas, mas ainda assim, há Deus nisso. E Ele também está sempre me guiando de alguma forma, mesmo que eu não consiga compreender Seus caminhos pra mim.ÀS vezes fico um pouco triste com Ele, mas sempre me mantenho perto, e buscando seguir com fé o que se apresenta para mim, acreditando no melhor.
      Abraços!

      Excluir
  11. Todas as suas respostas para as perguntas, Bia, mostram a sua habilidade com as palavras. E especial pode significar tantas coisas, né. Li até algumas respostas mais de uma vez. Ótima postagem. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sérgio,q eu bom que gostou. O especial é algo muito subjetivo, o que é especial para uma pessoa pode não representar nada de mais para outra. Há quem veja especialidade num gesto muito simples, e há quem só dá valor para as grandiosidades - essas certamente não são especiais, rsrsrs. Abraços!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.