domingo, 19 de março de 2017

Tag: Apaixonada por fotografia

Vi o desafio em alguns blogs amigos e como gosto de fotografar, resolvi responder também. :)




1 - Com quantos anos você ganhou sua primeira máquina fotográfica?

Não ganhei, rsrsrs. Lembro da primeira máquina do meu pai, uma Yashika, sempre que dava eu economizava na mesada e comprava filme para tirar umas fotos, isso, com 9, 10 anos - paixão antiga! Depois iam mais algumas mesadas para poder revelar, kkk! Essa máquina foi roubada quando eu tinha 14 anos de dentro da casa dos meus pais.
Com cerca de 16 anos trabalhava numa loja que minha mãe tinha na Rodoviária, economizei (ainda a mesada) e comprei uma máquina Fuji com rebobinamento automático - só lembrei disso depois que li na Ana Paula, kkkk! Ainda tenho vários filmes sem revelar tirados com essa máquina, rsrsrs, na época não havia grana!
Quando minha filha começou a fazer monitoria no Ensino Médio comprou uma Nikon melhorzinha (que está falhando), e eu comprei uma Fuji vermelhinha simples mas ótima para carregar na bolsa, cliquei bastante com ela, até que um dia fotografando o mar ela acabou molhando, e falecendo, kkkkk!


2 - Prefere fotografar ou ser fotografado?

Fotografar, kkkk, especialmente paisagens ou fotos espontâneas de pessoas. Amo fotos espontâneas, com alma e sentimento! Mas se me chamarem para sair na foto vou numa boa. Gosto muito mais quando estou sorrindo e quando a câmera está posicionada ligeiramente de cima para baixo e não de baixo para cima - o contorno no rosto e sorriso ficam mais agradáveis - dica para selfies, rsrsrs! Por falar em selfies, ainda estou aprendendo, rsrsrs.
Pessoas que me ajudaram bastante a gostar de ser fotografada foram minha filha (tem a maior paciência comigo, kkk) e meu amor*, embora a paixão tenha vindo do pai e sua família, todos sempre gostaram de clicar, meu tio inclusive tinha um mini laboratório caseiro de revelação.

3 - Você tem uma boa câmera para fotografar?

Sim, ano passado comprei uma câmera de segunda mão do meu irmão, uma Fugi S4500, ótima para zooms e fundos desfocados - minhas paixões. Infelizmente pouco saio com ela - preciso vencer esse medo de insegurança - e acabo usando mais o celular mesmo, da Samsung, embora com recursos reduzidos. Eu gostaria muito de me sentir segura para sair fotografando por aí, e ainda quero uma câmera mais profissional, que possibilite a troca de lentes.





4 - Tumblr, We Heart It ou Instagram?

Tive Tumblr há anos atrás, não gostei; We Heart It não conheço, já o Instagram uso direto, gosto demais desse compartilhamento mais solto e simples, não me parece uma "comunidade vitrine" como o Facebook, por exemplo.


5 - Cite uma pessoa que você se inspira para tirar fotos:

Não tenho ninguém específico, admiro a arte como um todo, independente de vir de profissionais ou não.



6 - Você edita suas fotos ou prefere que elas fiquem do modo original? Se sim, qual app, programa você usa?

Uso edições com moderação para que não tirem a personalidade e naturalidade do clique. A edição realça cores, detalhes, profundidade e ainda, a intenção do que se quer mostrar. Uso o PhotoScape no computador e no celular, o próprio Instagram.
Porém penso que quando não há sensibilidade no olhar do fotógrafo não há edição que dê jeito. Por exemplo, as fotos tradicionais de estúdio ou em cenários pré montados raramente mostram o que há de mais bonito no ser humano - o que ele  é e sente originalmente.

7 - Qual a última foto que você tirou? E a última vez que foi fotografada?

A última vez que fui fotografada foi na sexta dia 10 em um jantar onde fui com a filha e dois amigos nossos. A última foto que tirei foi essa, à pouco, com o Bisteca me acompanhando na sesta, rsrsrs.



8 - Você é daquelas que quer sempre registrar os momentos ao seu redor, está sempre com a câmera na mão?

Não, até pela questão de segurança. Vejo que me reprimi mais depois do assalto e preciso melhorar isso, pois com frequência percebo capturas da natureza que ficariam lindas e acabo "travando" o impulso de fotografar. Gosto também de fotografar meu cachorro e comemorações/passeios com família e amigos para  ficarem registradas. Mas penso que se me sentisse segura fotografaria muuuito! rsrsrs

9 - Uma foto que você tenha tirado e que goste muito:

Todas as que estão nessa pequena seleção eu gosto e foram tiradas com o celular.




Adorei participar com esse tema tão agradável!




*se você tem vergonha de ser fotografado/a sugiro o vídeo "Gratidão aos meus repressores" onde Arly conta como é importante convivermos mais com pessoas desrepressoras de ego, mais ou menos o mesmo que abordei nesse post aqui e aqui. tendo maior conhecimento hoje dos sentimentos tenho ainda mais gratidão por ter em minha vida essas duas pessoas que me ajudam a colocar saudavelmente a vergonha de lado.

23 comentários:

  1. Bia, que bom te ver participando dessa TAQG tão legal que vi na Ana Paula e adorei! Tão bom parar e pensar um pouco em nós mesmos, nossa relação com a fotografia e máquinas...Valeu! Linda semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica, o primeiro blog onde vi a tag foi o seu, rsrsrs, gosto também de ler nos blogs amigos as sensações boas que as lembranças referentes a fotografias, trazem. Abraços!

      Excluir
  2. Bia, amei a postagem suas respostas e fotos. Espero que perca o medo e fotografe, apesar de entender bem o que explicou. Amooo fotografar tbm apesar de so ter cel, e odeio tirar fotos ao contrario da minha irmã Vanessa rsrs.
    Espero um dia ainda fazer um curso de fotografia, hoje consigo ver beleza em coisas que antes não percebia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patricia, bom vê-la por aqui!
      Estou trabalhando bastante isso, medo na maior parte das vezes não é saudável, e hoje vejo que tenho tirado crescimento pessoal a partir dos episódios desagradáveis do passado, então foi bom.
      O site Eduk oferece alguns cursos de fotografia muito bons inclusive para celulares, fica aí uma dica para você!
      Creio que cresci com a ideia (muitas vezes, errada) de que quem gosta de se fotografar é meio narcisista, se acha, talvez por esse motivo tenha dificuldades para me fotografar, rsrsrs, mas sempre gostei de participar de fotos especialmente para deixar bons momentos registrados.
      É interessante como duas irmãs podem ter posturas diferentes, rsrsrs!
      Concordo contigo, a arte de fotografar nos possibilita sensibilizar, embelezar o olhar (e a alma).
      Abraços!

      Excluir
  3. Olá Bia,

    Tenho acompanhado suas fotos no instagram e observo que você tem talento para a arte de fotografar. As fotos que ilustram esta postagem estão lindas. Sempre gostei de fotografar, mas nunca havia pensado na fotografia como um robby até que a mana começou com o blogue de fotos dela. Fui contaminada, pois ela estava sempre com a câmera de prontidão. Minha câmera é excelente, mas somente a carrego comigo em viagens, pois o meu celular propicia fotos fantásticas. Contudo, ainda preciso me aperfeiçoar ou fazer um curso de fotografia. Também sou cautelosa nos retoques e/ou edições para não descaracterizar o objeto ou pessoas fotografadas. Não tenho problemas em ser fotografada, mas nem sempre gosto das fotos e acabo deletando grande parte. Gosto de registrar tudo que chama a minha atenção, principalmente paisagens e flores. Em família, não perco um momento. Adoro rever as fotos ao longo do tempo, que sempre trazem lembranças agradáveis. Só fiz besteira quando fotografei minha mãe na cama do hospital, mal sabendo que ela estava caminhando para a morte. Quando me deparo com a foto no computador, entre outras, não olho para ela, mas também não tenho coragem de deletá-la.
    Concordo com você quanto ao instagram. Aliás, achei bem interessante a sua referência ao facebook como "comunidade vitrine". Num é que é? rsrs.
    Gostei muito da sua participação.

    Ótima semana!

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vera!
      Gosto muito de ter você e Marilene sempre por perto no Instagram, gosto demais das fotos das duas. As suas cenas urbanas são muito agradáveis! Interessante se apaixonar pela arte através da irmã, o "Olhares Silenciosos" da Marilene era um dos blogs que eu mais gostava quando estava em atividade regular.
      Os celulares hoje em dia oferecem boa tecnologia e substituem máquinas no dia a dia com praticidade e qualidade, só o zoom da minha que não é lá essas coisas, rsrsrs.
      Como falei para a Patricia o site da Eduk oferece vários cursos de fotografia, do mais básico ao mais avançado, é uma boa dica para quem quer se aperfeiçoar.
      Eu gosto dos meus cabelos repicados e volumosos mas em fotos acabo parecendo "descabelada", kkkkkk, o que me faz tirar várias fotos para escolher uma (daí a paciência da filha, kkkk), então acho que somos parecidas nisso: "Não tenho problemas em ser fotografada, mas nem sempre gosto das fotos e acabo deletando grande parte", kkkkkk!!!
      Vejo seus cliques em família, sempre agradáveis!
      Imagino a sensação sua em relação à imagem da sua mãe, naturalmente não imaginou o que aconteceria... e realmente a se pensar o motivo pelo qual não deleta, uma vez que causa dor. Coisas inexplicáveis dos sentimentos dúbios.
      Eu gostava muito do Facebook quando comecei a usar a ferramenta, postava fotos, músicas, citações, comentava... até perceber com decepção que havia muita artificialidade e especulação. Hoje em dia como sabe entro raríssimas vezes e não interajo quase nada, optando mais por interagir nos blogs (mesmo com a comunidade reduzida) e Instagram, onde não há o grau de competição e superficialidade do Face, mas mantenho o perfil devido ao fácil acesso de contato com a família e amigos mais distantes.
      Abraços!

      Excluir
  4. Eu gosto de fotografia, Bia (tenho uma Canon) mas só utilizo, praticamente, para ilustrar os meus textos lá no Interioridades. :)
    Vá em frente, não receie, vai ver que em pouco tempo obtém resultados assinaláveis.

    Uma boa semana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tem razão, ir em frente, sem medo, colmo a vida deve ser, rsrsrs!
      É muito bacana quando o post é ilustrado com imagens do próprio autor... tenho um outro blog, Homeopatia, onde coloco só fotos minhas. :)
      Abraços!

      Excluir
  5. OI BIA!
    QUE COISA BOA, PODER FALAR SOBRE COISAS TUAS, O QUE POUCO FAZEMOS PORQUE ACHO QUE O MUNDO ESTÁ NOS ATROPELANDO E CADA VEZ O TEMPO FICA MAIS ESCASSO PARA NÓS MESMOS.
    EU AMO TIRAR FOTOS MAS, NÃO TENHO UMA CÂMERA VAI COM O CELULAR MESMO E SE TIVER DE APARECER, LÁ ESTOU KKKK
    TUAS FOTOS ESTÃO MUITO BEM TIRADAS MAS, ESTA ÚLTIMA EU AMEI ESPECIALMENTE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zilani!
      Essa revisão do tempo é algo que precisamos fazer sempre... a rotina vai puxando nossas forças e quando vemos, já estamos de lado de novo! Por esse motivo manter hobbies é fundamental para nos manter conectados com o lado bom da vida.
      Penso que o mais importante não são os recursos oferecidos pela máquina ou celular, mas o olhar do observador... quanto maior sensibilidade e apuro estético, melhor ficará a foto!
      Esse última foto de fato traz uma paz incrível...
      Abraços!

      Excluir
  6. Adorei as fotos, Bia. Meu pai era fotógrafo. Amava isso demais. E eu tenho uma cãmera boa, mas evito sair mt com ela por medo que roubem mesmo... Que bacana ver essas suas respostas! bjão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sérgio, achei bem curioso saber que seu pai era fotógrafo... ainda sonho com uma sociedade onde quem quiser poderá sair fotografando o que der na telha sem medo! Abraços!

      Excluir
  7. Olá. Gostei de ler a entrevista. As fotos são lindas, em especial a da sesta com o cão.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elisabete, meu cachorro é figurinha carimbada nos cliques aqui de casa, rsrsrs, amoroso que só! Abraços!

      Excluir
  8. fotografar...fala-me com o silêncio dos momentos de amor.


    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Margoh, linda definição!Abraços!

      Excluir
  9. Oi Bia!
    Que delícia ver mais uma amiga blogueira participando e permitindo-nos conhecer um pouco mais através da fotografia!
    Eu também admiro suas fotos lá no instagram e, como você disse acima, a comunidade blogueira está reduzida, então acho o instagram uma extensão agradável para interagir também.
    Aqui na cidade onde moro, consigo sair com tranquilidade, por alguns locais, com a câmera, mas é triste ver essa situação de insegurança disseminada.
    Sorte que nossos celulares, mais práticos e menores, cumprem bem a função de fotografar.
    E por falar em fotografia, suas postagens com dicas fotográficas fazem muito sucesso! Vez em quando, traz pra cá um pouco mais do seu olhar!
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana, que bom que você veio! :)
      Obrigada, de fato o Insta é um prato cheio para quem gosta de fotos! Pena que no atual feed nem sempre aparecem todas as atualizações dos amigos!
      Que bom que consegue sair para fotografar, no fundo acho que é muito mais atitude confiante do que circunstâncias, afinal as coisas acontecem por algum motivo, quando tem que acontecer... ainda venço essa barreira da insegurança.
      Tenho pensado em fazer um novo post com dias fotográficas, só está faltando tempo para por em prática, pois gosto de selecionar imagens ilustrando os exemplos das dicas, o que demanda tempo. Mas em breve postarei algo assim e é bom saber que ajuda a despertar o olhar do outro também!

      Abraços!

      Excluir
  10. Querida Bia que bom saber que a fotografia
    faz parte de nossa vida né, e quem com seu
    celular náo tira as mais belas fotos, adorei o post
    e parabéns por tudo
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rita!
      Obrigada, que bom que gostou! O celular é sem dúvida o meio mais prático para fotografar hoje em dia!
      Abraços!

      Excluir
  11. Bia, sua linda!! Adorei esse post.
    Também adoro fotografia e agora em abril conseguirei participar de um curso que vai rolar por aqui.
    Teve uma época que carregava a máquina para todos os lados e fotografava de tudo, até que os amigos começaram a reclamar e dei uma segurada nessa empolgação, hahahahaha.
    Mas atualmente o celular facilita muito a vida "das pessoa", né?! Eles tem boa resolução nas imagens e são fáceis de carregar.
    Em janeiro comprei uma máquina Canon, mais massa, para tentar fotos com maior qualidade. Ainda estamos nos conhecendo, mas as fotos da última viagem de férias ficaram lindonas.
    Ainda procuro por um programa legal de edição, vou testar esse que você usa pra ver se me adapto.

    Adorei o post!!! (acho que já disse isso, né? Hahahahaha). Vou fazer tb, uma hora dessas, hahahaha.

    Bjobjo

    ResponderExcluir
  12. Esqueci de dizer no comentário anterior: esse Petisco é um fofo!! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nah!
      Quer dizer então que em breve teremos fotos com técnicas aplicadas no Insta? rsrsrs
      Nem todos tem paciência para ver o outro fotografando, rsrsrs. É bom quando estamos com pessoas que também gostam de fotografia e compreendem que um bom clique nem sempre acontece de primeira, rsrsrs, ainda mais quando não temos mais as amarras dos rolos de filmes. Eu gosto muito quando estou com pessoas que gostam de fotos e portanto, entendem nossa dedicação, rsrsrs.
      Já ouvi também pessoas criticando quem posta muitas fotos em sequência... são raras as pessoas que estão satisfeitas com a vida e portanto não se preocupam com essas pequenezas, rsrsrs.
      Interessante dizer que você e a máquina estão se conhecendo, rsrsrs, são tantos os recursos, só mesmo testando para saber usar com propriedade. Eu sempre me confundo com o uso de obturador e diafragma, kkkk!
      O Photoscape é bem útil e intuitivo, recomendo!
      Vou ficar de olho no seu post sobre o assunto!
      Abraços!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.