terça-feira, 18 de setembro de 2018

Emmy 2018: o amor!

imagem: getty images

Quem me acompanha por aqui há algum tempo, sabe o quanto gosto de assistir premiações, pelo fato de poder conhecer o lado subjetivo que emerge com a surpresa do prêmio, o que propicia falas bastante interessantes.Ontem tivemos a 70ª edição do Emmy, premiação das séries. Particularmente série não é meu ponto forte, embora assista algumas. Por exemplo, a minha preferidíssima da temporada foi The Alienist, que não levou prêmio algum, rsrsrsrs.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Tag Day Creative - 30 perguntas


Embora ausente, esse espaço é uma parte da minha história, então decidi publicar uma tag para mostrar que estou viva! :D

sexta-feira, 27 de julho de 2018

A fórmula da felicidade: é simples, mas não é fácil

---> se você não tiver tempo para ler o texto todo, pode pular direto para as dicas! ;)

Ontem passei por uma situação curiosa de segundos que me fez refletir e escrever este post. Em relação à mesma escolha (a minha), uma pessoa comentou pelo olhos de quem sou - alguém que trabalha e busca meios de se estabelecer por capacidade - e outra, por quem ela é - e possivelmente pelos olhos dos meios pelos quais si própria escolheria mudar sua vida. É por esse motivo que empatia e justiça são tão raras, e as percepções são tão limitadas - cada um olha a vida somente com base em suas experiências e observações (dentro do mapa), sem se dar conta de que há um Universo de infinitas possibilidades (fora do mapa). Vamos então ver a felicidade fora do mapa?



Há meses estudo muuuito, diariamente, mergulhei em conceitos muito complexos e, com a consciência bastante limitada na época, tive imensa dificuldade para decodificar o que todas aquelas informações significariam para a vida prática. Mas como pessoas de extrema capacidade intelectual e emocional diziam que aquele era o caminho, perseverei, rsrrss. E então eu entendi qual é a fórmula da felicidade!