domingo, 8 de outubro de 2017

EFT e Reversão Psicológica

Você conhece o EFT?

Emotional Freedom Technique é uma técnica fácil e rápida conhecida como acupuntura sem agulhas adaptada e difundida por Gary Craig. No Brasil seus principais representantes são Sonia Novinsky (que ministra cursos com Gary) e André Lima.


imagem Freepik


A técnica pode ser usado para inúmeras finalidades: alívio de sintomas e cura de doenças, cura e reversão de traumas e sentimentos negativos, programação positiva, potenciar padrões. Parte do pressuposto de que tudo o que nos faz mal é resultado de um bloqueio em nossos sistema energético. Desbloqueando o sistema, este volta a funcionar corretamente, reequilibrando o organismo e potencializando nosso estado natural.


A aplicação consiste em batidas suaves chamadas tapping*  (de 5 a 9) nos pontos-chave (em vermelho na imagem) usados também na acupuntura com agulhas, enquanto se pensa no que é preciso tratar ou programar, sejam sintomas físicos ou sentimentais, e se expressa oralmente uma frase ou palavra-chave para determiná-lo. Ex: mágoa, dor de cabeça, insegurança.

Qualquer pessoa pode (auto) aplicar, porém há um meio correto para fazê-lo. Conheci a técnica há uns oito meses e na ocasião não funcionou muito bem para mim. Desisti e recentemente, pesquisando novamente, compreendi que para funcionar não funciona pegar um aspecto muito amplo. Por exemplo, se trataremos mágoas, é preciso aplicar EFT para cada situação em que nos sentimos magoados; uma doença, cada aspecto/dor.

EFT também não funciona se houver Reversão Psicológica (RP). A metáfora é que somos como pilhas que não funcionam quando ligadas com a polaridade (+ -)  invertida. Uma vez que somos movidos a energia, se estamos ligados a algum sentimento de forma reversa, a energia circula de forma contrária, provocando mecanismos de autossabotagem. Nesse caso, antes da rodada de aplicações é preciso fazer o tapping na lateral da mão, conhecido como "golpe de caratê", enquanto falamos um comando por três vezes para quebrar a RP.





Sugiro que experimentem a técnica pelo menos uma vez para testar, eu tenho resultados bem interessantes quando aplico corretamente. Para quem tiver interesse gravei esse vídeo explicando os pontos e mostrando a aplicação na prática em três tipos de situação:






Deixo também a sugestão de um manual para ser baixado nesse link ---> aqui muito prático do André Lima, onde ele explica melhor a técnica - a longa, feita em cerca de 2 minutos, e a curta, feita em cerca de 1 minuto, a perspectiva histórica e seu uso.

Um resumo do passo-a-passo da sequência curta está aqui:

  • Nota de 0 a 10 de intensidade para o sentimento/sintoma a ser tratado.
  • Sequências de tapping na lateral da mão se houver necessidade enquanto se fala três a seguinte frase: "apesar de (colocar aqui sentimento/situação ou sintoma), eu me amo e me aceito profunda e completamente);
  • Sequências de tapping nos pontos da imagem acima, do alto para baixo, enquanto se fala a expressão-chave para o que está sendo tratado
  • Nova nota de intensidade. Caso ainda não esteja em 0, repetir o procedimento usando na frente das expressões o termo "resto de", até que a intensidade seja 0.

Obs: se testarem, me contam os resultados?

 *tapping: expressão em inglês que significa (batendo)

17 comentários:

  1. Ás vezes, apenas precisamos ter calma e paciência.
    Apenas por me chamar, por me dar um abraço quando me vê,
    sorrir pra mim, são coisas pequenas...
    Mas são as que realmente marcam..
    Desejo de todo meu coração
    um abençoado Domingo.
    Uma semana de vitorias
    Beijos no coração.
    Evanir..
    Fiquei feliz em encontrar novamente você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Evanir, obrigada por suas belas mensagens. De fato nada tem maior valor do que os pequenos gestos de cuidado e carinho que fazem toda a diferença. Abraços!

      Excluir
  2. Será, Vane? Vez por outra essas coisas aparecem, somem, reaparecem. Seilá...

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs, é verdade, Apon, é tanto que surge o tempo todo! Sou uma curiosa por natureza e penso que vale um dica preciosa que ouvi de alguns professores de quântica: realizar as próprias pesquisas, estudos, experimentar, para só assim concluir o que tem fundamento e funciona, ou não. Não concordo com seguir o que for sem um mínimo de critério. Abraços!

      Excluir
  3. Vane, que legal e bem interessante, mas confesso, sou muito "cagona", rs...Não consigo nada dessas coisas de me fincar,rs... Mas achei bem legal e que bom que tu és corajosa e animada e quando acertas o lugar, a coisa te faz bem! Obrigadão pelos carinhos todos!" Desculpe a demora.Estive fora hoje! bjs, chica e linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica, ri muito com o "cagona", rsrsrs, minha mãe (e 90% das pessoas que conheço!) diz o mesmo! A meu ver o EFT une acupuntura, do-in e Programação Neuro-Linguística, nada que exija maior responsabilidade e conhecimento como o Reiki, rsrsrs, então não vejo perigos em testar.
      Tem razão, sou corajosa e animada, rsrrs, confesso que as técnicas holísticas que experimentei deram um resultado no meu problema de joelho e afins que a medicina tradicional não chegou nem perto, sem dúvida aceleraram efetiva e significativamente a recuperação.
      Abraços!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigada, Francisco, espero que tenha sido útil! Abraços!

      Excluir
  5. Vane
    Sorriso bonito você tem !
    Assisti o vídeo, gostei muito . Não tinha ouvido falar dessa técnica, mas fiquei interessada ! Tenho dores no joelho direito e nos tornozelos . Não consigo dobrá-los. Depois vou ver os links citados .
    Bem interessante tudo o que demonstrou.
    Um post super útil e dedicado !

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zizi, obrigada! Gosto de sorrir e penso que essa é minha melhor estampa e postura, srsrsrs!
      Que bom que gostou do vídeo, seguindo como está ali, certamente verá melhoras. Outra dica é buscar relembrar como estava o contexto emocional quando as dores e limitações no joelho e tornozelos começaram, e tratar essas dificuldades emocionais que surgiram na época. Mais uma dica? Problemas do lado direito referem-se a uma mulher, outro ponto que vale observar, o meu também é do lado direito, ou seja, algum conflito mal resolvido que pode ter surgido com mãe, avó, filha...
      Espero que teste se desejar e que dê resultados, sempre, claro, associando com os cuidados médicos.
      Abraços!

      Excluir
  6. Vane, me sinto tão desinformado quando leio esse tipo de post. Quanta coisa interessante vc passa. Adorei saber mais e vc fala bem, hein. Curti o vídeo. Bjs e boa semana!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sérgio, que ótimo, então já não está mais desinformado, rsrsrs! Eu também descobri que pensava que já sabia hoje, e hoje vejo que não sei nem uma pontinha, rsrsrs, vou aprendendo... Que bom que gostou do tema novo e do vídeo - já trabalhei em rádio, falar é minha herança, rsrsrs. Espero que o conteúdo seja útil! Abraços!

      Excluir
    2. Agora tudo faz sentido.. rs bjsss

      Excluir
  7. Olá. a sugestão é perfeita, possivelmente causa bom efeito em algumas pessoas e a outras não, nada custa experimentar,
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ag, tem razão! As terapias holísticas funcionam sempre em menor ou maior grau, a eficácia está ligado ao conhecimento técnico, intenção de quem aplica e grau de receptividade de quem recebe a técnica. Como disse, desde que sejam práticas positivas e éticas, não custa nada experimentar. Abraços!

      Excluir
  8. Muito interessante essa técnica, fiquei curiosa!
    Abraços com desejos de um dia feliz e de muita paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdes, que bom que gostou! Quem sabe possa ser uma boa ideia experimentar? Abraços!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.