quarta-feira, 2 de maio de 2018

#Dia 25 - Escrever meu nome completo com a mão esquerda


Esse desafio foi engraçado, kkkkkkkkkk!!!!


Ao concluir tive a impressão de estar vendo a escrita da minha avó materna. Ela era semi-analfabeta, escrevia tudo, porém com dificuldade, então a letra sempre ficava assim, meio quadrada - uma mulher admirável, diga-se de passagem.  Eu até achei que ficou bom, eu já havia tentado outras vezes e havia ficado ilegível, acho que meus hemisférios cerebrais estão se equilibrando, rsrsrs! 

12 comentários:

  1. Que coisa...Não temos essa habilidade!rs...bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica, é interessante... na verdade todos podemos desenvolver, mas não nos habituamos a isso. Abraços!

      Excluir
  2. Atualmente escrevo quase igual com as duas. É que tenho um problema no pulso direito, que o médico queria operar mas como não me garantiu que ia ficar bos, eu não deixei. E sabe de uma coisa? Consigo escrever razoavelmente com uma caneta ou lápis enfiado nos dedos do pé direito.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elvira! Puxa vida, cada um com seus percalços! Compreendo sua escolha pela não operação, cirurgias são sempre tão delicadas! Não sei se sabe, mas problemas nos pulsos em geral aparecem quando você precisa por em prática seu conhecimento ou experiência de vida e por algum motivo, não consegue utilizá-los a contento. Sei disso porque já tive dores no pulso e costumo pesquisar a causa emocional das doenças, rsrsr.
      Mas achei mesmo interessante sua habilidade peculiar de escrever com o pé, e fiquei imaginando como descobriu isso, rsrsrs!
      Abraços!

      Excluir
  3. A minha foi provocada por levar a vida a pintar cerâmicas à pistola. Não sei se alguma vez usou uma, mas obriga a esforço continuo da mão. Multiplica isso por oito horas de trabalho diário, durante trinta anos.
    Abraço e bom fds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elvira, nunca trabalhei com cerâmica, mas posso imaginar. A causa mecânica da minha dor no pulso também foi profissional - costura, encadernação, computador... e é esse esforço, aliado à cobrança emocional de que temos que dar no trabalho mais do que deveríamos, rsrsrsr.
      Abraços!

      Excluir
  4. Belo exercício para o cérebro!

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, ótimo para criar novos caminhos neurais! :)

      Excluir
  5. Muito bom Vane !
    agora experimente escrever seu nome totalmente no escuro.
    Receita de minha mãe, rs
    Gostando de ver seus desafios mesmo que atrasada.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zizi, é sempre bem-vinda! Aí sim, quero ver acertar, kkkkkkk! Deve ser um belo desafio cerebral! Abraços!

      Excluir

Gosto de conhecer pontos de vista. Não deixe de expressar o seu! Farei o possível para responder.
Obs: a moderação está ativada.